Quem foram as artistas do Juquery?
Capa por: Fanny Lopes, a partir de William Daniel, Self-Portrait, As Pedlar of Statues, 1850.  Organizadores: João Victor Batista, João Victor Rossetti Brancato, Ana Carolina Dias Florindo, Janaína da Silva Fonseca, Catherine Peggion Hergert, Letícia Asfora Falabella Leme, Fanny Tamisa Lopes, Fabriccio Miguel Novelli Duro, Fernando Pesce, Alysson Brenner Nogueira Pereira, Victoria Cristina Rozario Rodrigues.
PDF

Palavras-chave

Saúde mental
Osório Cesar
Mulheres nas artes
Museu de Arte Osório Cesar
Estudos de gênero

Como Citar

SILVA, Michelle Louise Guimarães da. Quem foram as artistas do Juquery? a participação das mulheres nos ateliês de arte do Hospital Psiquiátrico do Juquery. Encontro de História da Arte, Campinas, SP, n. 15, p. 676–690, 2021. DOI: 10.20396/eha.15.2021.4707. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/eha/article/view/4707. Acesso em: 15 abr. 2024.

Resumo

O médico e pioneiro na Arteterapia, Osório Cesar (1895 - 1979) afirmou que, nos contextos hospitalares, as obras de arte realizadas por pacientes mulheres eram escassas e  pouco imaginativas em comparação com as produzidas por homens.  Deste modo, o presente artigo investiga o  pensamento de Osório Cesar e as obras de Aurora Cursino dos Santos e Maria Aparecida Dias, artistas e pacientes do Juquery, para lançar luz sobre as produções artísticas das internas do Hospital Psiquiátrico do Juquery.

https://doi.org/10.20396/eha.15.2021.4707
PDF

Referências

CESAR, Osório. A expressão artística nos alienados (contribuição para o estudo dos symbolos na arte). São Paulo: Officinas Graphicas do Hospital de Juquery, 1929.

CESAR, Osório Paisagem Noturna. Arquivos do Depto. de Assistência a Psicopatas do Estado de São Paulo. 1972.

CUNHA, Maria Clementina Pereira. Loucura, gênero feminino: As mulheres do Juquery na São Paulo do início do século XX. In: Revista Brasileira de História, São Paulo: 1989.

FERRAZ, Maria Heloísa C. de T. Escola Livre de Artes Plásticas do Juqueri. Tese (Doutorado em Artes) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 1989.

KROMM, Jane E. The Feminilization of Madness in Visual Representation. Feminist Studies. Volume 20, número 3, Outono 1994, p. 507-535.

NOCHLIN, Linda. Por que não houve grandes mulheres artistas? São Paulo: Aurora, 2016.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Michelle Louise Guimarães da Silva

Downloads

Não há dados estatísticos.