Colégio de Aplicação da Universidade de São Paulo (1955 - 1970)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20888/ridpher.v7i00.16018

Palavras-chave:

Universidade de São Paulo, Ensino renovado, Repressão policial

Resumo

Para compreender o fim de uma experiência de ensino crítico e de qualidade, ministrado no Colégio de Aplicação da USP, momentos distintos de sua historicidade foram comtemplados: o contexto no qual foi criada a escola, a prática docente de ensino renovado e o término de uma experiência de vanguarda. Em outubro de 1967, uma greve de alunos com ocupação do prédio tomou amplas proporções políticas. No seu decorrer revelou as desinteligências entre os diversos setores administrativos da escola. Foi encerrada com a intervenção do DOPS, após solicitação de membros do Departamento de Educação e do diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, sem que fossem consultados os Órgãos colegiados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Lourdes Monaco Janotti, Professora Emérita, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, Brasil

Graduou-se em História pela Universidade de São Paulo (1959), doutorou-se em História (USP/1970) obteve o título de livre-docente (USP/1983) e de professora adjunta (USP/1987). Recebeu título de Professora emérita da FFLCH da USP em 2014. Atualmente, é Coordenadora do Núcleo de Estudos de História e Historiografia do Laboratório de Teoria e Historiografia, onde ministra seminários. Publicou trabalhos nas áreas de História do Brasil, Historiografia e Ensino de História. Entre os vários livros publicados, destacam-se aqueles que resultaram do doutoramento - Joao Francisco Lisboa: Jornalista e Historiador. São Paulo, Atica, 1977 - e da livre-docência - Os Subversivos da República. São Paulo: Brasiliense, 1986. Os demais foram escritos ao longo do tempo, entre outros: Sociedade e política na Primeira República. São Paulo: Atual, 1999; A Primeira Grande Guerra: confronto de imperialismos. São Paulo: Atual, 1997; O Coronelismo. Uma Política de Compromissos. São Paulo: Brasiliense, 1992. Em coautoria com: ARIAS NETO, J. M. (Orgs.). Democracia e autoritarismo. Vinhedo: Editora Horizonte, 2015; AXT, G. e D'ALESSIO, M. M. (Orgs.). Espaços da negociação e do confronto na política. Porto Alegre: Nova Prova, 2007. (Orgs.). Os dois últimos artigos publicados foram: Reminiscências: vestígios da memória. In: Magalhães. Valéria Barbosa de (Org.). História oral e migrações: método, memória e experiências. São Paulo: Letra e Voz, 2017; 50 anos do Golpe: violência, ditadura e memória. In: Cardoso, Lucileide Costa; Cardoso, Célia Costa. (Orgs.) Ditaduras: memória, violência e silenciamento. Salvador: EDUFBA, 2017

Referências

ABAIXO ASSINADO DE PAIS DO CA, Assembleia Legislativa de São Paulo, Diário Oficial n. 203 de 25/10/67.

ASSOCIAÇÃO DOS DOCENTES DA USP. O Controle Ideológico na USP: 1964-1978. São Paulo, ADUSP, 2004.

ATAS DO CONSELHO DO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO da FFCL da USP. 3-10 -1967; 11/10/1967.

ATCON, Rudolph. Rumos à Reformulação Estrutural da Universidade Brasileira. Rio de Janeiro, Ministério de Educação e Cultura, 1966, 124p.

BARROS, Roque Spencer Maciel de. Comunicado do Diretor. O Estado de S. Paulo, 15 de outubro de 1967.

BARROS, Roque Spencer Maciel de. Pronunciamento. Ata do Conselho Técnico Administrativo da FFCL, São Paulo, 19/10/1967.

BARROS, Roque Spencer Maciel de. Depoimento. Ata da Comissão de Sindicância da FFCL da USP. Processo n. 2624/67- FFCL São Paulo,27/12/67.

BOJIKIAN, Clóvis. Atas da Comissão de Sindicância da FFCL da USP. Processo n. 2624/67- FFCL São Paulo, 22, 26, 29 /11-68 e 4, 9, 10,13,16 /12/68.

BONTEMPI, Bruno Jr. Do Instituto de Educação à Faculdade de Filosofia da Universidade de São Paulo. Outros Temas: Caderno de Pesquisa,41 (142), 2011.

CASTRO, Amélia A. Domingues de; GIANNOTTI, José Arthur. Sugestões para a melhoria do ensino de Filosofia no curso secundário. Revista de Pedagogia, São Paulo, vol. 6, nº11-12, p. 65-77, jan./dez. 1960.

CASTRO, Amélia A. Domingues de. Depoimento. Ata da Comissão de Sindicância da FFCL da USP. Processo n. 2624/67- FFCL São Paulo, 21-28 /12/67.

COSTA, Emília Viotti da. Sugestões para melhoria do ensino de História no curso secundário. Revista de Pedagogia, São Paulo, vol. 6, nº11-12, p. 91-104, jan./dez. 1960.

