Estado do conhecimento na pesquisa historiográfica: um caminho para o encontro com as pesquisas sobre o atendimento à infância

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20888/ridphe_r.v9i00.17253

Palavras-chave:

Estado do conhecimento, Metodologia, Cuidado Infantil

Resumo

Este trabalho apresenta como foi realizado o “estado do conhecimento” de uma pesquisa sobre o atendimento à infância. Para tanto, abordamos os processos de busca, seleção e análise dos artigos que corroboraram com a temática. Destaca-se que as buscas foram realizadas diretamente nos repositórios de periódicos selecionados devido às incógnitas geradas diante da temática genérica e ampla que abrange mais uma área de conhecimento. Dessa forma, após serem estabelecidos critérios de seleção foram elencados 20 trabalhos que foram lidos, resumidos e analisados. Estes auxiliaram a construir um panorama sobre o atendimento à infância no contexto brasileiro ao longo de décadas e trouxeram à tona questões referentes às metodologias escolhidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CARVALHO, Rodrigo Saballa de. A emergência das Instituições de Educação Infantil. Revista História da Educação, ASPHE/FaE/UFPEL, Pelotas, n. 20, p. 115-134, set. 2006. Disponível em: <https://seer.ufrgs.br/asphe/article/view/29261/pdf>. Acesso em: 11 nov. 2021.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisas denominadas “Estado da Arte”. Educação & Sociedade, Campinas, ano XXIII, nº 79, p. 257-272, ago. 2002. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/es/a/vPsyhSBW4xJT48FfrdCtqfp/?lang=pt&format=pdf>. Acesso em: 11 nov. 2021.

GRAZZIOTIN, Luciane Sgarbi S.; ALMEIDA, Dóris Bittencourt. Romagem do Tempo e Recantos da Memória: Reflexões metodológicas sobre História Oral. São Leopoldo: Oikos, 2012, 112 p.

KUHLMANN JR, Moysés. Infância e Educação Infantil: uma abordagem histórica. 7 ed. Porto Alegre: Editora Mediação, 2015, 192 p.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. História e História Cultural. 3 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2014, 132 p.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “Estado da arte” em Educação. Diálogo Educacional, Curitiba, v. 6, n.19, p.37-50, set./dez. 2006. Disponível em: <https://periodicos.pucpr.br/dialogoeducacional/article/view/24176/22872>. Acesso em: 11 nov. 2021.

SOARES, Magda Becker; MACIEL, Francisca. Alfabetização: Série Estado do Conhecimento. Brasília: MEC/Inep/Comped, 2000. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/documents/186968/484330/Alfabetiza%C3%A7%C3%A3o/f9ddff4f-1708-41fa-82e5-4f2aa7c6c581?version=1.3>. Acesso em: 11 nov. 2021.

Downloads

Publicado

2023-12-31

Como Citar

MAUER, Diana; FORELL, Leandro; MAYBORODA, Fabiana Gazzotti. Estado do conhecimento na pesquisa historiográfica: um caminho para o encontro com as pesquisas sobre o atendimento à infância. RIDPHE_R Revista Iberoamericana do Patrimônio Histórico-Educativo, Campinas, SP, v. 9, n. 00, p. e023025, 2023. DOI: 10.20888/ridphe_r.v9i00.17253. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ridphe/article/view/17253. Acesso em: 23 abr. 2024.

Edição

Seção

DOCUMENTO