Banner Portal
O rap como campo de batalha na representação da periferia francesa
PDF

Palavras-chave

Rap
Periferia

Como Citar

FERREIRA, Felipe Maia. O rap como campo de batalha na representação da periferia francesa. Música Popular em Revista, Campinas, SP, v. 5, n. 1, p. 171–174, 2018. DOI: 10.20396/muspop.v5i1.13131. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/muspop/article/view/13131. Acesso em: 28 maio. 2024.

Resumo

Conhecido como o segundo maior mercado produtor de rap, atrás somente dos Estados Unidos, a França é também espaço para trabalhos científicos sobre o gênero desde suas primeiras manifestações no país. Nessa escola, também comparável em profundidade ou mesmo amplitude à produção acadêmica norte-americana — os hip hop studies —, o sociólogo Karim Hammou tem lugar de destaque. Isso se deve a seu extenso trabalho de pesquisa, ainda em curso, que culminou, em 2012, no livro Une Histoire du Rap en France, publicado pela editora La Découverte.

https://doi.org/10.20396/muspop.v5i1.13131
PDF

Referências

MALLET, Julien. Ethnomusicologie des “jeunes musiques. Em L'Homme 2004/3 (n° 171-172), p. 477-488. Paris

LAROCHE, Nadine. La population légale de l’Ile-de-France: 11 959 807 habitants au 1er janvier 2013. Insee. Disponível em: https://www.insee.fr/fr/statistiques/1895095. Acesso em: 30 jan. 2017.

A publicação Música Popular em Revista em sua obra adota e está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.