Experimentalismo e estratégia
PDF

Palavras-chave

Exposições
Instituição
Estratégia cultural
Projeto Arte/Cidade

Como Citar

SOUZA , Gabriel Girnos Elias de. Experimentalismo e estratégia: o projeto arte / cidade e a Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. Encontro de História da Arte, Campinas, SP, n. 3, p. 622–632, 2007. DOI: 10.20396/eha.3.2007.3753. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/eha/article/view/3753. Acesso em: 22 maio. 2024.

Resumo

As relações entre a experimentação artística e os espaços e meios institucionais são permeadas por interesses, táticas, rupturas e alianças diversas, que variaram em forma e significado de acordo com o caso e situação histórica.

https://doi.org/10.20396/eha.3.2007.3753
PDF

Referências

BUENO, Maria Lúcia. Artes plásticas no século XX: modernidade e globalização. Campinas: Editora da Unicamp, 1999.

FARIAS, Agnaldo A. C. Arte/Cidade. In SECSP. Cidade sem Janelas. São Paulo: Marca D’água, 1994.

KWON, Miwon. One place after another: site-specific art and locational identity. Cambridge: The MIT Press, 2002.

PEIXOTO, Nelson Brissac. Intervenções Urbanas: Arte/Cidade. São Paulo: Editora SENAC São Paulo, 2002.

SECSP (Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo). Cidade sem Janelas. São Paulo: Marca D’água, 1994.

SECSP. A Cidade e seus Fluxos. São Paulo: Marca D’água, 1994-2.

SILVA, Fernando de Barros e. "Brissac faz mapeamento da metrópole". Folha de São Paulo, São Paulo, 25/11/1995.

SOUZA, Gabriel G. E. de. Percepções e Intervenções na Metrópole: a experiência do Projeto Arte/Cidade em São Paulo (1994-2002). Dissertação de Mestrado. São Carlos: EESC-USP, 2006.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2007 Gabriel Girnos Elias de Souza

Downloads

Não há dados estatísticos.