Fazer artístico e “crítica” da arte num episódio mítico (x 243-297) das metamorfoses ovidianas
PDF

Palavras-chave

Ovídio
Crítica de arte
Mítico

Como Citar

TREVIZAM, Matheus. Fazer artístico e “crítica” da arte num episódio mítico (x 243-297) das metamorfoses ovidianas. Encontro de História da Arte, Campinas, SP, n. 3, p. 655–663, 2007. DOI: 10.20396/eha.3.2007.3756. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/eha/article/view/3756. Acesso em: 22 maio. 2024.

Resumo

Nos últimos anos, tem-se com frequência ressaltado a importância de Ovídio, prolífico autor romano, como poeta a refletir sobre vários processos atinentes à criação artística. Enquanto autor culto e consciente das regras de seu fazer, ele não hesita em trazer à tona, de maneiras muitas vezes sutis, os bastidores ou as implicações da obra do artista no mundo, amiúde nos oferecendo boas chances de divisarmos passagens metapoéticas.

https://doi.org/10.20396/eha.3.2007.3756
PDF

Referências

CATULO. O livro de Catulo. Tradução, introdução e notas de J. A. Oliva Neto. São Paulo: Edusp, 1996.

GALINSKY, Karl. La poetologia de Ovídio en Las Metamorfosis. Trad. española de Maria Ennis, UNLP. In. www.utexas.edu/depts/classics/faculty/Galinsky/poetologia.html.

HOLZBERG, Niklas. Ovid: the poet and his work. Translated from the German by G. M. Goshgarian. Ithaca/ London: Cornell University Press, 2002.

HORÁCIO. Arte poética. Tradução de Jaime Bruna. São Paulo: Cultrix, 1997.

NATRIELLI, Adriana. A crítica do discurso poético na República de Platão. In: Martins, R. A.; Martins, L. A. C. P.; Silva, C.C.; Ferreira, J. M. H. (org.). Filosofia e história da ciência no Cone Sul: 3º. encontro. Campinas: AFHIC, 2004.

NERY, Maria Luiza; NOVAK, Maria da Gloria (org.). Poesia lírica latina. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

OVIDE. Les Métamorphoses. Texte établi et traduit par G. Lafaye. Paris: Les Belles Lettres, 1955. Tome II.

OVIDIO. L’arte di amare. A cura di E. Pianezzola. Milano: Lorenzo Valla/ Mondadori, s.d.

WOLF, Norbert. Velázquez. Trad. de Maria Eugénia Ribeiro da Fonseca. Köln: Benedikt Taschen Verlag, 2000.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2007 Matheus Trevizam

Downloads

Não há dados estatísticos.