As poéticas dos arquivos

as instalações de Voluspa Jarpa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/eha.15.2021.4638

Palavras-chave:

Voluspa Jarpa, Instalações, História, Ditaduras

Resumo

O artigo investiga as poéticas visuais que empreendem a leitura e a desconstrução dos arquivos oficiais a respeito das ditaduras latino-americanas nas criações da artista visual chilena Voluspa Jarpa. A artista realizou várias obras a partir dos documentos de arquivos sobre o Chile e outros países latino-americanos revelados pelos Estados Unidos; nessas criações, ela analisou o que fora apagado, censurado e rasurado, chamando atenção para a imagem resultante do documento que sofreu tais intervenções, ou seja, uma imagem que expressa tanto a “construção de visibilidades” quanto a eficácia poética e política dos usos do arquivo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ramsés Albertoni Barbosa, Universidade Federal de Juiz Fora

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Artes, Cultura e Linguagens da Universidade Federal de Juiz Fora.

Referências

JARPA, V. Historia, archivo e imagen: sobre la necesidad de simbolizar la historia. Contra Corriente, v. 12, n. 1, 2014, p. 14-29.

JARPA, V. Diálogos de la memoria. Archivos para La Paz. Seminario Internacional. Centro de Memoria Historia. Disponível em: http://centrodememoriahistorica.gov.co/descargas/dialogos-memoria/ponencias/011-VoluspaJarpa.pdf. Acesso em: 20 out. 2018.

Downloads

Publicado

2021-12-31

Como Citar

BARBOSA, R. A. As poéticas dos arquivos: as instalações de Voluspa Jarpa. Encontro de História da Arte, Campinas, SP, n. 15, p. 61–68, 2021. DOI: 10.20396/eha.15.2021.4638. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/eha/article/view/4638. Acesso em: 4 fev. 2023.