Capital e ideologia de Thomas Piketty

a desigualdade não é econômica ou tecnológica, é ideológica e política

Autores

  • Ladislau Dowbor Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/rbest.v2i.13777

Palavras-chave:

Desigualdade, Ideologia, Política

Resumo

O novo livro de Thomas Piketty é essencialmente sobre desigualdade, o mal estrutural maior do nosso planeta. Essa polarização mundial está se tornando explosiva, na medida em que alguns grupos sociais se apropriam de maneira radicalmente desproporcional dos resultados do que a sociedade produz, inclusive fora de qualquer relação de merecimento. Trata-se de mecanismos econômicos de apropriação, mas também de poder político, de monopólio do exercício da violência, do controle das leis e,em particular,de construções ideológicas que geram uma aparência de legitimidade. Daí o título da obra, Capital e ideologia, ou seja, a riqueza das sociedades por um lado, e as justificativas de sua apropriação desequilibrada por outro.

Biografia do Autor

Ladislau Dowbor, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Doutor pela Central School of Planning and Statistics of Warsaw. Professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Referências

Piketty, T. (2019). Capital et idéologie. Seuil

Downloads

Publicado

2020-07-20

Como Citar

Dowbor, L. (2020). Capital e ideologia de Thomas Piketty: a desigualdade não é econômica ou tecnológica, é ideológica e política. RBEST: Revista Brasileira De Economia Social E Do Trabalho, 2(.), e020003. https://doi.org/10.20396/rbest.v2i.13777