Banner Portal
Discussões sobre expertise e o papel dos experts em decisões
PDF

Palavras-chave

Expertise
Ciência e Tecnologia
Tomada de decisão

Como Citar

FARIAS, Luciana de; PINHEIRO, Daniela Albini; FONTOLAN, Marina. Discussões sobre expertise e o papel dos experts em decisões: contribuições de Dorothy Nelkin e Helga Nowotny. Tematicas, Campinas, SP, v. 30, n. 60, p. 15–35, 2023. DOI: 10.20396/tematicas.v30i60.16201. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tematicas/article/view/16201. Acesso em: 30 maio. 2024.

Resumo

O objetivo do artigo é trazer os principais pontos da discussão sobre expertise e o papel dos experts em tomadas de decisões com base em duas autoras em específico: Dorothy Nelkin e Helga Nowotny. Por meio de revisão bibliográfica, apresentamos brevemente um histórico dos Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia (ESCT). Em seguida, exploramos o tema da expertise e do papel dos experts como objeto de estudo e adentramos nas implicações do aumento do envolvimento dos cientistas em áreas controversas, discutidas por Dorothy Nelkin em “The Political Impact of Technical Expertise”, de 1975, e Helga Nowotny em “Democratising expertise and socially robust knowledge”, de 2003. Concluímos que a relação entre expertise-conhecimento-tomada de decisão é um tema que vem sendo explorado pelos ESCT há décadas e que ainda está em discussão. A contribuição dos estudos abordados é reconhecer que a mobilização do conhecimento científico como expertise em questões controversas é inerentemente conflituosa e permeada por incertezas, e identificar e informar sobre tais incertezas deve fazer parte da solução de tais controvérsias, superando a ideia de que o papel da ciência é reduzir as incertezas a zero.

https://doi.org/10.20396/tematicas.v30i60.16201
PDF

Referências

BUSH, Vannevar. Science. The Endless Frontier. Washington, DC: National Science Foundation, (1960) [1945]. Disponível em: https://www.nsf.gov/od/lpa/nsf50/vbush1945.htm. Acesso em: 11 mai. 2023.

BROWN, Mark B. Science in Democracy: Expertise, Institutions, and Representation. Cambridge, MA: The MIT Press. 2009.

COLLINS, Harry; PINCH, Trevor. O Golem: o que você deveria saber sobre ciência. Belo Horizonte: Fabrefactum. 2010.

EPSTEIN, Steven. Impure Science: AIDS, Activism, and the Politics of Knowledge. Berkeley: University of CalifórniaCalifornia Press. 1998.

GIERYN, Thomas F. Boundary-Work and the Demarcation of Science From Non-Science: Strains and Interests in Professional Ideologies of Scientists. American Sociological Review 48(6): 781–795, 1983. Disponível em: https://doi.org/10.2307/2095325. Acesso em: 11 mai. 2023.

GRUNDMANN, Reiner. The Problem of Expertise in Knowledge Societies. Minerva, número 55, p. 25-48, 2017. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s11024-016-9308-7. Acesso em: 11 mai. 2023.

JASANOFF, Sheila. The Fifth Branch: Science Advisers as Policymakers. Cambridge, MA: Harvard University Press. 1990.

JASANOFF, Sheila. Technologies of humility. Nature, volume 450, p. 33, 2007. Disponível em: https://doi.org/10.1038/450033a. Acesso em: 11 mai. 2023.

VELHO, Léa Maria Leme Strini. Conceitos de Ciência e a Política Científica, Tecnológica e de Inovação. Sociologias. Porto Alegre, ano 13, no 26, jan./abr. 2011, p. 128-153. Disponível em: https://www.scielo.br/j/soc/a/q5SC5wGHhpGpzL86NZyDgDS/?format=pdf. Acesso em: 11 mai. 2023.

NELKIN, Dorothy. The Political Impact of Technical Expertise. Social Studies of Science, volume 5, número 1, p. 35–54, 1975. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/284554. Acesso em: 11 mai. 2023.

NOWOTNY, Helga. Dilemma of expertise: democratising expertise and socially robust knowledge. Science and Public Policy, volume 30, número 3, p. 151-156, 2003. Disponível em: https://doi.org/10.3152/147154303781780461. Acesso em: 11 mai. 2023.

PINCH, Trevor; BIJKER, Wiebe. The Social Construction of Facts and Artefacts: Or How the Sociology of Science and the Sociology of Technology Might Benefit Each Other. Social Studies of Science, volume 14, número 3, p. 399-441, 1984. Disponível em: https://doi.org/10.3152/147154303781780461. Acesso em: 11 mai. 2023.

RECUERO, Raquel; SOARES, Felipe Bonow; VINHAS, Otávio; VOLCAN, Taiane; ZAGO, Gabriela; STUMPF, Elisa Marchioro; VIEGAS, Paula; HÜTTNER, Luiz Ricardo; BONOTO, Carolina; SILVA, Gabriela; PASSOS, Iara; SALGUEIRO, Igor; SODRÉ, Giéle. Desinformação, mídia social e COVID-19 no Brasil. Pelotas, RS: Mediars, 2021. Disponível em: https://wp.ufpel.edu.br/midiars/files/2021/05/Desinformac%CC%A7a%CC%83o-covid-midiars-2021-1.pdf. Acesso em: 11 mai. 2023.

SZMRECSÁNYI, Tamás. Esboços de História Econômica da Ciência e da Tecnologia. In: SOARES, Luiz Carlos (org.). Da Revolução Científica à Big (Business) Science. São Paulo: HUCITEC, p. 155-200, 2001.

VICENTE, Alexandre M. Estudos sociais da ciência e tecnologia e engajamento: novas tendências. Mediações Revista de Ciências Sociais, pp. 276-291, Jun. 2014. Disponível em: https://doi.org/10.5433/2176-6665.2014v19n1p249. Acesso em: 11 mai. 2023.

WEINGART, Peter. Scientific Expertise and Political Accountability: Paradoxes of Science in Politics. Science and Public Policy 26(3): 151–161, 1999. Disponível em: https://doi.org/10.3152/147154399781782437. Acesso em: 11 mai. 2023.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Luciana de Farias, Daniela Albini Pinheiro, Marina Fontolan

Downloads

Não há dados estatísticos.