Escolhas alimentares e sustentabilidade

contribuições de um estudo de caso em uma feira livre

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/tematicas.v29i58.15133

Palavras-chave:

Orgânicos, Consumo alimentar, Feira livre, Sustentabilidade, Agricultura familiar

Resumo

Neste artigo reflete-se sobre a relação entre as escolhas alimentares de consumidores e a sustentabilidade, a partir do estudo de caso de uma feira livre no município de Macaé (RJ). Usando-se observação participante e entrevistas com frequentadores da feira, busca-se identificar os motivos e interesses que orientam suas decisões de consumo, com especial atenção às questões ambientais. A pesquisa mostrou a busca de orgânicos na feira como fortemente associada à preocupação com a qualidade dos alimentos, mas nem sempre conectada com as dinâmicas que envolvem a produção de base familiar, como a luta pela terra e o acesso à água. As questões ambientais estão presentes nas escolhas dos consumidores, embora, nem sempre se traduzam numa conduta coerente com a busca da sustentabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Aparecida Pereira Siloto, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestre em Ciências Ambientais e Conservação pelo Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Giuliana Franco Leal, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutorado em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas. Professora na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Vanessa Schottz, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Professora Adjunta do Curso de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Referências

ACSELRAD, Henri. Discursos da sustentabilidade urbana. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, n.1, p. 79-90, mai. 1999.

ARAÚJO, Tarcisio Patricio; LIMA, Roberto Alves; MACAMBIRA, Júnior. Feiras agroecológicas: institucionalidade, organização e importância para a composição da renda do agricultor familiar. 1.ed. Fortaleza: Instituto de desenvolvimento do trabalho/Núcleo de economia solidária da Universidade Federal de Pernambuco, 2015.

BARBOSA, Luciano Celso Guerreiro; LAGES, André Maia Gomes. Crença e certificação de produtos orgânicos: o exemplo da feira livre de Maceió. III Encontro da Anppas. Brasília, 2006.

BONNAL, Phillipe; CAZELLA, Ademir A.; MALUF, Renato S.l Multifuncionalidade da agricultura e desenvolvimento territorial: avanços e desafios para a conjunção de enfoques. Estudos sociedade e agricultura, v.16, n. 2, p. 185-227, 2008.

BRASIL. Ministério da Saúde. Guia alimentar para a população brasileira. 2. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2014.

CANESQUI, Ana Maria; GARCIA, Rosa Wanda Diez (orgs). Antropologia e nutrição: um diálogo possível [online]. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2005. Disponível em: http://books.scielo.org/id/v6rkd/pdf/canesqui-9788575413876.pdf. Acesso em: 24 out. 2018.

CASTAÑEDA DE ARAUJO, Marcelo. Ambientalização e politização do consumo e da vida cotidiana: uma etnografia das práticas de compra de alimentos orgânicos em Nova Friburgo/RJ. Dissertação, Rio de Janeiro: UFFJ, 2010.

CRUZ, Fabiana Thomé da; SCHNEIDER, Sérgio. Qualidade de alimentos, escolas de produção e valorização de produtos tradicionais. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 5, p. 22-38, 2010.

FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS (FAO). Building a Common Vision for Sustainable Food and Agriculture [online]. Rome, 2014. Disponível em: http://www.fao.org/3/a-i3940e.pdf. Acesso em: 18 jan. 2019.

GIDDENS, Antony. As Consequências da Modernidade. 2 ed. São Paulo: UNESP, 1991.

HIGH LEVEL PANEL OF EXPERTS ON FOOD SECURITY AND NUTRITION (HLPE). High Level Panel of Experts on food security and nutrition. Extract from the report¹ nutrition and food systems, 2017. Disponível em: http://www.fao.org/3/a-bt672e.pdf. Acesso em: 24 out. 2018.

LIMA, Gustavo da Costa. O discurso da sustentabilidade e suas implicações para a educação. Ambiente & Sociedade, vol.6, n.2, jul/dez 2003.

MASCARENHAS, Gilmar; DOLZANI, Miriam C. S. Feira Livre: territorialidade popular e cultura na metrópole contemporânea. Ateliê, n. 2, p. 72-87, ago. 2008.

MENDENHALL, Emily; SINGER, Merrill. The global syndemic of obesity, undernutrition, and climate change. The Lancet, v. 393, n. 10173, p. 741, 2019.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (UN). Nutrition and food systems: a report by the High-Level Panel of Experts on Food Security and Nutrition of the Committee on World Food Security. Roma: ONU, 2017.

PETERSEN, Paulo. Introdução. In: PETERSEN, Paulo (Org.) Agricultura familiar camponesa na construção do futuro. 1 ed. Rio de Janeiro: AS-PTA, p. 5-15, 2009.

PIRES, Álvaro. Amostragem e pesquisa qualitativa: ensaio teórico e metodológico. In: POUPART, Jean et.al. A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. 1. ed. Petrópolis: Vozes, 2010.

PORTILHO, Fatima. Sustentabilidade ambiental, consumo e cidadania. 1.ed. São Paulo: Cortez, 2005.

PORTILHO, Fatima; CASTAÑEDA, Marcelo. Certificação e confiança face-a-face na feira de produtos orgânicos; IV Encontro Nacional da ANPPAS, Brasília, jun 2008.

PORTILHO, Fatima; CASTAÑEDA, Marcelo; CASTRO, Inês Rugani. A alimentação no contexto contemporâneo: consumo, ação política e sustentabilidade. Ciência & Saúde Coletiva. Rio de Janeiro, p. 99-106, jan. 2011.

RIBEIRO, Helena; JAIME, Patrícia; VENTURA, Deisy. Alimentação e sustentabilidade. Estudos Avançados, v. 31, n.89, p. 185-198, 2017.

SANTOS, Christiane Fernandes; SIQUEIRA, Elisabete Stradiotto; ARAÚJO, Iriane Teresa; MAIA, Zildenice Matias Guedes. A agroecologia como perspectiva de sustentabilidade na agricultura familiar. Ambiente e sociedade, v. 17, n. 2, p. 33-52, jun. 2014.

Downloads

Publicado

2021-12-03

Como Citar

SILOTO, D. A. P.; LEAL, G. F.; SCHOTTZ, V. Escolhas alimentares e sustentabilidade : contribuições de um estudo de caso em uma feira livre. Tematicas, Campinas, SP, v. 29, n. 58, p. 74–101, 2021. DOI: 10.20396/tematicas.v29i58.15133. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tematicas/article/view/15133. Acesso em: 16 maio. 2022.