Representação do negro na velhice

uma narrativa de exceção em telenovelas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/tematicas.v29i57.13712

Palavras-chave:

Negro, Velhice, Narrativas audiovisuais

Resumo

Este trabalho discute a construção da narrativa de ficção televisiva sob o ponto de vista da invisibilidade da representação de personagens negros idosos. A partir do apontamento de elementos sociais e contemporâneos, analisa-se por que a temática da velhice dos negros é praticamente inexistente nas telenovelas da TV Globo. Ao se trazer aspectos da narrativa do folhetim, típica das telenovelas brasileiras, pretende-se debater de que forma é construída a anulação dos discursos de identidade a respeito de negros idosos e sua relação com aspectos da vida social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valmir Moratelli, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Referências

ARAÚJO, Joel Zito. A negação do Brasil: identidade racial e estereótipos sobre o negro na história da telenovela brasileira. São Paulo, Editora SENAC, 2000.

BHABHA, Homi K. O Local da Cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013.

BERGER, Peter L.; LUCKMANN, Thomas. A construção social da realidade: tratado de sociologia do conhecimento. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2004.

BOSI, Éclea. Memória e sociedade: lembranças de velhos. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

CARNEIRO, Sueli. Movimento Negro no Brasil: novos e velhos desafios. Caderno CRH. Salvador, n. 36, p. 209-215, jan./jun de 2002.

CASTRO, Gisela. O envelhecimento na retórica do consumo: publicidade e idadismo no Brasil e Reino Unido. In: COMPÓS, 24. Brasília: Anais da Universidade de Brasília, 2015.

CUNHA, Eneida. A propósito de cultura e representação. São Paulo: Revista Matrizes, v.10, n. 3 set/dez. 2016.

DEBERT, Guita Grin. A reinvenção da velhice: socialização e processos de reprivatização do envelhecimento. São Paulo: Edusp, 1999.

DEBERT, Guita Grin. Metamorfoses da Velhice. In: BOTELHO, André; SCHWARCZ, Lilian (orgs.). Agenda brasileira – temas de uma sociedade em mudança. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

DURKHEIM, Émile. As regras do método sociológico. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1987.

DURKHEIM, Émile. As formas elementares da vida religiosa: o sistema totêmico na Austrália. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

FANON, Frantz. Pele negra, máscaras brancas. Salvador: EDUFBA, 2008.

FERNANDES, Danúbia de Andrade. Preto no Branco Identidade negra na telenovela brasileira. In: Anais do Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, XII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação da Região Sudeste, Juiz de Fora – MG, 2007.

FERNANDES, Florestan. O negro no mundo dos brancos. Rio de Janeiro: Difusão Europeia do Livro, 1972.

FILHO, Fernando Pinheiro. A noção de representação em Durkheim. Lua Nova: revista de cultura e política, São Paulo, no 61, p. 139-155, 2004.

FIUZA, Silvia Regina de Almeida (Org.). Dicionário TV Globo. Rio de Janeiro: Editora Zahar, 2003.

GOFFMAN, Erving. A representação do eu na vida cotidiana. Petrópolis: Vozes, 1999.

GONZALEZ, Lélia. Racismo e sexismo na cultura brasileira. Revista Ciências Sociais Hoje, Anpocs, 1984.

GONZALEZ, Lélia. Por um feminismo Afro-latino-Americano. In: Caderno de formação política do círculo Palmarino, n. 1, 2011.

GRIJÓ, Wesley Pereira; SOUSA, Adam. O negro na telenovela brasileira: a atualidade das representações. UFRRS e UFGO: Estudos em Comunicação, n.11, p. 185-204, 2012.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

HALL, Stuart. Estudos culturais e seu legado teórico. In: SOVIK, Liv. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

KILOMBA, Grada. Memórias da Plantação: episódios de racismo cotidiano. Rio de Janeiro: Cobogó, 2019.

LOPES, Felipe Tavares. Bourdieu e Goffman: um ensaio sobre os pontos comuns e as fissuras que unem e separam ambos os autores a partir da perspectiva do primeiro. Estudos e pesquisas em psicologia. Rio de Janeiro, v.9 n.2, set. 2009.

LOPES, Maria Immacolata. Telenovela brasileira: uma narrativa sobre a nação. Comunicação & Educação, n.26, p. 17-34, 2003.

MBEMBE, Achille. Necropolítica. Temáticas - Arte & Ensaios. Revista do PPGAV/EBA/UFRJ, n. 32, 2016.

MORATELLI, Valmir. O que as telenovelas exibem enquanto o mundo se transforma. Rio de Janeiro: Autografia, 2019.

MOSCOVICI, Serge. Representações Sociais: Investigações em Psicologia Social. Petrópolis, Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2000.

NASCIMENTO, Abdias. O genocídio do negro brasileiro: processo de um racismo mascarado. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1978.

RONDELLI, Elizabeth. Realidade e ficção no discurso televisivo. Revista Letras, n° 48 (jul/97). Curitiba, UFPR, p. 149-161, 1997.

RIBEIRO, Djamila. O que é: lugar de fala? Belo Horizonte: Letramento: Justificando, 2017.

SALDANHAS, Viviane Rodrigues Darif. Mídia e relações étnico-raciais: a questão dos afrodescendentes na televisão brasileira. Revista Vernáculo, v. 28, p. 114-148, 2013.

SCHWARTZ, Stuart. Segredos Internos: engenhos e escravos na sociedade colonial (1550-1835). São Paulo: Companhia das Letras, 1988.

SODRÉ, Muniz. O negro no mass-media. Anais do primeiro colóquio de semiótica. Rio/São Paulo: PUC/RJ. Edições Loyola. 1980.

SOVIK, Liv. “Branquidade e Racialização: qual é o lugar da educação?”. Conferência de abertura da 8oSBECE Seminário Brasileiro de Estudos Culturais e Educação. Tema: “Ser/estar emergentes e/na educação”. ULBRA – Canoas, RS, 2019.

SICILIANO, Tatiana; MORATELLI, Valmir; GONÇALVES, Ana Paula. O lugar do negro nas novelas da Rede Globo: A questão étnica em Escrava Isaura, Lado a lado e O outro lado do paraíso”. Artigo apresentado no GI2 Ficção Televisiva e Narrativa Transmídia do Congresso. Anais do ALAIC, 2018.

Downloads

Publicado

2021-06-25

Como Citar

MORATELLI, V. Representação do negro na velhice: uma narrativa de exceção em telenovelas. Tematicas, Campinas, SP, v. 29, n. 57, p. 208–234, 2021. DOI: 10.20396/tematicas.v29i57.13712. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tematicas/article/view/13712. Acesso em: 23 maio. 2022.