O curso de Pedagogia na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP

notas de uma ex-aluna

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20888/ridpher.v7i00.16027

Palavras-chave:

Ensino de pedagogia, Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, Luci Banks-Leite, Memórias

Resumo

Quando retornei à atual Faculdade de Educação da USP, em 1997, depois de mais de três décadas do término de minha licenciatura em Pedagogia e me dirigi à ampla escada do bloco B que leva do térreo ao primeiro andar, não suspeitava que uma profusão de lembranças me viria à mente. A cada degrau, eu vislumbrava, como em um rápido filme, cenas dos quatro anos passados naquele edifício em que obtive minha primeira formação universitária. Sob forma de impressões fugidias, ocorreram-me imagens e sons relacionados à vida acadêmica, aos professores de várias disciplinas e aos colegas que eu aí encontrei, alguns dos quais se tornaram amigos que me acompanham até o presente. Foi como voltar aos anos da juventude, no início de 1963, quando ali estive, pela primeira vez, para prestar o vestibular que me abriu as portas da Faculdade e onde passaria os anos seguintes.  Consciente de não ser “nem totalmente a mesma, nem totalmente uma outra”[1] dos idos tempos, fui tomada por forte emoção que se expandiu ao avistar, já no andar superior, meu prezado Professor Celso Beisiegel que declinou o meu nome e acrescentou que, por um documento da Faculdade, tomara conhecimento que eu lá estaria naquela data

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luci Banks-Leite, Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Brasil

Livre-docente em Psicologia Educacional, Professora colaboradora da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas. Bacharel e licenciatura em Pedagogia (Universidade de São Paulo). Formada em Psicologia (Université de Genève), Mestre em Psychologie Génétique et Expérimentale (Université de Genève), D.E.A. en Sciences du Langage (Ecole de Hautes Etudes en Sciences Sociales), Doutora em Linguística (Universidade Estadual de Campinas). Estágios de pós-doutorado (CAPES/MEC) nas Universidades de Paris V e de Paris XIII.Atua na área de Educação com ênfase em Psicologia;realiza pesquisas nos seguintes campos: desenvolvimento humano, linguagem-discurso e argumentação-conhecimento-escola. Fonte: Currículo Lattes.

Referências

AEBLI, Hans. Didactique psychologique, Neuchâtel: Delachaux & Niestlé, 1951

BEISIEGEL, Celso. Origens das orientações da pesquisa educacional na Faculdade de Educação da USP. Educação e Pesquisa (USP), São Paulo, vl. 29, n.2., 2004, p. 357-364.

BORGES, Jorge Luis. Epilogue. In: Le goût de Genève. Paris: Mercure de France, 2006, p.109.

PROFESSORA MARIA JOSÉ GARCIA WEREBE in Memoriam. Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 131, 2007, p. 273-280.

WEREBE, Maria José Garcia. Grandezas e Misérias do ensino no Brasil (1963). São Paulo: Difusão Europeia do Livro, 1963.

Downloads

Publicado

2021-12-28

Como Citar

BANKS-LEITE, L. . O curso de Pedagogia na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP: notas de uma ex-aluna. RIDPHE_R Revista Iberoamericana do Patrimônio Histórico-Educativo, Campinas, SP, v. 7, n. 00, p. e021025, 2021. DOI: 10.20888/ridpher.v7i00.16027. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ridphe/article/view/16027. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

DOCUMENTO/DOSSIÊ