Sobre a Revista

Foco e Escopo

Temáticas é uma publicação semestral do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas, editada desde 1993 por discentes dos programas de pós-graduação em Ciências Sociais do IFCH/UNICAMP, em parceria com docentes de diferentes departamentos. A revista se dedica a publicar dossiês temáticos e recebe artigos em fluxo contínuo, assinados por docentes, pesquisadores e discentes de pós-graduação. Portanto, é necessário que os/as autores/as sejam no mínimo mestrandos. 

Todos os números são construídos de modo interdisciplinar, abrangendo diferentes debates no âmbito das Ciências Sociais. São aceitos apenas artigos inéditos e de reconhecido mérito científico, bem como resenhas, entrevistas, traduções e ensaios fotográficos para compor os dossiês e a seção livre.

Processo de Avaliação pelos Pares

O aceite da submissão de um manuscrito enviado à Temáticas depende da avaliação do cumprimento de todos os requisitos de submissão, verificação de plágio e análise inicial da Equipe Editorial sobre a aderência do manuscrito ao escopo da revista. 

Se o manuscrito está sendo avaliado para composição de um dossiê, ele depende de uma avaliação inicial dos organizadores do número, que recomendam ou rejeitam o artigo para ser avaliado no dossiê. Em caso de aceite inicial, os artigos seguem para apreciação de especialistas. A análise dos manuscritos submetidos aos dossiês leva entre 90 e 180 dias para uma resposta sobre a publicação. 

No caso de manuscritos encaminhados para fluxo contínuo, caso passe pela primeira etapa de avaliação (desk review), segue imediatamente para apreciação de especialistas. Os manuscritos submetidos ao fluxo contínuo levam entre 60 e 120 dias para serem avaliados. 

Todos os manuscritos submetidos à Temáticas seguem as éticas de avaliação duplo-cega. Os artigos são avaliados anonimamente por pelo menos dois pareceristas externos à equipe editorial e à instituição editora, e com produção relevante na área tematizada pelo manuscrito. Os artigos podem ser aprovados, recomendados para publicação condicionado a modificações ou serem rejeitados. Em caso de divergência de opiniões, o manuscrito é enviado a um terceiro especialista. 

As entrevistas, resenhas e traduções são avaliadas por um parecerista externo e por um membro da Equipe Editoral da revista. 

Ressalte-se que cabe à Equipe Editorial ou aos organizadores de dossiês responsáveis por um número da revista a aprovação final de um manuscrito que tenha sido recomendado para publicação condicionado à modificação no processo duplo-cego.

Cabe também à Equipe Editorial o direito de fazer pequenas modificações no texto final, tabelas e figuras, para atender aos critérios editoriais da revista, que seguem as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Periodicidade

Temáticas tem a periodicidade Semestral.

Estrato Qualis-CAPES / Qualis-CAPES Evaluation (2013-2016)

  • B3

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Declaração de Ética na Pesquisa e Boas Práticas

Temáticas se dedica a cumprir as boas práticas no que diz respeito à conduta moral e ética condizente com a editoração cientifica de periódicos acadêmicos, de modo que não são aceitos comportamentos antiéticos, tampouco plágio em qualquer circunstância. Os/as autores/as devem enviar seu texto assinando um "Termo de Originalidade", na qual declaram que o conteúdo é original e não será publicado em outro periódico sem que a fonte seja citada.

Cabe notar que como parte das ações de valorização da integridade acadêmica e prevenção do plágio, a revista Temáticas adota o serviço de identificação de similaridade de textos utilizando como base a plataforma Turnitin, implantada na Unicamp desde novembro de 2016.

Histórico do periódico

A revista Temáticas foi fundada em 1993 por um grupo de estudantes do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (IFCH/UNICAMP). Naquele contexto, com o desenvolvimento de novos formatos para os períodicos científicos, a proposta foi criar um espaço editorial que possibilitasse a publicação de artigos escritos por alunas e alunos dos programas de pós-graduação de todo o país, de modo a promover circulação de ideias e possibilitar diálogos em construção. O periódico, atualmente, mantém a tradição de ser um espaço de publicações acadêmicas organizada e voltada para estudantes de pós-graduação ou recém-doutores, tendo como eixo central a publicação de dossiês temáticos de caráter interdisciplinar no âmbito das Ciências Sociais. A revista foi impressa até o ano de 2016 e desde então os editores estão trabalhando no processo de virtualização e profissionalização da revista.

Catalogação na Fonte

Catalogação na Fonte elaborada por Gildenir C. Santos - CRB-8ª/5447