Banner Portal
Um olhar sobre o papel da universidade e as relações de ciência, tecnologia e sociedade na formação de professores de ciências
PDF

Palavras-chave

Ciência, tecnologia e sociedade
universidade
formação de professores

Como Citar

CALDEIRA TOLENTINO, Patricia. Um olhar sobre o papel da universidade e as relações de ciência, tecnologia e sociedade na formação de professores de ciências . Ciências em Foco, Campinas, SP, v. 7, n. 1, p. 10, 2020. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/9917. Acesso em: 22 jun. 2024.

Resumo

O presente artigo desenvolve uma discussão teórica, considerando a necessidade de refletir sobre papel da universidade no processo de formação inicial de professores de Ciências. Direciona uma reflexão sobre questões contemporâneas que envolvem as relações ciência, tecnologia e sociedade e suas possíveis  articulações com o processo formativo, trazendo para o debate o cenário contemporâneo, de perspectiva globalizada e cunho capitalista neoliberal e os aspectos ligados ao desenvolvimento científico e tecnológico e suas relações com a sociedade, em defesa de uma Educação em Ciências em que estas discussões se façam presentes. Sem a intenção de esgotar o debate, conclui que com a necessidade de uma educação em que os aspectos políticos e sociais ligados à ciência e a tecnologia estejam vinculados aos conteúdos curriculares formativos das licenciaturas, participando do elenco de conhecimentos necessários ao desenvolvimento de uma educação que, efetivamente, atue na construção crítica do sujeito.

PDF

Referências

BAZZO, W. A. Ciência, Tecnologia e Sociedade e o contexto da educação tecnológica. 2.
ed. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2010.
BAZZO, W. A.; LINSINGEN, I.; PEREIRA, L. T. V. Introdução aos estudos CTS.
Cadernos de Ibero- América. Madri: OEI – Organização dos estados Ibero-americanos para
a educação, a ciência e a cultura, 2003.
BERGER, P. L.; LUCKMANN, T. A construção social da realidade: Tratado de
sociologia do conhecimento. 24. ed. Petrópolis: Vozes, 2004.
CARLETTO, M. R. Avaliação de impacto tecnológico: reflexões, fundamentos e práticas.
Curitiba: Ed. UTFPR, 2011.
CHAUÍ, M. Escritos sobre a universidade. São Paulo: Ed. UNESP, 2001.
FERNANDES, C. S.; MARQUES, C. A. Ciência, Tecnologia e Sociedade e Perspectiva
Freireana de Educação: possíveis convergências. Anais...VII ENPEC – Encontro Nacional
de Pesquisa em Educação em Ciências, Florianópolis, 2009.
GADOTTI, M. Perspectivas atuais da educação. São Paulo em Perspectiva, v. 14, n. 2, p.
03-11, Junho, 2000.
GIDDENS, A. Mundo em descontrole: O que a globalização está fazendo de nós. Rio de
Janeiro: Record, 2011.
GIROUX, H. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da
aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.
GRAMSCI, A. Intelectuais e a Organização da Cultura. São Paulo: Civilização Brasileira,
1989.
MÉSZÁROS, I. A educação para além do capital. Boitempo editorial, 2008.
PORTO-GONÇALVES, C. W. A globalização da natureza e a natureza da globalização.
4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.
SCHWARTZMAN, S. Universidade e Desenvolvimento na América Latina: experiências
exitosas de centros e pesquisa. Rio de Janeiro: Biblioteca Virtual de Ciências Humanas do
Centro Edelstein de Pesquisas Sociais, 2008.
SOUZA FILHO, A. O ideal da universidade e de sua missão. Brasília: INEP, 2006.
VIEIRA PINTO, A. A questão da universidade. São Paulo: Cortez, 1986.

Apesar do periódico ser de acesso aberto, utilizando a Licença Creative Commons, os direitos autorais dos trabalhos submetidos são de exclusividade da revista.

Downloads

Não há dados estatísticos.