Profissionalização conservadora

os padrões de discriminação na seleção dos alunos da escola militar do Realengo (1937-1946)

Autores

  • Fernando da Silva Rodrigues Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.20396/tematicas.v20i39.11545

Palavras-chave:

Racismo, Anti-Semitismo, Militares, Intolerância, Política

Resumo

Esta pesquisa teve por objetivo analisar os dados coletados dos processos individuais dos candidatos a seleção para a Escola Militar nos anos de 1938, 1939, 1940 e 1941. O recorte temporal escolhido teve por objetivo comprovar os padrões de discriminação observados na documentação produzida pela Instituição no período de 1937 á 1946 e tentar detectar a origem social desses militares.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando da Silva Rodrigues, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutor em História Política pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Referências

AMARAL,A. J. A.O Estado Autoritário e a Realidade Nacional. Rio de Janeiro: José Olympio, 1938.

CARNEIRO, M. L. T. Anti-semitismo na Era Vargas: fantasmas de uma geração (1930-1945). São Paulo: Brasileiro, 1988.

CARVALHO, J. M. Forças Armadas e Política no Brasil.Rio de Janeiro: Zahar, 2005.

HUNTINGTON, S. P. O Soldado e o Estado. Teoria e Política das Relações entre Civis e Militares. Rio de Janeiro: Bibliex, 1996.

McCANN, F. D. Soldados da Pátria: História do Exército Brasileiro 1889-1937. Tradução: Laura Teixeira Motta. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

MOTTA, J. Formação do Oficial do Exército: currículos e regimes na Academia Militar, 1810-1944. 1ª reimpressão. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 2001.

RODRIGUES, F. S. Uma carreira: as formas de acesso à Escola de Formação de Oficiais do Exército Brasileiro no período de 1905 a 1946. Tese de Doutorado. Rio de Janeiro: UERJ, 2008.

ROUQUIÉ, A. O Estado Militar na América Latina. Trad. Leda Cintra Ferraz. São Paulo: Alfa-Omega, 1984.

STEPAN, A. Os Militares na Política. As mudanças de padrões na vida brasileira. Rio de Janeiro: Artenova, 1975.

Downloads

Publicado

2012-07-31

Como Citar

RODRIGUES, F. da S. Profissionalização conservadora: os padrões de discriminação na seleção dos alunos da escola militar do Realengo (1937-1946). Tematicas, Campinas, SP, v. 20, n. 39, p. 85–106, 2012. DOI: 10.20396/tematicas.v20i39.11545. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tematicas/article/view/11545. Acesso em: 23 jan. 2022.