Experimentação científica

desafios para o ensino de ciências em uma escola pública de ensino fundamental da cidade de Cametá-PA

Autores

  • Ana Cláudia Lisboa dos Santos Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Jonas do Carmo Pereira Júnior Universidade Federal do Pará (UFPA)

Palavras-chave:

Ensino, Ciências, Experimentação

Resumo

O referido trabalho trata-se de um relato de experiência docente realizada em uma escola pública da cidade de Cametá no estado do Pará, com alunos do 9º ano do ensino fundamental em um período de três meses abordando o processo de ensino-aprendizagem com a experimentação em sala de aula. O objetivo desse relato é trazer a experiência adquirida de sala de aula da discente enquanto bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), além de apresentar novas metodologias de ensino, por meio da experimentação, fazendo uso de materiais alternativos e de fácil acesso. A forma de avaliação ocorreu através de atividade e da exposição de experimentos durante uma aula de extensão. Em relação aos resultados, foi observado a evolução dos alunos, se comparar os resultados da atividade obtidos, antes e depois da realização da prática. Podendo observar a importância das novas práticas para o ensino de ciências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, A. R. JESUS, J. A. A Utilização De Materiais Alternativos Em Experimentos Práticos De Química E Sua Relação Com O Cotidiano. 2009. Disponível em: http://www.annq.org/congresso2009/trabalhos/pdf/T77.pdf. Acesso em: fev. 2019.

BIZZO, N. Ciências: fácil ou difícil? 1. ed. São Paulo: Biruta, 2009.

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: ciências naturais. Brasília: MEC/SEF, 1998.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 40 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 2005.

GIORDAN, M. O papel da experimentação no ensino de ciências. Experimentação em Ensino de Ciências, 1999.

GIORDAN, M. Experimentação por simulação. Textos LAPEQ. São Paulo: EDUSP, n. 8. 2003.

GOMES, A. P. O pensamento prático do professor: a formação do professor como professor reflexivo. In: Nóvoa, António: Os professores e a sua formação. Portugal: Porto, 1997. p. 95-114.

JANUÁRIO, G. O Estagio supervisionado e suas contribuições para a prática pedagógica do professor. In: Seminário de História e Investigações de/em aulas de matemática, 2, 2008, Campinas. Anais: II SHIAM. Campinas: GPS/FE - Unicamp; 2008. V. Único. p. 1-8.

MOREIRA, M. A. O que é a final aprendizagem significativa? Qurriculum, La Laguna, v. 25, p. 29-56, 2012.

PARANÁ. Governo do Estado. Secretaria Estadual de Educação. Diretrizes Curriculares de Ciências para o Ensino Fundamental. Curitiba: Secretaria de Estado da Educação, 2007.

PEREIRA, A. et. al. Uso de Materiais Alternativos em Aulas Experimentais de Química. 2013. Disponível em: http://www.abq.org.br/cbq/2013/trabalhos/14/3127- 16955.html . Acesso em: set. 2018.

PIMENTA, S. G. (ORG). O estágio na formação de professores. São Paulo: Cortez, 1997.

SERAFIM, M. C. A Falácia da Dicotomia Teoria-Prática Rev. Espaço Acadêmico, 7. Disponível em: www.espaçoacademico.com.br. Acesso em: out. 2018

SEVERINO, A. Educação, sujeito e história. São Paulo: Olho d'Água, 2002.

WILMO, E. F. J.; FERREIRA, L. H.; HARTWIG, D. R. Experimentação Problematizadora: Fundamentos Teóricos e Práticos para a Aplicação em Salas de Aulas de Ciências. 13/10/2008. Química Nova Na Escola, n. 30, nov. 2008.

Downloads

Publicado

2019-06-02

Como Citar

DOS SANTOS, A. C. L. .; JÚNIOR, J. do C. P. . Experimentação científica: desafios para o ensino de ciências em uma escola pública de ensino fundamental da cidade de Cametá-PA. Ciências em Foco, Campinas, SP, v. 12, n. 1, 2019. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/9893. Acesso em: 1 out. 2022.

Edição

Seção

Identidade, Formação e Atuação de professores de ciências