Reivenções de si: acervos pessoais e o uso de escritas ordinárias como fontes para produção histórica

Autores

  • Letícia Vieira Universidade de São Paulo - USP

DOI:

https://doi.org/10.20888/ridphe_r.v1i1.9237

Palavras-chave:

Acervos Pessoais, Escritas ordinárias, cadernos

Resumo

“Viver e Escrever: cadernos de escritas ordinárias de um professor catarinense (Sec XX)”, livro de autoria de Maria Teresa Santos Cunha e Flávia de Freitas Souza, configura-se como escrito de base por trazer à cena estudos acerca dos cadernos e colocar em pauta a questão das escritas ordinárias enquanto testemunhos de construções de si. Tomando por objeto de estudo parte do acervo pessoal do intelectual catarinense Victor Márcio Konder, e destinando atenção à descrição do processo de restauro, organização e salvaguarda do material componente desta parcela do acervo - especificamente um conjunto de quarenta e cinco cadernos manuscritos produzidos pelo professor entre as décadas de 1960 e 1980 -, a obra convida-nos ao debate acerca do uso de cadernos enquanto fonte para produção histórica, levando-nos a atentar à estes documentos, “portadores de ressonâncias”, e aos rastros que habitam cada espaço destes enquanto suportes de escrita. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia Vieira, Universidade de São Paulo - USP

Graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), especialista em Psicopedagogia pela Faculdade Municipal de Palhoça/SC (FMP), mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UDESC e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de São Paulo sob orientação da Prof. Dra. Carmen Sylvia Vidigal de Moraes.

Downloads

Publicado

2015-12-19

Como Citar

VIEIRA, Letícia. Reivenções de si: acervos pessoais e o uso de escritas ordinárias como fontes para produção histórica. RIDPHE_R Revista Iberoamericana do Patrimônio Histórico-Educativo, Campinas, SP, v. 1, n. 1, p. 182–185, 2015. DOI: 10.20888/ridphe_r.v1i1.9237. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ridphe/article/view/9237. Acesso em: 22 jul. 2024.