Maurício Tragtenberg: fundador dos estudos sobre educação libertária no Brasil: da luta social à universidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20888/ridpher.v8i00.17486

Palavras-chave:

Maurício Tragtenberg, Universidade, Anarquismo

Resumo

O texto é uma homenagem a Maurício Tragtenberg, sua trajetória social, política e cultural diante da escola, da sociedade e da universidade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Doris Accioly e Silva, Universidade de São Paulo, Brasil

Professora doutora da Universidade de São Paulo, credenciada no Programa de Pós-graduação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP, Diversitas. Tem experiência na área de Educação, Filosofia e Ciências Sociais, com ênfase em Educação e Cultura libertárias.

Referências

ACCIOLY E SILVA, D; BRUNO, L. Maurício Tragtenberg (1929-1998): a ousadia de conhecer. In: REGO, Teresa Cristina. Educadores Brasileiros: ideias e ações de nomes que marcaram a educação nacional. Curitiba: Editora CRV, 2018.

ACCIOLY E SILVA, D. Repressão Política, Resistência e Memória Social: um estudo de caso. In: WHITAKER, D.C.A. VELOSO, T.M.G. (orgs). Oralidade e subjetividade, os meandros do infinito da memória. Campina Grande: EDUEP, 2004.

TRAGTENBERG, M. Administração, Poder e Ideologia. São Paulo: Unesp, 2003.

TRAGTENBERG, M. Burocracia e Ideologia. São Paulo: Unesp, 2005.

TRAGTENBERG, M. Memorial. Educação e Sociedade, ano XIX, n. 65, p. 9-15, dez. 1998.

TRAGTENBERG, M. Francisco Ferrer e a Pedagogia Libertária. Sobre Educação, política e sindicalismo. São Paulo: UNESP, 2004.

TRAGTENBERG, M. A delinquência acadêmica. Revista Espaço Acadêmico, v. 2, n. 14, jul. 2002.

Downloads

Publicado

2022-12-29

Como Citar

ACCIOLY E SILVA, D. . Maurício Tragtenberg: fundador dos estudos sobre educação libertária no Brasil: da luta social à universidade . RIDPHE_R Revista Iberoamericana do Patrimônio Histórico-Educativo, Campinas, SP, v. 8, n. 00, p. e022028, 2022. DOI: 10.20888/ridpher.v8i00.17486. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ridphe/article/view/17486. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

HOMENAGEM/DOSSIÊ