CINTRA, Alcides Bueno. Ofício ao diretor do Departamento de Ordem Política e Social de São Paulo Francisco E. Sertório Canto, DEOPS (50-H-32-436), São Paulo, 20/10/1967.

DALLABRIDA, Norberto. As classes secundárias experimentais: uma tradição escolar (quase) esquecida. Revista Brasileira de História de Educação. Universidade Estadual de Maringá. vol. 17, núm. 3, 2017, julho-setembro, p. 213-234.

DIAS, José Augusto. Depoimento em 18/12/67. Ata Comissão de Sindicância da FFCL da USP. São Paulo, Processo n. 2624/67- FFCL, s/n/p.

FERNANDES, Florestan. Carta de 9 de setembro de 1964. O Controle Ideológico na USP: 1964-1978. São Paulo, ADUSP, 2004. p 30 e 31.

FERREIRA, Márcia dos Santos. Centros de pesquisas do INEP: pesquisa e política educacional entre as décadas de 1950 e 1970. 2006. Tese Doutorado. Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

ISSLER, Bernardo. Relato de uma experiência metodológica na Cadeira de Geografia Geral e do Brasil, na primeira série do curso ginasial, do Colégio de Aplicação. Revista de Pedagogia, São Paulo, vol. 6, nº11-12, p. 156-149, jan./dez. 1960.

LEITE, Julieta Ribeiro. Entrevista concedida a M.L.M. Janotti. São Paulo, 12/04/1998.

MAGALDI, Sylvia. Entrevista concedida a M.L.M. Janotti. São Paulo, 27/04/1998.

MANIFESTAÇÃO estudantil termina com ocupação da Faculdade de Filosofia. Folha de S. Paulo. S.P. 26/04/67, p.6.

MORAES, Carmem Silvia V. Educação de jovens e adultos trabalhadores de qualidade: regime de colaboração e sistema nacional de educação. Educação e Sociedade, Campinas, v. 34, n. 124, p. 979-1001, jul.-set. 2013.

ROZANTE, Ellen Lucas. A Revista de Pedagogia da Cadeira de Didática Geral e Especial da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo (1955-1967) A formação do professor de ensino secundário. 2008. Dissertação de mestrado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

ROSENTHAL, Erwin T. Depoimento em 18/12/67. Ata da Comissão de Sindicância da FFCL da USP. São Paulo, Processo n. 2624/67- FFCL, s/n/p.

RUBINSTEIN, Bernardo. Depoimento. Assembleia Legislativa de São Paulo D.O. n. 203 de 25/10/67).

RUBINSTEIN, Sérgio. Comunicado. Assembleia Legislativa de São Paulo D.O. n. 203 de 25/10/67).

SALMERON, Roberto A. A Universidade interrompida. Brasília 1964-1965. Brasília, Editora UNB, 1999, 476p.

SAMPAIO, Susana A.C. Depoimento. Assembleia Legislativa de São Paulo, D.O. n.203, 25/10/67).

SCHWINDEN, Raul. Sugestão de acordo. Assembleia Legislativa de São Paulo, D.O. n.203, 25/10/67).

SILVA, Daniele Hungaro; DALLABRIDA, Norberto. Circulação da pedagogia personalizada e comunitária no ensino secundário brasileiro (1954-1963). Revista Pedagógica, Chapecó, v. 22, p. 1-23, 2020.

SILVA, Daniele Hungaro; DALLABRIDA Norberto. Circulação de artigos de Pierre Faure na Revista Servir. Patrimônio e Memória. UNESP/ASSIS. v. 16, n. 2, 2020.

TAMBERLINI, Angela Rabello Maciel de Barros. Os Ginásios Vocacionais: a dimensão política de um projeto pedagógico transformador. São Paulo: Annablume - Fapesp, 2001.

TEIXEIRA, Anísio S. Educação não é privilégio. 5ª ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1994.

VIEIRA, Letícia. Um núcleo pioneiro da renovação da educação secundária brasileira: as primeiras classes experimentais do estado de São Paulo (1951-1964). Dissertação de Mestrado em 2015, Centro de Ciências Humanas e da Educação, Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis.

WEREBE, Maria José. A renovação pedagógica em França. Revista de Pedagogia, São Paulo, vol. 1, nº2, p. 57-68, jan./jun. 1956.

WEREBE, Maria José. A situação atual do ensino no Brasil. Revista de Pedagogia, São Paulo, vol. 6, nº11-12, p.11-30, jan./dez. 1960.

WEREBE, Maria José. Depoimento. Ata da Comissão de Sindicância da FFCL da USP. São Paulo, 02/01/1968.

Downloads

Publicado

2021-12-21

Como Citar

MONACO JANOTTI, M. de L. . Colégio de Aplicação da Universidade de São Paulo (1955 - 1970). RIDPHE_R Revista Iberoamericana do Patrimônio Histórico-Educativo, Campinas, SP, v. 7, n. 00, p. e021017, 2021. DOI: 10.20888/ridpher.v7i00.16018. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ridphe/article/view/16018. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO