Banner Portal
A cidade porosa de Bruno Carvalho
PDF

Palavras-chave

Cidade porosa
História cultural
Rio de Janeiro
Cidade Nova

Como Citar

DUARTE, Mateus Sanches. A cidade porosa de Bruno Carvalho. Tematicas, Campinas, SP, v. 29, n. 57, p. 236–243, 2021. DOI: 10.20396/tematicas.v29i57.13826. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tematicas/article/view/13826. Acesso em: 14 jul. 2024.

Resumo

Este texto é uma resenha do livro Cidade porosa: dois séculos de história cultural do Rio de Janeiro, de Bruno Carvalho, vertido ao português em 2019 pela editora Objetiva. A resenha se propõe a apresentar como o autor utiliza o conceito de “porosidade” para reconstruir a história cultural do Rio de Janeiro a partir da experiência cultural da Cidade Nova, bairro que foi devastado para a construção da Avenida Presidente Vargas na década de 1940.

https://doi.org/10.20396/tematicas.v29i57.13826
PDF

Referências

ANDRADE, Oswald de. Do Pau-Brasil à antropofagia e às utopias: manifestos, teses de concursos e ensaios. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 1972.

BENJAMIN, Walter. Imagens de pensamento/ Sobre o haxixe e outras drogas. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1985.

CARVALHO, Bruno. Cidade porosa: dois séculos de história cultural do Rio de Janeiro. São Paulo: Objetiva, 2019.

VENTURA, Zuenir. Cidade partida. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Mateus Sanches Duarte

Downloads

Não há dados estatísticos.