Proposta de sequência didática utilizando a metodologia da sala de aula invertida

Autores

  • Andréia Costa Figueiredo Souza Faculdade Paulista
  • Laura Fontana Novo Universidade Estadual de Campinas
  • Maria Cristiani Gonçalves Silva Universidade Estadual de Campinas
  • Mariana Bastos Souza

Palavras-chave:

Educação, Metodologia, Sala de aula

Resumo

A disseminação do uso de tecnologias tem gerado transformações importantes no âmbito da educação. Com a pandemia do novo coronavírus, toda a organização da educação teve que ser adequada a um contexto digital e, inesperadamente, todos tivemos que aprender a lidar com as novidades, criando novas possibilidades para o “ser” professor e estudante. Cada um com suas dificuldades diante desse “boom” pandêmico-tecnológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréia Costa Figueiredo Souza , Faculdade Paulista

Graduação em Pedagogia- Licenciatura pela Faculdade Paulista.

Laura Fontana Novo , Universidade Estadual de Campinas

Graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Campinas.

Maria Cristiani Gonçalves Silva , Universidade Estadual de Campinas

Doutorado em Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas.

Referências

BASTOS, C. C. Metodologias Ativas. 2006.

BERBEL, Neusi A. N. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Seminário: Ciências Sociais e Humanas, v. 32, n.1, p. 25-40, 2011.

Freire, Paulo. Educação como prática de liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1975.

Freire, Paulo . Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1975.

Freire, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz & Terra, 1999.

TORRES, Patrícia Lupion. Laboratório on-line de aprendizagem: uma experiência de aprendizagem colaborativa por meio do ambiente virtual de aprendizagem. Eureka@Kids. Cad.

CEDES, Campinas , v. 27, n. 73, p. 335-352, Dec. 2007 .

BRASIL. Constituição Federal de 5 de outubro de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/c onstituição.htm .

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNC C_20dez_site.pdf.

MENDONÇA, Bruno . Como funciona a sala de aula invertida? disponível em: https://www.edools.com/sala-de-aula-invertida/

SÃO PAULO. Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Sala de Aula Invertida: estratégia usa tecnología para acelerar aprendizado. Disponível em: https://www.educacao.sp.gov.br/noticia/professores-e-funcionarios/sala-de-aula-invertida-estr ategia-usa-tecnologia-para-acelerar-aprendizado/ KHAN, Salman. Um mundo, uma escola: a educação reinventada. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2013.

SASSAKI, Claudio. O que muda nas aulas quando se aplica a sala de aula invertida? disponível em: https://novaescola.org.br/conteudo/3376/blog-tecnologia-educacao-comofunciona-sala-de-au la-invertida.

PARDINI, Paulo. Planetologia Comparada: conheça essa fascinante área da ciência espacial. Disponivel em: https://www.minasjr.com.br/planetologia-comparada/.

OLIMPIA, Thamires. Astronomia. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/astronomia.htm.

Downloads

Publicado

2021-03-25

Como Citar

SOUZA , A. C. F. .; NOVO , L. F.; SILVA , M. C. G. .; SOUZA, M. B. . Proposta de sequência didática utilizando a metodologia da sala de aula invertida. Revista InovaEduc, Campinas, SP, n. 6, p. 1–25, 2021. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/inovaeduc/article/view/15326. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos