De memórias e afetos

diálogos com ex-alunos docentes da FEUSP

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20888/ridpher.v7i00.16080

Palavras-chave:

Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, Memória, Roda de conversa

Resumo

O presente artigo resulta da análise de depoimentos produzidos em outubro de 2019 quando da comemoração dos 50 anos da criação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (Feusp) e dos 60 anos da Escola de Aplicação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (EA-Feusp) junto a seis ex-alunos(as) da Feusp, os(as) quais, tendo ingressado no curso em distintos momentos, tornaram-se, anos depois de terem concluído a graduação em Pedagogia, docentes na instituição. Com o material buscou-se tematizar a elaboração das memórias pelos sujeitos a respeito da própria instituição, de seus itinerários formativos e dos nexos destes com os acontecimentos mais amplos na esfera política, social, cultural e educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elizabeth dos Santos Braga, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, Brasil

É mestre e doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. É Professora Doutora da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo – USP (São Paulo, SP, Brasil) e líder do Grupo de
Pesquisa Linguagem, Memória e Subjetividade (GPLIMES – FEUSP/CNPq). Desenvolve estudos na perspectiva histórico-cultural em Psicologia e trabalha principalmente com os temas da memória, narrativa, constituição do sujeito, práticas discursivas, relação escola/comunidade e formação de professores.

Roni Cleber Dias de Menezes, Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, Brasil

É professor Doutor na Faculdade de Educação e no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade de São Paulo. Mestre e Doutor em Educação pela USP, com pós-doutorado na UERJ. Atua principalmente na área de História da Educação, com ênfase nos seguintes temas: história dos intelectuais, circulação cultural e história comparada da educação.

Referências

ANTUNHA, Heládio César Gonçalves. As origens da Faculdade de Educação da USP: a introdução dos estudos pedagógicos de nível superior no Estado de São Paulo. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, v. l, n. l, p. 25-41, dez. 1975.

ARFUCH, Leonor. O espaço biográfico: dilemas da subjetividade contemporânea. Trad. Paloma Vidal. Rio de Janeiro: Ed. UERJ, 2010, 370 p.

BARTLETT, Frederic Charles. Remembering: a study in Experimental and Social Psychology. Cambridge: Cambridge University Press, 1977.

BONTEMPI JR., Bruno. Do Instituto de Educação à Faculdade de Filosofia da Universidade de São Paulo. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 41, n. 142, p. 188-207, jan./abr. 2011.

BRAGA, Elizabeth dos Santos. Narrar, escrever, lembrar: o romance El entenado de Juan José Saer. In: SMOLKA, Ana Luiza Bustamante; NOGUEIRA, Ana Lúcia Horta (orgs.). Emoção, memória, imaginação: a constituição do desenvolvimento humano na história e na cultura. Campinas: Mercado de Letras, p. 105-136, 2011.

BUCHANAN, Kevin; MIDDLETON, David. Voices of experience: talk, identity and membership in reminiscence groups. Ageing and Society. Cambridge, n. 15, p. 457-491, 1995.

CAMÕES, Luís de. Os Lusíadas. Porto: Porto Editora, 2007. 288p.

CANDAU, Joël. Memória e identidade. Trad. Maria Leticia Ferreira. 1. ed. 3ª reimpressão. São Paulo: Contexto, 2016, 219 p.

DETIENNE, Marcel. A invenção da mitologia. Trad. André Telle, Gilza Martins Saldanha da Gama. Rio de Janeiro: José Olympio, 1992, 250 p.

FÉTIZON, Beatriz A. de Moura. Faculdade de Educação: antecedentes e origens. Estudos Avançados, São Paulo, v. 8, n. 22, p. 365-378, 1994.

FONTANA, Roseli Aparecida Cação. Como nos tornamos professoras? 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2005, 208 p.

GORDO, Nívia. História da Escola de Aplicação da FEUSP (1976-1986): a contribuição de José Mário Pires Azanha para a cultura escolar. 2010, 197f. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. Trad. L. L. Schaffter. São Paulo: Vértice, 1990, 191 p.

HALBWACHS, Maurice. Les cadres sociaux de la mémoire. Paris: Presses Universitaire de France, 1952, 299 p.

MIDDLETON, David; BROWN, Steven D. A psicologia social da experiência – a relevância da memória. Pro-Posições, v. 17, n. 2 (50), p. 71-97, maio/ago. 2006.

MIRANDA, Millena. Como está a FE hoje? Revista Futuro do Pretérito. São Paulo. n. 1. nov. 2019.

MONACO JANOTTI, Maria de Lourdes. Colégio de Aplicação da Universidade de São Paulo (1955 - 1970). Revista Iberoamericana do Patrimônio Histórico-Educativo, Campinas, SP, v. 7, n. 00, p. e021017, 2021.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Trad. Yara Aun Khoury. Projeto História. São Paulo. n. 10, p. 7-28, dez. 1993.

PENIN, Sonia Teresinha de Sousa; SOUZA, Maria Cecilia Cortez Christiano de. Revista Educação e Pesquisa – 10 anos e Revista da Faculdade de Educação – 35 anos. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 36, número especial, p. 17-21, abr. 2010.

RICOEUR, Paul. A memória, a história e o esquecimento. Trad. Alain François [et al.]. Campinas: Ed. Unicamp, 2007, 536 p.

RICOEUR, Paul. Tempo e narrativa. Trad. Constança Marcondes César. Campinas: Papirus, 1994 (tomo I), 328 p.

SANTOS, Alexandre Nascimento. Origens da Faculdade de Educação da USP: o Departamento de Educação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (1962-1969). 2015, 211f. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo.

SANTOS, Myrian Sepúlveda dos. Memória Coletiva & Teoria Social. São Paulo: Annablume, 2003, 208 p.

SIMMEL, Georg. O estrangeiro. In: MORAES FILHO, Evaristo de (org.). Georg Simmel. São Paulo: Ática, 1983, p. 182-188 (Coleção: Sociologia).

SMOLKA, Ana Luiza Bustamante. Dever de memória e desejo de celebração: con(tra)dições da experiência na instituição escolar. In: SMOLKA, Ana Luiza Bustamante; NOGUEIRA, Ana Lúcia Horta (orgs.). Emoção, memória, imaginação: a constituição do desenvolvimento humano na história e na cultura. Campinas: Mercado de Letras, 2011, p. 137-160.

TODOROV, Tzvetan. Los abusos de la memoria. Trad. Miguel Salazar. Barcelona: Paidós, 2000, 61 p.

VIDAL, Diana Gonçalves; BONTEMPI JR., Bruno; SALVADORI, Maria Ângela Borges. Tempos pretéritos e escolhas de futuro: a Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo e a formação docente. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 41, n. especial, p. 1419-1440, dez. 2016.

VIGOTSKI, Lev Semionovich. Manuscrito de 1929. Trad. Alexandra Marenitch, Luís Carlos de Freitas. Educação & Sociedade, ano XXI, n. 71, p. 21-44, jul. 2000.

Downloads

Publicado

2021-12-28

Como Citar

BRAGA, E. dos S. .; MENEZES, R. C. D. de . De memórias e afetos: diálogos com ex-alunos docentes da FEUSP. RIDPHE_R Revista Iberoamericana do Patrimônio Histórico-Educativo, Campinas, SP, v. 7, n. 00, p. e021041, 2021. DOI: 10.20888/ridpher.v7i00.16080. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ridphe/article/view/16080. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO