Revolução tecnológica e reforma trabalhista

dois assuntos imbricados

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rbest.v3i00.15952

Palavras-chave:

Inovação tecnológica, Legislação trabalhista, Brasil

Resumo

Revolução tecnológica e reforma trabalhista: Dois assuntos imbricados
Os novos padrões de organização do trabalho e o surgimento de novas ocupações - fenômenos que acompanham a instalação de uma sociedade informacional - trazem desafios que precisam ser compreendidos. O livro "A quarta revolução industrial e a reforma trabalhista" coloca em evidência os impactos das inovações tecnológicas nas relações de trabalho no Brasil, e reúne argumentos para demonstrar que as alterações realizadas na legislação trabalhista não decorreram de exigências do novo padrão produtivo. Em vez de estimular a geração de empregos, o que se verifica é o desmonte do sistema protetivo de relações do trabalho sob o comando da ideologia neoliberal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nivea Maria Santos Souto Maior, Universidade Federal de Pernambuco

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Pernambuco

 

Referências

Kon, Anita (2020). O futuro do mundo do trabalho: impactos do novo paradigma tecnológico. Cadernos Adenauer, 21(1), 187–214. Disponível em: https://www.kas.de/pt/web/brasilien/einzeltitel/-/content/cadernos-adenauer-1-2020-1

Krein, José Dari et al. (Orgs.) (2021). O trabalho pós-reforma trabalhista – 2017. (2 v). Centro de Estudos Sindicais e de Economia do Trabalho (Cesit), Instituto de Economia, Unicamp. Disponível em: https://www.cesit.net.br/lancamento-o-trabalho-pos-reforma-trabalhista-28-6/

Schwab, Klaus M. (2016). A quarta revolução industrial. (Trad. Daniel M. Miranda). Edipro.

Downloads

Publicado

2021-12-02

Como Citar

Maior, N. M. S. S. (2021). Revolução tecnológica e reforma trabalhista: dois assuntos imbricados. RBEST Revista Brasileira De Economia Social E Do Trabalho, 3(00), e021014. https://doi.org/10.20396/rbest.v3i00.15952