A formação inicial e continuada de professores de ciências naturais e a extensão universitária da faculdade UnB de Planaltina

Autores

  • Edeltrudes dos Santos Universidade de Brasília (UnB)
  • Viviane Farias Universidade de Brasília (UnB)
  • Jeane Cristina Gomes Rotta Universidade de Brasília (UnB)

Palavras-chave:

Formação inicial e continuada de professores, Extensão universitária, Experimentação no ensino de Ciências

Resumo

A formação inicial e continuada de professores de Ciências Naturais é relevante por proporcionar melhoria nas relações de ensino e aprendizagem de Ciências. O objetivo desse trabalho foi relatar a realização de experimentos de Ciências por licenciandos do curso de Ciências Naturais participantes de um projeto de extensão, em conjunto com uma professora de Ciências de uma escola pública de Planaltina. A metodologia utilizada foi a pesquisa colaborativa que supõe um processo de co-construção entre os parceiros envolvidos nas atividades. Foi possível observar que a pesquisa colaborativa propiciou uma aproximação entre a teoria estudada na Universidade e a prática docente da Escola, proporcionando aos licenciandos vivenciarem o ambiente escolar, enquanto ainda são estudantes. Para a professora regente da escola, o projeto de extensão tem auxiliado para tornar as aulas mais interessantes, como também na aprendizagem dos conteúdos de ciências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BASSOLI, Fernanda. Atividades práticas e o ensino-aprendizagem de ciência (s): mitos, tendências e distorções. Ciência & Educação, 20 (3), 579-593, 2014.

CUNHA, Ana Maria de Oliveira.; KRASILCHIK, Myriam. A formação continuada de professores de ciências: percepções a partir de uma experiência. Ata da 23ª Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação. Caxambu: ANPEd, 2000.

DAMASCENO, Luciene da Silva. Reflexões sobre a Contribuição da Extensão Universitária na Formação do Professor de Ciências Naturais: Estudo de Caso a Partir do Projeto Parque Sucupira-Planaltina/DF. Trabalho de Conclusão de Curso da Faculdade UnB de Planaltina, 2016.

DESGAGNÉ, Serge. O conceito de pesquisa colaborativa: a idéia de uma aproximação entre pesquisadores universitários e professores práticos. Revista Educação em Questão, v. 29, n. 15, p. 7-35, 2007.

DOMINGUINI, Lucas; ROSSO, Pedro; GIASSI, Maria Gonçalves. Extensão e a formação continuada de professores: um estudo de caso em Ciências Naturais. Revista Ciência em Extensão. v. 9, n. 1, p. 124-134, 2013.

ESPOSITO, Damazio. A Fabricação de Sabonetes e Perfumes Artesanais, pelo método de Saponificação, para auxiliar na aprendizagem de conceitos químicos. Monografia de Especialização, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, 2011.

GÜLLICH, Roque Ismael da. Costa; SILVA, Lenice Heloisa de. Arruda. O Enredo da Experimentação no Livro Didático: Construção de Conhecimentos ou Reprodução de Teorias e Verdades Científicas? Ensaio- Pesquisa em Educação em Ciências, 15, (2), p. 155-167, 2013.

LUCENA, Ana Maria Silva de, SARAIVA, Emerson Sandro Silva; ALMEIDA, Luis Sérgio Castro de Almeida. Dialógica como Princípio Metodológico Transdisciplinar na Pesquisa em Educação. Millenium, (50), p. 179-196. 2016.

MAGALHÃES JÚNIOR, Carlos Alberto de Oliveira; PIETROCOLA, Maurício. Atuação de Professores Formados em Licenciatura Plena em Ciências. Alexandria, Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 4, p. 175-198, 2011.

MENEGAZZO, Raquel Cristina Serafin; STADLER, Rita de Cássia da Luz. Utilizando experiências simples, para observar o desenvolvimento de fungos e bactérias. Ciência em Tela, v. 2, n. 12, p. 1-10, 2014.

MORAES, Roque. O significado da experimentação numa abordagem construtivista: O caso do ensino de ciências. In: BORGES, R. M. R.; MORAES, R. (Org.). Educação em Ciências nas séries iniciais. Porto Alegre: Sagra Luzzato. 1998.

ROCHA, Marina Silva. A Importância de Lavar as Mãos. Portal do Professor. Disponível em http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=10412. Acesso em: 13 set. 2018.

ROTTA, Jeane Cristina Gomes; RAZUCK, Renata Cardoso de Sá Ribeiro; VIVEIRO, Alessandra Aparecida; PORTO, Franco de Salles. Um Projeto de Extensão Universitária Como Perspectiva para a Realização das Práticas de Ensino em um Curso de Formação de Professores. In: LEITE, C.; ZABALZA, M. (org.). Ensino superior: inovação e qualidade na docência. 1ed. Porto: CIIE - Centro de Investigação e Intervenção Educativas, p. 8425-8436. 2012.

SANTOS, Wildson Luis Pereira dos.; GAUCHE, Ricardo; MÓL, Gerson da Silva; SILVA, Roberto Ribeiro da; BAPTISTA, Joice Aguiar. Formação de professores: uma proposta de pesquisa a partir da reflexão sobre a prática docente. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, 8 (1), 2006.

SILVA, Roberto Ribeiro da. MACHADO, Patrícia Fernandes Lootens; TUNES, Elizabeth. Experimentar sem medo de errar. In Ensino de Química em foco. Ijuí: Ed. Unijuí, 2010; Cap. 9, p. 231-261.

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, Decanato de Extensão. Catálogo de Programas e Projetos de Extensão (2018-2019). Disponível em http://dex.unb.br/catalogos-de-peacs?download=923:catalogo-peacs-2018. Acesso em: 13 set. 2018.

Downloads

Publicado

2019-06-02

Como Citar

DOS SANTOS, E. .; FARIAS, V. .; ROTTA, J. C. G. . A formação inicial e continuada de professores de ciências naturais e a extensão universitária da faculdade UnB de Planaltina. Ciências em Foco, Campinas, SP, v. 12, n. 1, 2019. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/9895. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Identidade, Formação e Atuação de professores de ciências