A modernidade em construção políticas públicas para música e produção musical em Curitiba
PDF

Palavras-chave

Música
Curitiba
Modernidade
Políticas públicas

Como Citar

MORAES , Ulisses Quadros de. A modernidade em construção políticas públicas para música e produção musical em Curitiba: 1971 a 1983. Encontro de História da Arte, Campinas, SP, n. 3, p. 459–468, 2007. DOI: 10.20396/eha.3.2007.3732. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/eha/article/view/3732. Acesso em: 22 maio. 2024.

Resumo

No presente artigo, discuto uma questão que me parece central para a compreensão do alcance das ações artísticas curitibanas no período de 1971 a 1983.

https://doi.org/10.20396/eha.3.2007.3732
PDF

Referências

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Ed. Perspectiva, 2005.

BOURDIEU, Pierre. As regras da arte. São Paulo: Ed. Schwarcz, 2002.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

BOURDIEU, Pierre. Razões Práticas: sobre a teoria da ação. Campinas (SP): Papirus Editora, 2005.

CHARTIER, Roger. Pierre Bourdieu e a história – debate com José Sérgio Leite Lopes. Palestra proferida na UFRJ, Rio de Janeiro, 30 abril 2002.

FAVARETTO, Celso. Tropicália Alegoria Alegria. Cotia (SP): Ateliê Editorial, 2000.

FIGUEIREDO, Anna Cristina C. Moraes. Liberdade é uma calça velha, azul e desbotada: publicidade, cultura de consumo e comportamento político no Brasil – 1954-1964. São Paulo: HUCITEC, 1998.

KELLER, Douglas. A cultura da mídia. Bauru: EDUSC, 2001.

MELLO, Zuza Homem de. A era dos festivais – uma parábola. São Paulo: Editora 34, 2003.

MOTTA, Nelson. Noites tropicais – solos, improvisos e memórias musicais. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2000.

NAPOLITANO, Marcos. Cultura e poder no Brasil contemporâneo. Curitiba: Juruá Editora, 2005.

NAPOLITANO, Marcos. História e música. Belo Horizonte: Ed. Autêntica, 2002.

NAPOLITANO, Marcos. O Conceito de “MPB” nos anos 60. In: MPB. História: Questões e Debates, n° 31. Curitiba:

Editora UFPR, 2000. p. 11-30.

NAPOLITANO, Marcos. Seguindo a canção – engajamento político e indústria cultural na MPB (1959 – 1969). São Paulo: ANNABLUME, 2001.

OLIVEIRA, Dennison. Curitiba e o mito da cidade modelo. Curitiba: Editora UFPR, 2000.

ORTIZ, Renato. A Moderna Tradição Brasileira. São Paulo: Ed. Brasiliense, 2001.

ORTIZ, Renato (org.). A Sociologia de Pierre Bourdieu. São Paulo: Editora Olho D`água , 2005.

SANDMANN, M. Algumas canções em Curitiba. In: Revista Letras, nº 45, Curitiba, Editora da UFPR, 1996.

SANDMANN, M. Lá vai fandango com tamanco meu sinhô. In: ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ETNOMUSICOLOGIA – ABET, 1, 2002, Recife.

TATIT, Luiz. O cancionista – composição de canções no Brasil. São Paulo: EDUSP, 2002.

VAZ, Toninho. Paulo Leminski – o bandido que sabia latim. São Paulo: Record, 2005.

VELOSO, Caetano. Verdade tropical. São Paulo: Companhia das letras, 2004.

WARNIER, Jean-Pierre. A mundialização da cultura. Bauru: EDUSC, 2000.

WISNIK, José Miguel. O som e o sentido – uma outra história das músicas. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2007 Ulisses Quadros de Moraes

Downloads

Não há dados estatísticos.