Proposta de ensino de programação para crianças com scratch e pensamento computacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/tsc.v4i1.14484

Palavras-chave:

Ensino de programação, Scratch, Oficina, Pensamento computacional

Resumo

Este trabalho apresenta uma proposta para um conjunto de práticas pedagógicas, com o objetivo de explorar o conteúdo de Lógica de Programação e Pensamento Computacional, em uma abordagem motivadora e criativa. São propostas atividades de Programação para crianças de 10 a 13 anos de idade usando como ferramenta de programação o ambiente Scratch. Essas atividades podem ser aplicadas em um contexto formal de ensino, em escolas que tenham uma carga horária específica para ensino de Computação ou em atividades fora do contexto formal da escola, em ambientes diferenciados de aprendizado.


Palavras-chave: Ensino de programação; Scratch; Pensamento Computacional; Oficina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Humberto Augusto Piovesana Zanetti, Universidade Estadual de Campinas

Doutorando em Tecnologia na Faculdade de Tecnologia (FT) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Membro do Laboratório de Informática, Aprendizado e Gestão (LIAG).

 

Marcos Augusto Francisco Borges, Universidade Estadual de Campinas

Pós-Doutorado pela Universidade do Porto. Professor Doutor MTS na Faculdade de Tecnologia (FT) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Fundador Laboratório de Informática, Aprendizado e Gestão (LIAG). Pesquisador na área de Informática na Educação.

 

Valéria Cristina Gomes Leal, Universidade Estadual de Campinas

Mestranda em Tecnologia na Faculdade de Tecnologia (FT) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Membro do Laboratório de Informática, Aprendizado e Gestão (LIAG).

 

Igor Yukio Matsuzaki, Universidade Estadual de Campinas

Garaduando em Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistamas na Faculdade de Tecnologia (FT) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Membro do Laboratório de Informática, Aprendizado e Gestão (LIAG).

 

Referências

ALCANTARA, L. C. Programação para crianças, será? Robota Tecnologia Educacional. Disponível em http://www.robota.com.br. Acesso em: 20 mai. 2016.

ANDRADE, M.; SILVA, C.; OLIVEIRA, T. Desenvolvendo games e aprendendo matemática utilizando o Scratch. Anais do SBGames, São Paulo/SP, 2013.

BATISTA, E. J. S. et al. Utilizando o Scratch como ferramenta de apoio para desenvolver o raciocínio lógico das crianças do ensino básico de uma forma multidisciplinar. XXI Workshop de Informática na Escola – WIE, 2015.

BLIKSTEIN, P. O Pensamento Computacional e a Reinvenção do Computador na Educação. Disponível em: http://bit.ly/1lXlbNn. Acesso em: 10 abr. 2016.

BRADLEY, M. M.; LANG, P.J. Measuring Emotion: The Self Assessment Manikin and the Semantic Differential, in: Journal of Behavioral Therapy and Experimental Psychiatry, 25, 49-59, 1994.

BRENNAN, K. Creative computing: A design-based introduction to computational thinking. 2011. Disponível em: http://scratched.gse.harvard.edu/sites/default/files/curriculumguide-v20110923.pdf. Acesso em: 29 ago. 2015.

BRENNAN, K.; RESNICK, M. New frameworks for studying and assessing the development of computational thinking. American Educational Research Association (AERA), Vancouver, BC, Canada, 2012. Disponível em: http://web.media.mit.edu/~kbrennan/files/Brennan_Resnick_AERA2012_CT.pdf. Acesso em: 29 ago. 2015.

CODE. Anybody Can Learn. Disponível em: http://code.org/. Acesso em: 15 set. 2015.

CSTA – Operational Definition of Computacional Thinking, 2011. Disponível em: http://csta.acm.org/Curriculum/sub/CurrFiles/CompThinkingFlyer.pdf. Acesso em: 26 fev. 2015.

DE PAULA, B. H.; VALENTE, J. A.; BURN, A. O uso de jogos digitais para o desenvolvimento do currículo para a Educação Computacional na Inglaterra. Currículo sem Fronteiras, v. 14, n. 3, p. 46-71, 2014.

DE OLIVEIRA, M. L. S. et al. Ensino de lógica de programação no ensino fundamental utilizando o Scratch: um relato de experiência. In: Anais do Workshop de Informática na Escola, Brasília–DF. 2014.

ISTE. Computational thinking teacher resources. Disponível em: https://csta.acm.org/Curriculum/sub/CurrFiles/472.11CTTeacherResources_2ed-SP-vF.pdf. Acesso em: 28 jan. 2016.

MESTRE, P. et al. Pensamento Computacional: Um estudo empírico sobre as questões de matemática do PISA. In: Anais dos Workshops do Congresso Brasileiro de Informática na Educação. p. 1281, 2015.

PHILLIPS, P. Computational Thinking: A problem-solving tool for every classroom, Microsoft Corporation, Computer Science Teachers Association, 2009. Disponível em: http://www.csta.acm.org/Resources/sub/ResourceFiles/CompThinking.pdf. Acesso em: 01 set. 2015.

PITCH perfect. Direção: Jason Moore, Baseado no livro de Mickey Rapkin. Baton Rouge, Louisiana - EUA: Gold Circle Films, Universal Pictures, 2012. Formato: 35 mm (112 min), 3.068 m (6 bobinas), son., Legendado. Inglês.

RESNICK, M. et al. Scratch: Programming for all. Comm. ACM 52, 11, 60–67, 2009.

SANTOS, G. et al. Proposta de atividade para o quinto ano do ensino fundamental: Algoritmos Desplugados. XXI Workshop de Informática na Escola –WIE, 2015.

SCRATCH. Lifelong Kindergarten no Media Lab do Instituto de Tecnologia de Massachusets, 2004 – Disponível em: http://scratch.mit.edu. Acesso em: 01 set. 2015.

STELLA, A. L. Utilizando o pensamento computacional e a computação criativa no ensino da linguagem de programação Scratch para alunos do ensino fundamental. Dissertação, 2016 (Mestrado), Faculdade de Tecnologia – Universidade Estadual de Campinas. Limeira, 2016.

TEIXEIRA, A.C. et al. Programação de computadores para alunos do ensino fundamental: A Escola de Hackers. XXI Workshop de Informática na Escola –WIE, 2015.

THOMAS, D.; BROWN, J. S. A New Culture of Learning: Cultivating the Imagination for a World of Constant Change. Createspace Independente Publishing Platform, 2011.

VOLQUIND, L. Oficinas de ensino: o quê? por quê? como? EDIPUCRS, 2000.

VON WANGENHEIM, C. G.; NUNES, V. R.; DOS SANTOS, G. D. Ensino de computação com Scratch no ensino fundamental–um estudo de caso. Revista Brasileira de Informática na Educação, v. 22, n. 03, p. 115, 2014.

WING, J. M. Computational Thinking. Communications of the ACM, vol. 49, n° 3, mar. 2006. Disponível em: https://www.cs.cmu.edu/~15110-s13/Wing06-ct.pdf. Acesso em: 30 ago. 2015.

Downloads

Publicado

2021-12-20

Como Citar

ZANETTI, H. A. P.; BORGES, M. A. F.; LEAL, V. C. G.; MATSUZAKI, I. Y. Proposta de ensino de programação para crianças com scratch e pensamento computacional. Tecnologias, Sociedade e Conhecimento, Campinas, SP, v. 4, n. 1, p. 43–58, 2021. DOI: 10.20396/tsc.v4i1.14484. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tsc/article/view/14484. Acesso em: 17 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos