Qualidade afetiva em sistemas computacionais

design de interação para e com crianças em contexto de aprendizado

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/tsc.v3i1.14478

Palavras-chave:

Sistemas computacionais, Tecnologias digitais, Design, Aprendizado

Resumo

As tecnologias digitais cada vez mais fazem parte do nosso cotidiano, estando presentes em todos os lugares. As abordagens tradicionais de design faziam sentido quando a computação era direcionada e centrada em atividades bem específicas. As bases que designers antes seguiam para direcionar seus esforços tinham por referência os conceitos de usabilidade e acessibilidade. Mais recentemente, esses conceitos passaram a ser reforçados, abrindo espaço para a exploração de outras abordagens, como a relacionada a aspectos afetivos da interação. Sendo um tema relativamente novo, modelos e frameworks que associem a qualidade afetiva da interação com o design de sistemas ainda são escassos, principalmente quando o público alvo são crianças em contexto de aprendizado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaine C. S. Hayashi, Universidade Estadual de Campinas

Doutorado em Doutorado em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Campinas.

Referências

HAYASHI, E. ; Qualidade afetiva em sistemas computacionais: design de interação para e com crianças em contexto de aprendizado. 2016. Tese (Doutorado em Ciência da Computação) –Instituto de Computação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2016.

Downloads

Publicado

20-12-2015

Como Citar

HAYASHI, E. C. S. Qualidade afetiva em sistemas computacionais: design de interação para e com crianças em contexto de aprendizado. Tecnologias, Sociedade e Conhecimento, Campinas, SP, v. 3, n. 1, p. 108–109, 2015. DOI: 10.20396/tsc.v3i1.14478. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tsc/article/view/14478. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

Teses e Dissertações