Julio Cortázar

a autoestrada do sul e o engarrafamento fantástico

Autores

  • Liane Broilo Bartelle Centro Universitário Leonardo da Vinci
  • Gilberto Broilo Neto Universidade de Caxias do Sul

DOI:

https://doi.org/10.20396/tematicas.v27i54.12347

Palavras-chave:

Literatura fantástica latino-americana, Conto, Julio Cortázar

Resumo

Este artigo apresenta, primeiramente, uma breve explanação sobre características do conto fantástico latino-americano em relação à estética modernista, tendo como arcabouço teórico os autores Arrigucci Junior (1998), Bessière (2012), Coutinho (2003), Piglia (1994), Roas (2010), Todorov (1979), dentre outros. Em seguida, analisa o conto “A autoestrada do sul”, do escritor argentino de Julio Cortázar, na sua caracterização fantástica de um congestionamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Liane Broilo Bartelle, Centro Universitário Leonardo da Vinci

Graduada em Marketing pela Centro Universitário FACEX - Unifacex. Atua como professora conteudista.

Gilberto Broilo Neto, Universidade de Caxias do Sul

Doutorado em andamento em Letras pela Universidade de Caixas do Sul.

Referências

ALBERTI, Patrícia Bastian. Contos de fada tradicionais e renovados: uma perspectiva analítica. 2006. Dissertação (Mestrado) – Universidade de Caxias do Sul, UCS, Programa de Pós-graduação em Letras, Cultura e Regionalidade, Caxias do Sul, 2006. Disponível em: https://repositorio.ucs.br/xmlui/handle/11338/1013. Acesso em: 10 mai. 2019.

ARRIGUCCI JUNIOR, Davi. Tradição e inovação na literatura hispano-americana. In: ARRIGUCCI JUNIOR, Davi. Outros achados e perdidos. São Paulo: Companhia de Letras, 1998.

BESSIÈRE, Irène. O relato fantástico: forma mista do caso e da adivinha. São Paulo: Fronteiraz, 2012. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/fronteiraz/article/view/12991/948. Acesso em: 30 abr. 2019.

BERMEJO, Ernesto González. Conversas com Cortázar. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.

BITTENCOURT, Gilda Neves da Silva. O conto latino-americano: confronto de imaginários. In: MARQUES, Reinaldo; BITTENCOURT, Gilda Neves da Silva (Orgs.). Limiares críticos. Belo Horizonte: Autêntica, 1998.

BOLSON, Kátia Mabilia. Contos de Cortázar: aspectos do fantástico. Dissertação (Mestrado) – Universidade de Caxias do Sul, UCS, Programa de Pós-graduação em Letras, Cultura e Regionalidade, Caxias do Sul, 2011. Disponível em: https://repositorio.ucs.br/handle/11338/764. Acesso em: 30 abr. 2019.

CASCUDO, Câmara. Contos tradicionais do Brasil. 18. ed. Rio de Janeiro: Ediouro, 2002.

CORTÁZAR, Julio. A autoestrada do sul e outras histórias. Porto Alegre: L&PM, 2015.

CORTÁZAR, Julio. Alguns aspectos do conto. In: CORTÁZAR, Julio. Valise de cronópio. São Paulo: Perspectiva, 1993.

CORTÁZAR, Julio. O jogo da amarelinha. São Paulo: Círculo do Livro, 1987.

CORTÁZAR, Julio. Todos os fogos o fogo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

CORTÁZAR, Julio. Valise de Cronópio. São Paulo: Perspectiva, 1974.

COUTINHO, Eduardo F. A reconfiguração de identidades na produção literária da América Latina. In: COUTINHO, Eduardo F. Literatura comparada na América Latina: ensaios. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2003.

FURTADO, Felipe. A construção do fantástico na narrativa. Lisboa: Livros Horizonte, 1980.

HAESBERT, Rogério. Região, regionalização e regionalidade: questões contemporâneas. Antares (Letras e Humanidades), n. 3, jan/jul, 2010.

LUCAS, Fábio. O conto no Brasil moderno. In: PROENÇA FILHO, Domício (Org.). O livro do seminário: ensaios – Bienal Nestlé da Literatura Brasileira. São Paulo: L. R., 1983.

MECKLENBURG, Norbert. Regionalismo literário em tempos de globalização. In: ARENDT, J.C.; NEUMANN, G.R. Regionalismus – Regionalismos: subsídios para um novo debate. Caxias do Sul: EDUCS, 2013.

KARAM, Sérgio. Apresentação. In: CORTÁZAR, Julio. A autoestrada do sul e outras histórias. Porto Alegre: L&PM, 2015.

PIGLIA, Ricardo. Teses sobre o conto. In: PIGLIA, Ricardo. O laboratório do escritor. Iluminuras, 1994.

SILVA, Cinthia M. C. da. Cortázar e a autoestrada do sul: a realidade e seus múltiplos descaminhos. REEL – Revista Eletrônica de Estudos Literários, n. 7, Vitória, 2010. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/reel/article/download/3671/2900. Acesso em: 02 mai. 2019.

ROAS, David. A ameaça do fantástico. In: ROAS, David. A ameaça do fantástico: aproximações teóricas. São Paulo: Ed. Unesp, 2010.

TODOROV, Tzvetan. A narrativa fantástica. In: TODOROV, Tzvetan. As estruturas narrativas. São Paulo: Perspectiva, 1979.

ZINANI, Cecil Jeanine Albert. História da literatura: questões contemporâneas. Caxias do Sul: Educs, 2010.

Downloads

Publicado

2019-12-05

Como Citar

BARTELLE, L. B.; BROILO NETO, G. . Julio Cortázar: a autoestrada do sul e o engarrafamento fantástico. Tematicas, Campinas, SP, v. 27, n. 54, p. 103–118, 2019. DOI: 10.20396/tematicas.v27i54.12347. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tematicas/article/view/12347. Acesso em: 28 jan. 2023.