Arte de rua em Salvador e institucionalização
Capa por: Fanny Lopes, a partir de William Daniel, Self-Portrait, As Pedlar of Statues, 1850.  Organizadores: João Victor Batista, João Victor Rossetti Brancato, Ana Carolina Dias Florindo, Janaína da Silva Fonseca, Catherine Peggion Hergert, Letícia Asfora Falabella Leme, Fanny Tamisa Lopes, Fabriccio Miguel Novelli Duro, Fernando Pesce, Alysson Brenner Nogueira Pereira, Victoria Cristina Rozario Rodrigues.
PDF

Palavras-chave

Arte de rua
Arte baiana
Anos 1970
Anos 1980
Legitimação

Como Citar

MIDLEJ, D. Arte de rua em Salvador e institucionalização. Encontro de História da Arte, Campinas, SP, n. 15, p. 382–392, 2021. DOI: 10.20396/eha.15.2021.4640. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/eha/article/view/4640. Acesso em: 22 fev. 2024.

Resumo

As relações da arte de rua com a institucionalização em Salvador são enfocadas por meio de exposições ao ar livre de 1955, arte em calçadões e performances promovidas no início dos anos 1980. Estas ações objetivaram estabelecer maior diálogo entre criação artística e espaço público, tendo em comum a vontade de tornar a arte mais próxima do cidadão dos centros urbanos. Contudo, divergiam nas intencionalidades, nas maneiras de encarar as problemáticas do espaço urbano e busca por legitimação.

https://doi.org/10.20396/eha.15.2021.4640
PDF

Referências

CONNOR, Steven. Cultura pós-moderna: introdução às teorias do contemporâneo. 6 ed. São Paulo: Edições Loyola, 2012.

CRAVO JÚNIOR, Mario. Cravo. [São Paulo]: Raízes Artes Gráficas, 1983.

FUNDAÇÃO BIENAL DE SÃO PAULO. Bienal 50 anos: 1951-2001. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, [2001].

MAGNAVITA, Pasqualino R. A arte de Juarez Paraiso: murais, pisos e tetos. In: PARAISO, Juarez. A obra de Juarez Paraiso. [Salvador]: Juarez Paraiso, 2006. p. 29-104.

MARIANO, Walter. Etsedron: o avesso do Nordeste. Revista da Bahia, Salvador, n. 40, p. 87-95, abril 2005.

MARIANO, Walter. Etsedron. 2007. 212 f. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) – Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia.

MIDLEJ, Dilson. O acervo do Museu de Arte Moderna da Bahia. Salvador, 2008. 60 f. Pesquisa desenvolvida para o Museu de Arte Moderna da Bahia. Não publicado.

SANTOS, José Mário P. Os artistas plásticos e a performance na cidade de

Salvador: um percurso histórico-performático. 2007. 285 f. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) – Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia.

SOUZA, Gabriel G. E. Estetização e conflito: reflexões sobre o urbano no Projeto Arte/Cidade. In: CARDOSO, Selma Passos; PINHEIRO, Eloísa Petti; CORRÊA, Elyane Lins (Org.). Arte e cidade: imagens, discursos e representações. Salvador: EDUFBA, 2008. p. 355-383.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Dilson Midlej

Downloads

Não há dados estatísticos.