Banner Portal
O museu como um espaço de aprendizagem na educação infantil
PDF

Palavras-chave

Museus
Infância
Aprendizagem

Como Citar

COUTO, Adriana Regina de Oliveira. O museu como um espaço de aprendizagem na educação infantil. Ciências em Foco, Campinas, SP, v. 9, n. 2, p. 8, 2020. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/9692. Acesso em: 16 abr. 2024.

Resumo

Nas últimas décadas, na educação infantil, muitas discussões têm acontecido sobre concepção de infância, alfabetização, letramento, importância do lúdico, mas pouco se discute sobre ensino de ciências com os pequenos. O mundo natural e social está dado e as crianças vivem nele interagindo o tempo todo, cabendo a nós educadores ajudá-las a interpretar e compreender o mundo que vivem. Assim, reconhecendo a importância do ensino de ciências desde a educação infantil, esse trabalho tem como objetivo tratar dos museus enquanto espaços formativos, de memórias, de coleções de uma sociedade. Desta forma, este trabalho visa socializar um relato de experiência em numa sala de educação infantil de Campinas, em que foi realizada uma sequência didática que contemplou várias atividades literatura infantil, jogos, filmes, exposição de objetos, bem como uma atividade de campo no Museu de História Natural de Campinas. Tal sequência auxiliou as crianças a construírem conhecimentos sobre ciência e tecnologia.

PDF

Referências

ARCE, A.; MARTINS, L. M. Quem tem medo de ensinar na educação infantil? em defesa do ato de ensinar. Campinas: Alínea, 2007.

ÁRIES, P. História social da criança e da família. 2ed. Rio de Janeiro: LTC, 1981.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular para a educação infantil. Brasília: MEC/SEF, v. 3, p. 161-204, 1998.

CARVALHO, D. M.; CARVALHO, T. C. A. Educação infantil: história, contemporaneidade e formação de professores. 2010.

LOPES, M. M.; MURRIELO, S. E. Ciências e educação em museus no final do século XIX. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 12, n. Supl, p. 13-30, 2005.

MARANDINO, M. Interfaces na relação museu-escola. Cad. Cat. Ens. Fís., v. 18, n.1, p.85-100, abr. 2001.

VIVEIRO, A. A.; DINIZ, R. E. da S. Atividades de campo no ensino das ciências e na educação ambiental: refletindo sobre as potencialidades desta estratégia na prática escolar. Ciência em tela, v. 2, n. 1, p. 1-12, 2009.

VOLPATO, G. Jogo e brinquedo: reflexão a partir da teoria crítica. Montes Claros: Unimontes, v.3, n.3, p, 2002. (Unimontes Científica)

Apesar do periódico ser de acesso aberto, utilizando a Licença Creative Commons, os direitos autorais dos trabalhos submetidos são de exclusividade da revista.

Downloads

Não há dados estatísticos.