Banner Portal
A constituição do “ser professor” de ciências em produções narrativas de licenciandos
PDF

Palavras-chave

narrativas
estágio supervisionado
formação inicial de professores
ensino de ciências
desenvolvimento profissional docente

Como Citar

BAROLLI, Elisabeth; NETO, Alberto Lopo Montalvão; DO NASCIMENTO, Wilson Elmer. A constituição do “ser professor” de ciências em produções narrativas de licenciandos. Ciências em Foco, Campinas, SP, v. 16, n. 00, p. e023007, 2024. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/18649. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

O estágio supervisionado configura-se como um campo de conhecimentos, sendo um primeiro momento de reflexões e de formação docente. Neste estudo objetivamos interpretar experiências oriundas de um processo de formação inicial docente, a partir da análise qualitativa de narrativas produzidas durante uma disciplina de estágio supervisionado desenvolvida em 2019 em uma universidade pública e voltada à formação de professores de Ciências. A análise dessas produções discursivas inspirou-se em um esquema de oito dimensões que pressupõem a produção de saberes pelo diálogo com interlocutores que condicionam a atividade docente: a academia, a escola e a sociedade. Nossos resultados apontam para o uso de narrativas como uma estratégia potente para fomentar reflexões sobre o “ser professor” e a respeito dos fazeres docentes. Concluímos que, entre as oito dimensões, em suas reflexões os licenciandos filiam-se principalmente a três, a saber: “organização e condução do ensino”, “sustentação da aprendizagem dos alunos” e “atualização dos conhecimentos pedagógicos”.

PDF

Referências

AQUINO, Julio Groppa. A indisciplina e a escola atual. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, v. 24, p. 181-204, 1998.

BAROLLI, Elisabeth; NASCIMENTO, Wilson Elmer; MAIA, Juliana de Oliveira; VILLANI, Alberto. Desarrollo professional de professores de ciências: dimensiones de análisis. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias. v. 18, n. 1, p. 173-197, 2019.

BRASIL. Lei de diretrizes e bases da educação nacional: Edição atualizada até março de 2017. Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2017.

BOARINI, Maria Lucia. Indisciplina escolar: uma construção coletiva. Psicologia Escolar e Educacional, São Paulo, v. 17, p. 123-131, 2013.

COCHRAN-SMITH, Marilyn.; LYTLE, Susan Landy. Relationships of Knowledge and Practice: teacher learning in communities. Review of Research in Education, v. 24, p. 249–305, 1999.

DAY, Christopher. Desenvolvimento Profissional de Professores: os desafios da aprendizagem permanente. Porto: Porto Editora, 2001.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 25ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996. (Coleção Leitura).

GALVÃO, Cecília. Narrativas em educação. Ciência & Educação, Bauru v. 11, n. 2, p. 327-345, 2005.

MARCELO, Carlos. Formação de Professores para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

MINAYO, Maria Cecilia de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 12 ed. São Paulo: Hucitec, 2010. 407 p.

MIRANDA, Camila Lima; NASCIMENTO, Wilson Elmer. Narrativas autobiográficas: elementos para uma educação em direitos humanos. Revista Práxis Educacional, v. 16, n. 41, p. 412-430, 2020.

PERRENOUD, Philippe. Dez novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

PETRUCCI-ROSA, Maria Inês; RAMOS, Tacita Ansanello. Memórias e odores: experiências curriculares na formação docente. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 13, p. 565-575, 2008.

PONTE, João Pedro da. Estudos de caso em educação matemática. Bolema, Rio Claro, n. 25, p. 105-132, 2006.

RIBEIRO, Luis Távora Furtado; ARAÚJO, Osmar Hélio Alves. O estágio supervisionado: fios, desafios, movimentos e possibilidades de formação. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. 3, p. 1721-1735, 2017.

SILVA, Erivanildo Lopes da. Contextualização no ensino de química: ideias e proposições de um grupo de professores. Dissertação de mestrado. Instituto de Química da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2007.

SILVA, Haíla Ivanilda; GASPAR, Mônica. Estágio supervisionado: a relação teoria e prática reflexiva na formação de professores do curso de Licenciatura em Pedagogia. Revista brasileira de estudos pedagógicos, Brasília, v. 99, n. 251, p. 205-221, 2018.

VILLEGAS-REIMERS, Eleonora. Teacher professional development: an international review of the literature. Paris: International Institute for Educational Planning, 2003. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001330/133010e.pdf. Acesso em: 30 dez. 2023.

YIN, Robert. K. Case study research: design and methods. London: Sage Publications, 1984. 181p.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Ciências em Foco

Downloads

Não há dados estatísticos.