Banner Portal
Propriedades do som no ensino de ciências
PDF

Palavras-chave

Ensino
Ciências
Som
Instrumentos musicais.

Como Citar

BARROS, Isabela P.; VARGAS, Gabriel A. Campos; NASCIMENTO JÚNIOR, Antônio Fernandes. Propriedades do som no ensino de ciências: dinâmica com instrumento musical na formação inicial de professores. Ciências em Foco, Campinas, SP, v. 10, n. 2, 2018. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/9730. Acesso em: 17 abr. 2024.

Resumo

O presente trabalho visa contribuir para o ensino de ciências relatando e discutindo uma aula em que foi utilizado um experimento e entender como essa técnica auxilia na construção de conceitos pelos alunos. O conteúdo escolhido foi “Propriedades do som” essa aula foi ministrada para os alunos do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da UFLA. Utilizou-se instrumentos musicais, água e corante para problematizar os efeitos do som na superfície de materiais e assim, trabalhar conteúdos como frequência, sons graves e agudos, timbre, intensidade e o conceito de onda mecânica e suas características. Os alunos participantes escreveram avaliações a respeito da metodologia aplicada e os conteúdos das falas foram analisados e organizados em categorias que serão discutidas neste trabalho. A partir dessa discussão, é possível perceber a influência do uso de experimentos no processo de ensino e aprendizagem e qual a importância de se trabalhar estes tipos de metodologia.

PDF

Referências

AZEVEDO, R. O. M. Ensino de ciências e formação de professores: diagnóstico, análise e proposta. 2008. 165p. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) - Programa de Pós-Graduação em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia, Universidade do Estado do Amazonas, Manaus, 2008.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Ciências Naturais. Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF, 1998.

CHASSOT, A. Alfabetização Científica: questões e desafios para a educação. 2 ed. Ijuí: Editora UNIJUÍ, 2001.

HILARIO, G. Instrumentos musicais brasileiros. 5 de dezembro de 2015. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=jD5d9LRHoi4. Acesso 12 de julho de 2017.

LEITE, F.; RADETZKE, F. Contextualização no ensino de ciências: compreensões de professores da educação básica. Vidya, v. 37, n. 1, p. 273-286, 2017.

LIMA, F. Dragon Ball GT dentro do violao - Fabio Lima GuitarGamer. 27 de janeiro de 2015. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=aFybcLGqYR4. Acesso 12 de julho de 2017.

LORENZETTI, L. Alfabetização científica no contexto das séries iniciais. Ensaio – Pesquisa em Educação em Ciência. v. 3, n. 1, p. 1-17, 2001.

LUTFI, M. Os Ferrados e os Cromados: produção social e apropriação privada do conhecimento químico. Ijuí: Editora UNIJUÍ, 1992.

MASSARANI, L.; MOREIRA, I. C.; ALMEIDA, C. Para que um diálogo entre ciência e arte? História, Ciências, Saúde, Manguinhos. RJ, v. 13, p.7-10, 2006.

MINAS GERAIS (Estado). Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais. Currículo Básico Comum – Proposta Curricular Ciências e Biologia. Belo Horizonte: SEE, Minas Gerais, 2007.

MINAYO, M. C. S. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 21 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

OSTETTO, L. E; LEITE, M. I. Arte, infância e formação de professores: autoria e transgressão. Campinas: Papirus Editora, 2004.

PRAIA, J.; CACHAPUZ, A.; GIL-PÉREZ, D. A hipótese e a experiência científica em educação em ciência: contributos para uma reorientação epistemológica. Ciência e Educação, v.8, n .2, p. 253-262, 2002.

SAVIANI, D. Escola e Democracia. 42 ed. Campinas: Autores Associados, 2012.

SILVA, E. L. Contextualização no ensino de química: ideias e proposições de um grupo de professores. Dissertação de mestrado. Instituto de Química da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2007. Ciências em Foco, v. 10, n. 2, p. 13-21, 2017.

VASCONCELLOS, C. S. Metodologia Dialética em Sala de Aula. Revista de Educação AEC Brasília: abril de 1992 (n.83).

Apesar do periódico ser de acesso aberto, utilizando a Licença Creative Commons, os direitos autorais dos trabalhos submetidos são de exclusividade da revista.

Downloads

Não há dados estatísticos.