Viver e escrever: história e educação no acervo de cadernos de um professor catarinense (século XX)

Autores

  • Maria Teresa Santos Cunha Universidade do Estado de Santa Catarina/UDESC
  • Flavia de Freitas Souza Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

DOI:

https://doi.org/10.20888/ridphe_r.v1i1.9226

Resumo

Este estudo tem como material empírico o conjunto de 45 cadernos pessoais deixados pelo professor e intelectual catarinense, Victor Márcio Konder (1920 – 2005), antigo docente da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC, 1980) que também atuou nas fileiras do Partido Comunista Brasileiro (PCB) nos anos de 1935 a 1956, sendo estes doação póstuma de sua família ocorrida, no ano de 2009, ao acervo do Laboratório de Patrimônio Cultural (LABPAC – UDESC). Analisados como registros de uma trajetória, esses manuscritos contêm indícios sobre a formação, interesses de leitura, hábitos de escrita e formas de relacionar-se com o conhecimento que configuraram esse intelectual, professor nas décadas de 60 a 80 do século XX.  Além de possibilitar o mapeamento de alguns aspectos da vida do proprietário o estudo também destaca os vários sentidos dos cadernos: como escritas ordinárias; testemunhas de uma construção de si; relíquias conectadas com uma sensibilidade nostálgica e como uma coleção a ser arquivada como objeto e patrimônio da cultura material da escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flavia de Freitas Souza, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Graduada em Marketing pela Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL (2010). Graduanda em História pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC e bolsista de iniciação científica na modalidade PIBIC/CNPq na linha de pesquisa Linguagens e Identificações, no curso de História do Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED/UDESC.

Downloads

Publicado

2015-12-19

Como Citar

CUNHA, Maria Teresa Santos; SOUZA, Flavia de Freitas. Viver e escrever: história e educação no acervo de cadernos de um professor catarinense (século XX). RIDPHE_R Revista Iberoamericana do Patrimônio Histórico-Educativo, Campinas, SP, v. 1, n. 1, p. 22–36, 2015. DOI: 10.20888/ridphe_r.v1i1.9226. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ridphe/article/view/9226. Acesso em: 13 jul. 2024.