Ossos do Ofício

a antropologia da multiespécie

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/proa.v11i2.16558

Palavras-chave:

Multiespécie, Participação, Performance

Resumo

O evento Ossos do Ofício realizado no espaço Contemporão SP, em setembro de 2019, apresentou um display com cães com nomes de artistas e proporcionou um encontro ao vivo entre cães e humanos. O evento oportunizou um encontro que será aqui discutido a partir da perspectiva da antropologia das multiespécies e da relação humano-canina. Uma breve discussão sobre humor e arte socialmente engajada também contribuem para a discussão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AZEVEDO, E; PELED, Y. Socially Engaged Art as a Methodological Strategy in Social Science. International Journal of Contemporary Sociology, v.52, p. 167 - 188, 2015.

BAKHTIN, M. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento. São Paulo: Hucitec, 1987.

DOOREN, T.; KIRKSEY, E.; MÜNSTER, U. Estudos multiespécies: cultivando artes de atentividade. Trad. Susana Oliveira Dias. ClimaCom [online], Campinas, Incertezas, ano. 3, n. 7, pp. 39-66, Dez. 2016.

ESCOLA cães de intervenções. São Paulo: Patas Therapeutas, [2020]. Disponível em: http://patastherapeutas.org/novo/escola-caesterapeutas/ Acesso em: 9 de Dezembro de 2021.

FOUCAULT, M. Introdução a Vida Não Fascista. In: DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O Anti-Édipo. Rio de Janeiro: Imago Editora, 1976, (s/p).

HARARI, Y.N. Uma breve história da humanidade. Porto Alegre: Sapiens L&PM Pocket, 2018.

HARE, B.; WOODS, V. The Genius of Dogs. London: Penguin Book, 2013

HOUDART, S. Humanos e Não Humanos na Antropologia. Ilha, v. 17, n. 2, p. 13-29, 2015.

INGOLD, T. The perception of the environment: essays on livelihood, dwelling and skill. London: Routledge, 2000.

IRWIN, A. Sociology and the Environment. A critical introduction to society, nature and knowledge. London: Polity Press, 2001.

IRWIN, A. Ciência Cidadã. Lisboa: Instituto Piaget, 1995.

KALOF, L. Looking at Animals in Human History. London: Reaktion Books, 2007.

KAUFFMANN, S.. William Wegman: how a coin toss sent art to the dogs, s/d. Modern Dog. Disponível em: <https://moderndogmagazine.com/articles/william-wegman/47123>. Acesso em: 3 fev 2020.

KLEIN, K. Art&laughter. New York: l.B.Tauris & Co Ltd, 2007.

KONECKI, K, T. Pets of Konrad Lorenz. Theorizing in the social world of pet owners. Qualitative Sociology Review, v.3, n. 1, p. 110-27, 2007.

McEVILLEY, T. Art & Discontent: Theory at the Millennium. New York: Editora McPherson & Company, 1991.

PELED, Y.; VALENTE, M. [Mensagem instantânea on-line]. Destinatário: Vários. [S. l.], 2019. 1 mensagem de texto.

PESSANHA, L.; PORTILHO, F. Comportamentos e padrões de consumo familiar em torno dos “pets”, 2008. Anais....V Encontro Nacional de Estudos do Consumo Novos Rumos da Sociedade de Consumo. Disponível em: <http://estudosdoconsumo.com/wp-content/uploads/2018/03/enec2008-lavinia_pessanha_fatima_portilho_consumo_pet.pdf>. Acesso em: 3 fev. 2020.

SÜSSEKIND, F. Sobre a vida multiespécie. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, Brasil, n. 69, p. 159-178, 2018.

ZANATTA, A.A.; ROBIRAN, J. S-J.; PERINI, C.C; FISCHER, M.L. Biofilia: produção de vida ativa em cuidados paliativos. Saúde debate, v.43, n.122, p. 949-965, 2019.

ZIV, A. National Styls of Humor. New York: Greenwood Press, 1988.

Downloads

Publicado

2022-06-22

Como Citar

PELED, Y.; DE AZEVEDO, E. Ossos do Ofício: a antropologia da multiespécie. Proa: Revista de Antropologia e Arte, Campinas, SP, v. 11, n. 2, p. 70–88, 2022. DOI: 10.20396/proa.v11i2.16558. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/proa/article/view/16558. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos