A contribuição interpretativa de Paulo Moura em “Tarde de chuva”

Autores

  • Daniela Spielmann Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca

DOI:

https://doi.org/10.20396/muspop.v7i00.14225

Palavras-chave:

Música instrumental brasileira, Samba-choro, Paulo Moura

Resumo

Este artigo apresenta um estudo sobre performance musical a partir da análise de seis versões de “Tarde de chuva”, composta e interpretada por Paulo Moura. Tem como objetivo sistematizar aspectos estilísticos da sua interpretação provenientes do choro, do samba, da gafieira e do jazz, além de contribuir para ampliar o conhecimento sobre o legado do artista. A metodologia do trabalho englobou análise musical e entrevistas com audições comentadas por Paulo Moura. A trajetória de Moura foi construída espelhada em sua discografia, contextualizando “Tarde de chuva”. A análise musical incluiu a investigação de cada fonograma em articulação com a partitura cedida por Moura para a pesquisa. São feitas considerações sobre o caráter de cada versão incluindo instrumentação, harmonia, melodia, ritmo e interpretação. “Tarde de chuva” foi reelaborada em diversas situações, com músicos e formações instrumentais muito contrastantes, sintetizando a trajetória eclética e a busca de novos caminhos estéticos feitas por Paulo Moura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Spielmann, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca

Doutora em Musicologia pela UNIRIO. Professora do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, do Rio de Janeiro.

Referências

ADLER, Samuel. The Study of Orchestration. 3. ed. New York, NY: Norton, 2002.

AEBERSOLD, Jamey. The II-V-I progression. Vol. 16. New York, NY: Jamey Aebersold Jazz Inc, 2000.

AEBERSOLD, Jamey. The blues scale. Vol. 42. New York, NY: Jamey Aebersold Jazz Inc, 1988.

ALMADA, Carlos. A estrutura do choro. Da Fonseca Comunicação, 2006.

ALVES, Kleber. Paulo Moura e a Bossa Nova Instrumental. Análises e reflexões sobre práticas interpretativas e arranjos (1968-1969). 2019. Tese (Doutorado em Musicologia) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2019.

CAZES, Henrique. Choro: do quintal ao Municipal. 3. ed. São Paulo: Editora 34, 1997.

FABRIS, Bernardo Vescosi; BORÉM, Fausto. Catita na leadsheet de K-Ximbinho e na interpretação de Zé Bodega: aspectos da hibridação do choro e do jazz. Per Musi, Revista Acadêmica de música, Belo Horizonte, n. 13, 2006.

FABRIS, Bernardo Vescosi; BRAGA, Luiz Otávio Rendeiro Corrêa. Da articulação no saxofone aplicada à música instrumental na interpretação de Nivaldo Ornelas. XXIII Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música – Natal – 2013

FREITAS, Sérgio Paulo Ribeiro. A memória e o valor da síncope: da diferença do que ensinam os antigos e os modernos. Per Musi, Belo Horizonte, n.22, 2010.

LIMA, Sonia Albano de. (org.) Performance & interpretação musical: uma prática interdisciplinar. São Paulo: Musa Editora 2006.

KORMAN, Cliff Hill. Paulo Moura’ s Hepteto and Quarteto: ‘Sambajazz’ as ‘Brazilogical popular instrumental improvised music’. Jazz Research Journal, v. 10, n. 1-2, 2016.

FRANÇA, Gabriel Muniz Improta. Sambajazz em Movimento: o percurso dos músicos no Rio de Janeiro, entre fins dos anos 1950 e início dos anos 1960. 2015. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Departamento de Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.

LIEBMAN, David. Developing a Personal Saxophone Sound. Dorn Publications Inc., 1994.

LIMA, Sonia Albano de; APRO, Flávio; CARVALHO, Márcio. Performance, prática e interpretação musical. In: LIMA, Sonia Albano de (ed.) Performance & interpretação musical: uma prática interdisciplinar. São Paulo: Musa Editora, 2006.

LIMA, Sonia Albano de. O virtual e o real da interpretação musical. In: LIMA, Sonia Albano de. Performance & interpretação musical: uma prática interdisciplinar. São Paulo: Musa Editora, 2006.

ROOKSBY, Rikky. Riffs: How to Create and Play Great Guitar Riffs. Londres: A Backbeat Book, 2010.

SÁ, Paulo Henrique Loureiro de. Receita de choro ao molho de bandolim: uma reflexão acerca do choro e a sua forma de criação. 1999. Dissertação (Mestrado em Música) – Conservatório Brasileiro de Música, Rio de Janeiro, 1999.

