A pesquisa em preservação digital em Pernambuco

Autores

  • Marcos Galindo Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.20396/rebpred.v3i00.16592

Palavras-chave:

Preservação digital, Banco de teses, Análise de risco, Mapa do risco

Resumo

Introdução: O texto oferece uma visão retrospectiva do desenvolvimento dos estudos de Preservação Digital (PD) em Pernambuco, tomando como com marco teórico de referência, a proposição do modelo teórico dos Sistemas Memoriais. (GALINDO, 2005; 2009 e 2014). Objetivo: Discutir o papel do Laboratório Liber de Tecnologia do Conhecimento como unidade de pesquisa multiusuária da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), apontar os principais estudos, a inserção da pesquisa em bibliotecas virtuais, iniciada ainda no final da década de noventa. Metodologia: Serve-se do instrumento estruturador do relato de experiência para descrever a contribuição do grupo Liber, destacando os pontos relevantes para o campo da PD. Descreve a atuação, a troca e a proposição de ideias para a PD. Resultados: Narra a experiência do Banco de Teses e Dissertações e IBICIT na instalação dos repositórios pioneiros que viabilizaram o estabelecimento de uma rede de memória da pesquisa científica no Brasil, operada por instituições do sistema de ensino e pesquisa nacional. Conclusão: Descreve a formação da pesquisa em Preservação e Curadoria Digital estabelecida no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFPE e a reedição do programa de monitoramento de risco em Repositórios Institucionais nacionais como resultados permanentes deste esforço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Galindo , Universidade Federal de Pernambuco

Doutor em Línguas e Cultura da América Latina pela Leiden University, Leiden, Holanda. Professor associado IV do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco (Recife, PE - Brasil).   •Conceituação: GALINDO, M.
Curadoria de dados: GALINDO, M.
•Investigação: GALINDO, M.
Metodologia: GALINDO, M.
Administração de projetos: GALINDO, M.
Supervisão: GALINDO, M.
Visualização: GALINDO, M.
Redação–rascunho original: GALINDO, M.
Redação–revisão e edição: GALINDO, M.

Referências

ANDRADE, Juracy, Luiz. Resgate de um trabalho desmantelado pelo Golpe de 1964. Estudos Universitários, revista de cultura da Universidade Federal de Pernambuco. v. 33/34, n. 5/6 p. 1 – 78. Recife, Universitária, Dez 2004/2005.

COSTA LIMA, Luiz. Uma certa revista. Estudos Universitários, revista de cultura da Universidade Federal de Pernambuco. v. 23/26, n. 5/6 p. 1 – 78. Recife, Universitária, Dez 2004/2005.

FRANCO SAMPAIO, Maria da Penha. O Sistema de Bibliotecas da UFPE: Do Plano a Realidade Elementos para Início de Discussão. Trabalho acadêmico apresentado nas disciplinas Planejamento e Gerência de Sistemas de Informação - 92.1, ministradas pela professora Joana Coeli Ribeiro Garcia no Curso de Mestrado em Biblioteconomia da Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa, abril de 1993.

GALINDO, Marcos. A batalha das bibliotecárias. In: Rev. Biblioo, Edição 81, Ano 10, nº 04, novembro 2021. Visitado em 31/05/2022. Disponível em: https://biblioo.info/a-batalha-das-bibliotecarias/

ORTEGA Y GASSET. A Missão do Bibliotecário. Brasília: Briquet de Lemos, 2006.

POLLACK, Michel, Memória e Identidade Social. In: Rev. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 5, n. 10, 1992, p. 200-212. Disponível em: https://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1941

RODRIGUES, Eloy - Bibliotecas virtuais e cibertecários. In Seminário - as universidades e os novos serviços de informação electrónica em rede, Braga: [s.n.], 1995. Publicado em RODRIGUES, Eloy. Bibliotecas virtuais e cibertecários: o futuro já começou. Cadernos BAD. Lisboa: APBAD, 3 (1995) 23-34.

SCHWAB, Klaus. A quarta revolução industrial (livro eletrônico) / Klaus Schwab; tradução Daniel Moreira Miranda. – São Paulo: Edipro, 2019.

pernambuco

Publicado

2022-07-12

Como Citar

GALINDO , M. . A pesquisa em preservação digital em Pernambuco. Revista Brasileira de Preservação Digital, Campinas, SP, v. 3, n. 00, p. e022002, 2022. DOI: 10.20396/rebpred.v3i00.16592. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/rebpred/article/view/16592. Acesso em: 4 dez. 2022.