Banner Portal
Cantora, crooner e cantora da noite
PDF

Arquivos suplementares

Capa do livro

Palavras-chave

Áurea Martins
Música
Música popular

Como Citar

REQUIÃO, Luciana. Cantora, crooner e cantora da noite: a trajetória profissional e de vida de Áurea Martins. Música Popular em Revista, Campinas, SP, v. 5, n. 2, p. 243–249, 2018. DOI: 10.20396/muspop.v5i2.13144. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/muspop/article/view/13144. Acesso em: 13 jul. 2024.

Resumo

A dama da noite adentra o salão e sobe ao palco empunhando um microfone: uma mulher negra de voz rouca e sorriso alvo. Cantora? Crooner? Cantora da noite? O que irá determinar uma ou outra etiqueta? A biografia de Áurea Martins dá visibilidade a uma trajetória profissional e de vida que remete, possivelmente, à realidade vivida por muitos músicos populares: aqueles que fazem da música seu campo de trabalho, em especial nas casas noturnas, bares e teatros. Nesses ambientes se misturam identidades que tornam híbrida a atuação
dessa cantante. 

https://doi.org/10.20396/muspop.v5i2.13144
PDF

Referências

ERTHAL, Júlio César. Trabalho com Música: Um estudo etnográfico sobre as formas de organização e sustentação de grupos que atuam em Londrina. Tese (Doutorado em Música) - UNIRIO, Rio de Janeiro, 2017.

SANTOS, Felipe Pacheco dos. A prática profissional do músico popular: investigação sobre experiências, processos de formação e competências para atuar na cadeia produtiva da música. Dissertação (Mestrado em Música) - UNIRIO, Rio de Janeiro, 2017.

REQUIÃO, Luciana. “Festa acabada, músicos a pé!”: um estudo crítico sobre as relações de trabalho de músicos atuantes no estado do Rio de Janeiro. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, Brasil, n. 64, p. 249-274, ago. 2016.

______. “Eis aí a Lapa...”: processos e relações de trabalho do músico nas casas de shows da Lapa. São Paulo: Annablume, 2010.

SALGADO, José Alberto. Construindo a profissão musical - uma etnografia entre estudantes universitários de Música. Tese (Doutorado em Música) - UNIRIO, Rio de Janeiro, 2005.

SEGNINI, Liliana R.P. Questions sur les carrières des femmes musiciennes. In: GUIMARAES, Araújo; MARUANI, Margareth; SORJ, Bila. (Org.). Genre, race, classe. Travailler en France et au Brésil. 1.ed. Paris: L?Harmattan, 2016, v. 1, p. 221-233.

______. Os músicos e seu trabalho: diferenças de gênero e raça. Tempo Social (USP. Impresso), v. 26, p. 75-86, 2015.

A publicação Música Popular em Revista em sua obra adota e está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.