Banner Portal
Áudio-arte de estúdio, música montável e discursividade
PDF

Palavras-chave

Áudio-arte de estúdio
Música de montagem
Música popular
Sonoridade
Álbum Minas (1975)

Como Citar

PEREIRA, Esdras Garcia; BARSALINI, Leandro. Áudio-arte de estúdio, música montável e discursividade : proposições para se pensar a sonoridade de um disco. Música Popular em Revista, Campinas, SP, v. 9, n. 00, p. e022001, 2022. DOI: 10.20396/muspop.v9i00.15958. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/muspop/article/view/15958. Acesso em: 22 maio. 2024.

Resumo

O artigo tem por proposição apresentar possíveis caminhos metodológicos para a análise de música popular gravada, levando em conta seu caráter transdisciplinar. Partiremos da noção de “áudio-arte de estúdio”, proposta por Turino (2008), e do conceito de “música montável”, trabalhado por Molina (2017), pensando possíveis aproximações teóricas e metodológicas entre tais autores. Ademais, partimos de uma noção do materialismo-histórico e de um entendimento discursivo diante da materialidade musical (MARX, 2011; ALTHUSSER, 1970; ORLANDI, 2001). Assim, consideramos as condições de produção materiais e históricas de um fonograma enquanto interferentes necessários na produção de sentido de uma sonoridade. Por fim, levantaremos percursos que possam ser adotados em análises que se proponham a delinear a sonoridade de um fonograma em um sentido amplo e multifacetado, exemplificando tal proposta analítica a partir do disco Minas (1975), de Milton Nascimento, entendido aqui como uma obra resultante do Clube da Esquina.

https://doi.org/10.20396/muspop.v9i00.15958
PDF

Referências

ADORNO, Theodor. O fetichismo na música e a regressão da audição. In: Os Pensadores: Benjamim, Habermas, Horkheimer, Adorno. 2 Ed. São Paulo: Abril, 1983a, p.165-191

ADORNO, Theodor. Ideias para a sociologia da música. In: Os Pensadores: Benjamim, Habermas, Horkheimer, Adorno. 2 Ed. São Paulo: Abril, 1983b, p.259-268

ALTHUSSER, Louis. Ideologia e aparelhos ideológicos do estado. Lisboa: Editorial Presença, 1970

BAIA, Silvano Fernandes. A historiografia da música popular no Brasil (1971-1999). Tese (doutorado em História Social) – Departamento de História, FFLCH, Usp, São Paulo, 2011. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-14022011-115953/publico/2010_SilvanoFernadesBaia.pdf. Acesso em 13 mar. 2022

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. Porto Alegre: L&PM Pocket, 2020

COAN, Emerson Ike. Quatro décadas de “Minas” e “Geraes”. A dimensão política da obra de Milton Nascimento. Sociedade e Cultura, Goiânia, v. 18, n. 2, p. 163-176, jul/dez. 2015. Disponível em: https://doi.org/10.5216/sec.v18i2.42382. Acesso em 06 dez. 2020

DINIZ, Sheyla Castro. “Nuvem Cigana”: a trajetória do Clube da Esquina no campo da MPB. Dissertação (mestrado em Sociologia) – Departamento de Sociologia, IFCH, Unicamp, Campinas, 2012. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/jspui/bitstream/REPOSIP/278903/1/Diniz_SheylaCastro_M.pdf. Acesso em 06 dez. 2020

DINIZ, Sheyla Castro. “... De tudo o que a gente sonhou”: amigos e canções do Clube da Esquina. Ed. 1. São Paulo: Intermeios, Fapesp, 2017

FAVERY, Gilberto Alves. O idiomatismo musical de Dom Um Romão: um dos alicerces da linguagem do sambajazz na bateria. Dissertação (mestrado em Música) - Departamento de Música, IA, Unicamp, Campinas, 2018

GARCIA, Walter. Elementos para a crítica da estética do Racionais MC’s (1990-2006). Ideias, n.7, nova série, 2º semestre, Campinas, 2013

GIMENES, Marcelo. Aspectos estilísticos do jazz através da identificação de estruturas verticais encontradas na obra de Bill Evans. Dissertação (mestrado em Artes) - Departamento de Música, IA, Unicamp, Campinas, 2003

HAROCHE, Claudine; PÊCHEUX, Michel; HENRY, Paul. A semântica e o corte saussuriano: língua, linguagem, discurso. [S.I]: [s.n], 1971. Disponível em: https://www.marxists.org/portugues/pecheux/1971/mes/semantica.htm. Acesso em 21 out. 2021

MARX, Karl. O 18 de brumário de Luís Bonaparte. Brasil: Boitempo, 2011

MOLINA, Sérgio Augusto. Música de Montagem: a composição de música popular no pós-1967. 1. Ed. São Paulo: É Realizações, 2017

MORIN, Edgar. On ne connaît pas la chanson. Communications, 6, 1965. Chansons et disques. p. 1-9. Disponível em: https://doi.org/10.3406/comm.1965.1064. Acesso em 10 mar. 2022

NUNES, Thais dos Guimarães Alvim. A sonoridade específica do Clube da Esquina. 2005. Dissertação (mestrado em Música) – Departamento de Música, IA, Unicamp, Campinas, 2011

ORLANDI, Eni. Análise de Discurso: Princípios e Procedimentos. Campinas, SP, Pontes Editores, 2001

RUIZ, Teo. Autoprodução Musical. Ed. 1. Brasil: Iluminuras, 2016

TAGG, Philip. Analisando a música popular: teoria, método e prática. Em Pauta, v. 14, n.23, dezembro, 2013

TATIT, Luiz. A canção, eficácia e encanto. São Paulo: Atual, 1986

TATIT, Luiz. O Cancionista: composição de canções no Brasil. São Paulo: EDUSP, 2002

TATIT, Luiz. Estimar Canções: estimativas íntimas na formação do sentido. Cotia: Ateliê Editorial, 2016

TURINO, Thomas. Music as social life: the politics of participation. EUA: University of Chicago Press, 2008

VILELA, Ivan. Nada ficou como antes. Revista USP, São Paulo, n.87, p.14-27, set/ou/nov. 2010. Disponível em: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i87p14-27. Acesso em 06 dez. 2020

VITENTI, Ada. Uma Certa Musicalidade nas Esquinas de Minas (1960-1670). Dissertação (mestrado em História) – Universidade de Brasília, Brasília, 2010. Disponível em: https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/9252/1/2010_AdaDiasPintoVitenti.pdf. Acesso em 06 dez. 2020

WISNIK, José Miguel. O som e o sentido: uma outra história das músicas. São Paulo: Companhia das Letras, 1999

Referências discográficas

AMOR DE ÍNDIO. Beto Guedes. Brasil: EMI Records Brasil Ltda, Universal Music International, 1978

CLUBE DA ESQUINA. Milton Nascimento e Lô Borges. Brasil: EMI Records Brasil Ltda, 1972

GERAES. Milton Nascimento. Brasil: EMI Records Brasil Ltda, 1976

MINAS. Milton Nascimento. Brasil: EMI Records Brasil Ltda, 1975

SGT. PEPPER’S LONELY HEARTS CLUB BAND. The Beatles. Inglaterra: Apple Corps Ltd, Calderstone Productions Limited, 1967

TERRA DOS PÁSSAROS. Toninho Horta. Brasil: Dubas Musica, 1979

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Esdras Garcia Pereira, Leandro Barsalini

Downloads

Não há dados estatísticos.