Instituto socioambiental de Valéria: desejo e prática de educação libertária em Salvador-BA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20888/ridpher.v8i00.16984

Palavras-chave:

Instituto Socioambiental de Valéria, Pedagogia libertária, Teias de aprendizagem

Resumo

Este artigo apresenta uma experiência de educação libertária em Valéria, bairro periférico da cidade de Salvador, Bahia, Brasil, entre 2004 e 2014, através da criação do Instituto Socioambiental de Valéria (ISVA). Utilizamos memórias de nossas próprias vivências, registros do blog do ISVA, materiais impressos, fotos, vídeos, documentários e entrevista para a Agência de Notícias Anarquistas (ANA). Teias de aprendizagem (Ilitch, 1973) se formaram em torno de uma Comunidade Educativa Vivencial (Goodman, 1976). Nos dez anos do ISVA aprendemos que “o caminho da liberdade é a liberdade” (Bakunin, 1986) ao construir diálogos intergeracionais sem hierarquias e unir diversão e responsabilidade dentro de uma construção coletiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo José Fernandes Nunes, Universidade do Estado da Bahia, Brasil

Doutor em Análise Geográfica Regional pela Universidade de Barcelona. Professor Titular da Universidade do Estado da Bahia (UNEB / Departamento de Educação). Professor-pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade (PPGEDUC/UNEB) e do Programa de Pós-Graduação em Estudos Territoriais PROET/UNEB. Co-Líder do Grupo de Pesquisa Teoria Social e Projeto Político Pedagógico (TSPPP/PPGEDUC). Membro do Grupo de Pesquisa NEPAN - Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Anarquismo e Cultura Libertária da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Editor da Revista de Educação e Ciências Sociais (RECS/PPGEDUC/UNEB). Coordenador do Observatório de Educação de Jovens e Adultos do Território do Sisal (OBEJA/UNEB). 

Igor Sant'Anna, Universidade do Estado da Bahia, Brasil

Doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade - Universidade do Estado da Bahia. Coordenador Pedagógico da Cicloramaah Edtech Ltda.

Referências

BAKUNIN, Miguel. A educação Integral. In: MORYÓN, Félix García. Escritos anarquistas sobre educacion. Colección Clásicos, Educación, n. 1. Lérida, Madrid: Grupo Cultural Zero, 1986.

CODELLO, Francesco. A boa educação: experiências libertárias e teorias anarquistas na Europa de Godwin a Neill. V. 1. A teoria. São Paulo: Imaginário: Ícone, 2007.

GALLO, Sílvio. Pedagogia libertária: anarquistas, anarquismos e educação. São Paulo: Editora Imaginário/Editora da Universidade do Amazonas, 2007.

GALLO, Sílvio. Politecnia e educação: a contribuição anarquista, In: Pro-posições, v. 04, n. 3[12], p. 34-46, nov. 1993.

GOODMAN, Paul: La des-educación obligatoria. 2. ed. Barcelona: Fontanella, 1976.

ILLICH, Ivan. A sociedade sem escolas. Petrópolis: Vozes, 1973.

Downloads

Publicado

2022-12-17

Como Citar

NUNES, E. J. F.; SANT’ANNA, I. Instituto socioambiental de Valéria: desejo e prática de educação libertária em Salvador-BA. RIDPHE_R Revista Iberoamericana do Patrimônio Histórico-Educativo, Campinas, SP, v. 8, n. 00, p. e022012, 2022. DOI: 10.20888/ridpher.v8i00.16984. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ridphe/article/view/16984. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

DOCUMENTO/DOSSIÊ