Banner Portal
As relações entre a antropologia e os arquivos vista através do fundo Roberto Cardoso de Oliveira
PDF

Palavras-chave

Arquivos
Roberto Cardoso de Oliveira
História da antropologia no Brasil

Como Citar

SERAFIM, Amanda Gonçalves. As relações entre a antropologia e os arquivos vista através do fundo Roberto Cardoso de Oliveira. Tematicas, Campinas, SP, v. 31, n. 61, p. 116–146, 2023. DOI: 10.20396/tematicas.v31i61.17359. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tematicas/article/view/17359. Acesso em: 30 maio. 2024.

Dados de financiamento

Resumo

Roberto Cardoso de Oliveira (1928-2006) foi um importante antropólogo brasileiro e atuou em diferentes universidade e instituições no país e no exterior. Ainda que grande parte de seu currículo e de suas pesquisas sejam de amplo conhecimento na história da antropologia brasileira, seu acervo documental foi pouco explorado. O fundo Roberto Cardoso de Oliveira, atualmente depositado no Arquivo Edgard Leuenroth (AEL), localizado na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), foi doado pelo antropólogo na década de 1980, abriga um grande volume documental que recobre a maior parte da trajetória de seu titular, e também muitos capítulos da história da disciplina no Brasil. O presente artigo tem como objetivo tensionar esse material com as discussões que aproximam a antropologia e os arquivos, de modo a acessar as camadas de atuação que constroem a narrativa oriunda desses papeis e que articulam titular e instituições de memória. Para isso, uma breve recuperação de um debate que problematiza a monumentalidade e a pretensa neutralidade dos arquivos, junto com uma aproximação das potencialidades e particularidades dos arquivos pessoais, nos ajuda a confrontar o material à luz da construção de um legado e de uma memória que perpassa uma atuação individual, mas é também resultado dos processos de arquivamento e pesquisa.

https://doi.org/10.20396/tematicas.v31i61.17359
PDF

Referências

CARDOSO DE OLIVEIRA, Roberto. Sobre o Pensamento Antropológico. Rio de Janeiro; Brasília: Tempo Brasileiro; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, 1988.

CARDOSO DE OLIVEIRA, Roberto. O índio e o mundo dos brancos. Campinas: Editora da Unicamp, 1996.

CARDOSO DE OLIVEIRA, Roberto. Os diários e suas margens: viagem aos territórios Terêna e Tükúna. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2002.

COOK, Terry. O passado é prólogo: uma história das ideias arquivísticas desde 1898 e a futura mudança de paradigma. In: HEYMANN, Luciana; NEDEL, Letícia. Pensar os arquivos: uma antologia. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2018, p. 17-81.

CUNHA, Olívia Maria Gomes. Tempo imperfeito: Uma etnografia do arquivo. Mana, v. 10, n. 2, p. 289-322, 2004.

DIRKS, Nicholas B. Annals of the Archive: Ethnographic Notes on the Sources of History. In: DIRKS, Nicholas B. Autobiography of an archive: a scholar’s passage to India. New York: Columbia University Press, 2015, p. 27- 49.

HEYMANN, Luciana Quillet. Indivíduo, Memória e Resíduo Histórico: Uma reflexão sobre Arquivos Pessoais e o Caso Filinto Müller. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, n. 19, p. 41-66, 1997.

HEYMANN, Luciana Quillet. O lugar do arquivo: a construção do legado de Darcy Ribeiro. Rio de Janeiro: Contra Capa; FAPERJ, 2012.

HEYMANN, Luciana Quillet. Arquivos pessoais em perspectiva etnográfica. In: TRAVANCAS, Isabel; ROUCHOU, Joëlle; HEYMANN, Luciana (orgs.). Arquivos pessoais: Reflexões multidisciplinares e experiências de pesquisa. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2013, p. 67-76.

MCKEMMISH, Sue. Provas de mim… In: HEYMANN, Luciana; NEDEL, Letícia. Pensar os arquivos: uma antologia. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2018, p. 239-259.

MONTEIRO, Alessandra Nóbrega et al. Arquivos Pessoais de Mulheres: a experiência da Escola de Ciências Sociais (FGV CPDOC). IX Seminário de Saberes Arquivísticos, Coimbra, p. 73-87, 2019.

NEDEL, Letícia Borges. Da sala de jantar à sala de consultas: o arquivo pessoal de Getúlio Vargas nos embates da história política recente. In: TRAVANCAS, Isabel; ROUCHOU, Joëlle; HEYMANN, Luciana (orgs.). Arquivos pessoais: Reflexões multidisciplinares e experiências de pesquisa. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2013, p. 131-163.

PETSCHELIES, Erik. As redes da etnografia alemã no Brasil (1884-1929). Tese de Doutorado em Antropologia Social, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2019.

PORTO, Beatriz Couto. Acervo de Roberto Cardoso de Oliveira. In: CORRÊA, Mariza; LARAIA, Roque de Barros (orgs.). Roberto Cardoso de Oliveira: Homenagem. Campinas: UNICAMP/IFCH, 1992, p. 167-174.

RANDOLPH, John. On the Biography of the Bakunin Family Archive. In: BURTON, Antoinette (org.). Archive Stories: Facts, fictions, and the writing of history. Durham & Londres: Duke University Press, 2005, p. 209-231.

SAMAIN, Etienne; MENDONÇA, João Martinho de. Entre a escrita e a imagem. Diálogos com Roberto Cardoso de Oliveira. Revista de Antropologia, São Paulo, v. 43, n. 1, p. 185- 236, 2000.

SERAFIM, Amanda. “Abraços do velho”: Roberto Cardoso de Oliveira e a construção de um projeto de antropologia. Dissertação de Mestrado em Antropologia Social, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2021.

SOUZA, Candice Vidal E. A documentação do antropólogo Marcos Magalhães Rubinger e os vestígios da pesquisa e do ensino de antropologia nos anos de 1960. In: TRAVANCAS, Isabel; ROUCHOU, Joëlle; HEYMANN, Luciana (orgs.). Arquivos pessoais: Reflexões multidisciplinares e experiências de pesquisa. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2013, p. 165-186.

STOLER, Ann Laura. Os arquivos coloniais e a arte da governança. In: HEYMANN, Luciana; NEDEL, Letícia. Pensar os arquivos: uma antologia. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2018, p. 207-236.

TAMBASCIA, Christiano Key. Estrutura e Sentido no Africanismo de Mary Douglas: A Etnografia no Congo Belga e o Campo Acadêmico Britânico. Tese de doutorado em Antropologia Social, Unicamp, Campinas, 2010.

VALENTINI, Luísa. Um laboratório de antropologia: o encontro entre Mário de Andrade, Dina Dreyfus e Claude Lévi-Strauss (1935-1938). Dissertação de Mestrado em Antropologia Social, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. Histórias Ameríndias. Novos Estudos, n. 36, p. 22-33, 1993.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Amanda Gonçalves Serafim

Downloads

Não há dados estatísticos.