Banner Portal
Estar junto virtual ampliado
Capa miniatura volume 7, número 1, ano 2020
PDF

Palavras-chave

Tecnologias digitais de informação e comunicação
Atitudes
Estilos de uso do virtual
Espaço virtual
Ambiente virtual de aprendizagem

Como Citar

FERNANDES, Frederico Fonseca; SCHERER, Suely. Estar junto virtual ampliado: movimentos na/para educação a distância. Tecnologias, Sociedade e Conhecimento, Campinas, SP, v. 7, n. 1, p. 10–28, 2020. DOI: 10.20396/tsc.v7i1.14699. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tsc/article/view/14699. Acesso em: 20 jul. 2024.

Resumo

O objetivo deste artigo é discutir pesquisas sobre uma abordagem para a Educação a Distância (EaD), denominada “Estar Junto Virtual Ampliado” (EJVA). Essa abordagem foi proposta inicialmente em uma pesquisa de mestrado, para análise de interações em cursos de Licenciatura em Matemática, e estudos foram ampliados em uma pesquisa de doutorado, ao se propor e analisar essa abordagem em uma disciplina, em um curso de Licenciatura em Matemática a distância. Na EJVA, se considera as interações entre indivíduos e desses com o objeto do conhecimento e com as tecnologias digitais determinantes dos movimentos de aprendizagem em ambientes virtuais. Essas interações são afetadas pela atitude de habitante e pela relação entre atividades propostas e estilos de usos do virtual dos aprendizes.

https://doi.org/10.20396/tsc.v7i1.14699
PDF

Referências

BARROS, D. M. V. Estilos de Aprendizagem e o Uso das Tecnologias. Santo Tirso: De Facto Editores, 2013.

BUTLER, K. A. Estilos de Aprendizagem: as dimensões psicológica, afetiva e cognitiva. Traduzido por Renata Costa de Sá Bonotto e Jorge Alberto Reichert. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2003.

DUNN, R.; DUNN, K. Teaching Students Through their Individual Learning Styles. Reston: Reston Publishing, 1978.

R. M. Reaching the Second Tier: learning and teaching styles in college science education. Journal of College Science Teaching, v. 23, n. 5, p. 286-290, 1993.

FERNANDES, F. F. O Uso de Tecnologias Digitais na Modalidade EaD: um Estudo sobre Cursos de Formação Inicial de Professores de atemática, Campo rande, 2014. Dissertação ( estrado em Educação atemática) Universidade Federal de ato rosso do Sul, Campo Grande, 2014.

FERNANDES, F. F. Am iente Virtual e Edu a o a ist n ia: espaços e movimentos de aprendizagem em uma disciplina. 2018. Tese (Doutorado em Educação) Programa de Pós- raduação em Educação, Universidade Federal de ato rosso do Sul, Campo rande, 2018.

GATTI, B. A.; BARRETTO, E. S. Formação inicial de professores para a educação básica: pesquisas e políticas educacionais. Est. Avaliação Educacional, SP, v. 25, n. 57, p. 24-54, jan./abr. 2014.

KOLB, D. A. Experiential Learning: experience as the source of learning and development. Englewood Cliffs: Prentice-Hall, 1984.

LUVIZOTTO, C. K.; CARNIEL, F. Educação a distância na sociedade da informação: reflexões acerca dos processos de comunicação, ensino e aprendizagem na sala de aula virtual. Conexão: Comunicação e Cultura, UCS: Caxias do Sul, v. 12, n. 24, p. 13-40, 2013.

PAPERT, S. A Máquina da Criança: repensando a escola na era da informática. Ed. rev. Porto Alegre: Artmed, 2008.

SCHERER, S. ma Est ti a oss vel para a Edu a o imodal: Aprendizagem e Comunicação em Ambientes Presenciais e Virtuais. 2005. 241f. Tese (Doutorado em Educação) Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.

VALENTE, J. A. Espiral da espiral de aprendizagem: o processo de compreensão do papel das tecnologias de informação e comunicação na educação, Campinas, 2005. 232f. Tese (Livre-Docência) Instituto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 Frederico Fonseca Fernandes, Suely Scherer

Downloads

Não há dados estatísticos.