“Paixão e Fé”

estudo sobre o processo de significação na canção de Tavinho Moura e Fernando Brant

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/muspop.v8i00.15776

Palavras-chave:

Semiótica, Análise musical, Clube da Esquina, Música brasileira popular, Mineiridade

Resumo

O texto tem por objetivo trazer reflexões sobre os processos de construção de significados na canção “Paixão e Fé” a partir de uma análise semiótica. Tendo como base os estudos do musicólogo Philip Tagg (2012) pretende-se evidenciar a maneira como os códigos musicais e a letra atuam conjuntamente na elaboração de um artefato cultural multidimensional, a canção, que pode suscitar significados a partir da leitura do complexo que envolve a obra inserida em seu contexto histórico, social e cultural específicos. O fonograma de 1978, gravado no álbum Clube da Esquina 2, de Milton Nascimento, é confrontado com outras músicas pertencentes ao mesmo cenário histórico e musical de modo a permitir a verificação do modo como compositores, arranjadores e intérpretes atuantes no campo da música brasileira popular produzida em Minas Gerais mobilizaram aspectos da cultura regional em seus trabalhos, notadamente a religiosidade católica, de modo a representar traços de uma identidade cultural na canção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Menezes Lovisi, Universidade Federal de Uberlândia

Doutor em Música pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor do Curso de Música da Universidade Federal de Uberlândia.

Referências

A IGREJA MAJESTOSA. Intérprete: Wagner Tiso. Compositores: Wagner Tiso e Nivaldo Ornelas. In: WAGNER TISO. Intérprete: Wagner Tiso. Brasil: EMI, 1978, 1 LP.

ARRUDA, Maria Arminda do Nascimento. Mitologia da Mineiridade: o imaginário mineiro na vida política e cultural do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1999.

BUZATTI, Lucas. Audiovisual histórico de José Luiz Pederneiras e Tavinho Moura, “Paixão e Fé” ganha exibição. Jornal Hoje em Dia, Belo Horizonte, 05 mar. 2018. Disponível em: https://www.hojeemdia.com.br/almanaque/audiovisual-histórico-de-josé-luiz-pederneiras-e-tavinho-moura-paixão-e-fé-ganha-exibição-1.602981. Acesso em: 01 jul. 2021.

NAPOLITANO, Marcos. O fonograma como fonte para a pesquisa histórica sobre música popular – problemas e perspectivas. In: XIV CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓSGRADUAÇÃO EM MÚSICA, 2003, Porto Alegre. Anais...Porto Alegre: [s.n.], 2003, p. 841–844.

NASCIMENTO, Hermilson Garcia do. Recriaturas de Cyro Pereira: arranjo e interpoética na música popular. Tese de Doutorado em Música - Instituto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2011.

PAIXÃO E FÉ. Intérprete: Milton Nascimento. Compositores: Tavinho Moura e Fernando Brant. In: CLUBE DA ESQUINA 1 E 2. Intérprete: Milton Nascimento. Brasil: EMI-ODEON, 2007, 2 CDs.

PEDRA E PAIXÃO. Intérprete: Túlio Mourão. Compositor: Túlio Mourão: In: TRILHOS. Intérprete: Túlio Mourão. Brasil: Philips, 1980, 1 LP.

PILAR. Intérprete: Toninho Horta. Compositor: Toninho Horta. In: DIAMOND LAND. Intérprete: Toninho Horta. Estados Unidos: Verve/Polygram Records, 1988, 1 LP.

REIS, Liana Maria. Mineiridade: identidade regional e ideologia. Cadernos de História. Belo Horizonte, v.9, n.11, p.89-97, 1 sem. 2007.

TAGG, Philip. Analisando a música popular: teoria, método e prática. Tradução: Martha Ulhôa. Em Pauta, Porto Alegre, v. 14, n. 23, p. 5–41, dez. 2003.

TAGG, Philip. Music’s Meanings: a modern musicology for non‐musos. New York & Huddersfield: The Mass Media Music Scholars’ Press, 2012.

ULHÔA, Martha. A análise da Música Brasileira Popular. Cadernos do Colóquio. Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 61-68, abr. 1999.

ZAMPRONHA, Edson. Transferência: o que é, e o que oferece à música. Revista Música Hodie, Goiânia, v. 13, n. 1, p. 8–18, 2013.

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

LOVISI, D. M. “Paixão e Fé”: estudo sobre o processo de significação na canção de Tavinho Moura e Fernando Brant. Música Popular em Revista, Campinas, SP, v. 8, n. 00, p. e021010, 2021. DOI: 10.20396/muspop.v8i00.15776. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/muspop/article/view/15776. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos temáticos