SALEK, Eliane Correa. A flexibilidade ritmico-melódica na interpretação do choro. 1999. Dissertação (Mestrado) – Centro de Letras e Artes da Universidade do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1999.

SÈVE, Mário Vocabulário do choro. Estudos & Composições. Rio de Janeiro: Lumiar Editora, 1999.

SÈVE, Mário; SOUZA, Rogério. Songbook do choro Vol. 1. Rio de Janeiro: Lumiar Editora, 2007.

SCHLUETER, Charles. Zen and Art of the Trumpet: a concept. Boston, 1996.

SIMÕES, Naílson. A Escola de Trompete de Boston e sua influência no Brasil. Debates - Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Música, Rio de Janeiro, Centro de Letras e Artes da Universidade do Rio de Janeiro, vol. 5., 2001.

SPIELMANN, Daniela. Tarde de chuva: a contribuição interpretativa de Paulo Moura para o saxofone no samba-choro e na gafieira, a partir da década de 70. 2008. Dissertação (Mestrado em Música) –Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008.

SPIELMANN, Daniela. Bailes de gafieira- Repertórios em movimento. 2017. Tese (Doutorado em Música) - Programa de Pós-Graduação em Música, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, 2017.

ULHOA, Martha Tupinambá de. Métrica derramada: prosódia musical na canção brasileira popular. Brasiliana, v. 2, p. 48-56, 1999.

VASCONCELOS, Ary. Carinhoso etc. tal, - História e Inventário do Choro. Rio de Janeiro: Gráfica, Ed. do livro, 1984.

Discografia

MOURA, Paulo. Moto Perpétuo. Columbia, 1956. 78 rpm.

MOURA, Paulo. Paulo Moura interpreta Radamés Gnattali. Rio de Janeiro, [Continental LPP 3078], 1959. LP/CD

MOURA, Paulo. Hepteto Mensagem. Rio de Janeiro, [Equipe EQC 6001]. 1968. LP. CD, Novo Esquema (1997) / CD, Atração Fonográfica (2007)

MOURA, Paulo. Quarteto, Rio de Janeiro, [Equipe EQC 6003], 1969. LP. CD, Atração Fonográfica/2007.

MACHADO, Edson. Samba Novo [CBS 37337]. Rio de Janeiro,1964. LP.

MOURA, Paulo. Confusão Urbana, Suburbana e Rural. Rio de Janeiro. [RCA Victor 103.0168], 1976. LP/CD

MOURA, Paulo. Mistura e Manda. Rio de Janeiro. [Kuarup KCD 017], 1984. LP/CD

MOURA, Paulo. Brasil Instrumental. Rio de Janeiro [KUARUP KLP-KM-5], 1985. LP/CD

MOURA, Paulo. Paulo Moura - Une Infinie Musique. [Eclats Noirs du Samba AA000200]. Paris, França, 1987. DVD

MOURA, Paulo RABELLO, Raphael. Dois Irmãos. [Caju Music - 517 259-2]. Rio de Janeiro, 1992. CD

MOURA, Paulo. Rio Nocturnes. [Messidor Continental - CD 3.35.800.043]. Alemanha, 1982. s.). CD.

MOURA, Paulo.Instrumental no CCBB - Paulo Moura e Nivaldo Ornellas”. [TBCCBB 65916182]. Rio de Janeiro, 1993. CD.

MOURA, Paulo e KORMAN, Cliff Korman “Mood Ingênuo - Pixinguinha Meets Duke Ellington” [JZ1137 DIDX 27293]. Genova, Itália, 1999. CD.

Entrevista

MOURA, Paulo. Entrevistas concedida à Daniela Spielmann. Rio de Janeiro, 2006, 2007, 2008.

SÈVE LOPES, Mário Wanderley. Entrevista concedida a Daniela Spielmann. Rio de Janeiro. Fevereiro, 2008.

VILA BAHIA, Márcio. Entrevista concedida a Daniela Spielmann.Rio de Janeiro. Agosto, 2007.

Sites consultados

www.institutopaulomoura.com - acesso em 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-28

Como Citar

SPIELMANN, D. A contribuição interpretativa de Paulo Moura em “Tarde de chuva”. Música Popular em Revista, Campinas, SP, v. 7, n. 00, p. e020011, 2020. DOI: 10.20396/muspop.v7i00.14225. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/muspop/article/view/14225. Acesso em: 4 mar. 2021.

Edição

Seção

Artigos temáticos