Banner Portal
Audiovisuais em livros didáticos de física
PDF

Palavras-chave

Livro Didático
Perspectiva crítica
Educação em Ciências
Audiovisuais

Como Citar

DOMINGUES, S. R.; NETO, J. M.; PEREIRA, A. A. G. Audiovisuais em livros didáticos de física: Abordagens em perspectiva crítica para a educação em ciências. Ciências em Foco, Campinas, SP, v. 15, n. 00, p. e022002, 2023. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/18409. Acesso em: 4 mar. 2024.

Resumo

A integração dos audiovisuais à Educação em Ciências é objeto de estudo de muitos pesquisadores, propondo sua incorporação às propostas de ensino e aprendizagem numa perspectiva crítica e intrínseca ao currículo, não apenas com caráter ilustrativo, instrumental e complementar. Assumindo que os livros didáticos são os principais materiais pedagógicos a que professores e estudantes da educação básica pública possuem acesso, neste trabalho buscamos realçar situações presentes em livros didáticos de Física que propõem o uso do audiovisual numa perspectiva crítica, instigam estudos de aspectos sociocientíficos dos conteúdos tratados e levam em conta a participação ativa e protagonista dos estudantes. Ao analisar seis coleções aprovadas no PNLD 2018, identificamos muitas ocorrências de uso dos audiovisuais de modo meramente ilustrativo e de reforço à transmissão de conteúdos por parte do professor. No entanto, em três dessas coleções, identificamos algumas raras propostas em conformidade com os avanços das pesquisas sobre uso dos audiovisuais na Educação em Ciências. Apresentaremos algumas dessas propostas com intuito de servirem de exemplo aos professores da educação básica para abordagens mais críticas e para o delineamento de atividades em que os estudantes possam ter uma participação mais ativa na construção de seu conhecimento.

PDF

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011, 229 p.

BARRETO FILHO, B.; SILVA, C. X. da. Física aula por aula: mecânica, 1º ano. 3 ed. São Paulo: FTD, 2016a.

BARRETO FILHO, B.; SILVA, C. X. da. Física aula por aula: termologia, óptica, ondulatória, 2º ano. 3 ed. São Paulo: FTD, 2016b.

BARRETO FILHO, B.; SILVA, C. X. da. Física aula por aula: eletromagnetismo, física moderna, 3º ano. 3 ed. São Paulo: FTD, 2016c.

BATISTA, A. A. G. Recomendações para uma política pública de livros didáticos. Brasília, DF: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Fundamental, 2001. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me001876.pdf. Acesso em: 25 nov. 2022.

BONJORNO, J. R. et al. Física: Mecânica, 1º ano. 3 ed. São Paulo: FTD, 2016a

BONJORNO, J. R. et al. Física: termologia, óptica, ondulatória, 2º ano. 3 ed. São Paulo: FTD, 2016b.

BONJORNO, J. R. et al. Física: eletromagnetismo, física moderna, 3º ano. 3 ed. São Paulo: FTD, 2016c.

BRANDEMBERG, J. C. Enculturação, formação de professores e ensino de matemática: uma discussão sobre visão ampliada dos valores culturais e conhecimento aprofundado do conteúdo. Revista Margens, v. 9, n. 12, p. 186-202, 2015.

BRASIL. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Relatório de Gestão FNDE - 2006. Brasília, DF: Ministério de Educação, 2007. 269p. Disponível em: http://www.fnde.gov.br/acessibilidade/item/2489-relat%C3%B3rios-de-gest%C3%A3o. Acesso em: 25 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Edital de Convocação para inscrição no processo de avaliação e seleção de obras didáticas para o programa nacional do livro didático PNLD 2012 – Ensino Médio. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2009a. Disponível em https://www.fnde.gov.br/programas/programas-do-livro/consultas/editais-programas-livro. Acesso em: 25 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Edital de Convocação para o processo de inscrição e avaliação de obras didáticas para o Programa Nacional do Livro Didático PNLD 2015. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2013. Disponível em https://www.fnde.gov.br/programas/programas-do-livro/consultas/editais-programas-livro. Acesso em: 25 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Edital de Convocação para o processo de inscrição e avaliação de obras didáticas para o Programa Nacional do Livro Didático PNLD 2018. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2015. Disponível em https://www.fnde.gov.br/programas/programas-do-livro/consultas/editais-programas-livro. Acesso em: 25 nov. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Conselho Nacional da Educação. Câmara Nacional de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Brasília, DF: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Currículos e Educação Integral, 2013. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15548-d-c-n-educacao-basica-nova-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 24 nov. 2022.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio – Parte I - Bases Legais. Brasília, DF: 1999a. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/expansao-da-rede-federal/195-secretarias-112877938/seb-educacao-basica2007048997/12598-publicacoes-sp-265002211. Acesso em: 24 nov. 2022.

BRASIL. PCN + Ensino Médio: Orientações educacionais complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais – Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília, DF: 2002. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/expansao-da-rede-federal/195-secretarias-112877938/seb-educacao-basica-2007048997/12598-publicacoes-sp-265002211. Acesso em: 17 out. 2022.

BRASIL. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio – Parte III- Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Brasília, DF: 1999b. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/expansao-da-rede-federal/195-secretarias-112877938/seb-educacao-basica-2007048997/12598-publicacoes-sp-265002211. Acesso em: 17 out. 2022.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Programa: Ensino Médio Inovador – Documento Orientador. Brasília, DF: Ministério da Educação, Diretoria de Concepções e Orientações Curriculares para a Educação Básica, 2009b. 29p. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/documento_orientador.pdf. Acesso em: 9 out. 2022.

DOMINGUES, S. R. Abordagens dos recursos audiovisuais em livros didáticos de física aprovados no PNLD 2018. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática), Instituto de Física Gleb Wataghin, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2021.

GONÇALVES FILHO, A.; TOSCANO, C. Física: interação e tecnologia, volume 1. 2 ed. São Paulo: Leya, 2016a.

GONÇALVES FILHO, A.; TOSCANO, C. Física: interação e tecnologia, volume 2. 2 ed. São Paulo: Leya, 2016b.

GONÇALVES FILHO, A.; TOSCANO, C. Física: interação e tecnologia, volume 3. 2 ed. São Paulo: Leya, 2016c.

PEREIRA, A. A. G. Documentários de ciências na formação inicial de professores: contribuições para uma leitura crítica sobre o aquecimento global. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 25, n. 2, p. 1-18, ago. 2020. Disponível em: https://ienci.if.ufrgs.br/index.php/ienci/article/view/1577. Acesso em: 9 out. 2022.

PEREIRA, A. A. G. O documentário de divulgação científica e a discussão de aspectos da Física Moderna e Contemporânea na formação inicial de professores de Física. 2017. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) – Instituto de Física “Gleb Wataghin”, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2017.

PEREIRA, B. F. M. Cinema e Ciências: construindo possibilidades para promover a enculturação científica dos estudantes. 2018. Dissertação - (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/30886. Acesso em: 25 nov. 2022.

PIASSI, L. P.; PIETROCOLA, M. Ficção científica e o ensino de ciências: para além do método de encontrar erros em filmes. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 35, n. 3, p. 525-540, set/dez 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/dLJHkBSMQHQ4YYhZQmPNT5s/?lang=pt. Acesso em: 17 out. 2022.

PIRES, E. G. A experiência audiovisual nos espaços educativos: possíveis intersecções entre educação e comunicação. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 36, n.1, p. 281-295, jan./abr. 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/w7hTMM4d6gsYgDRtjscDNVp/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 25 out. 2022.

REZENDE FILHO, L. A. C. de; PEREIRA, M. V.; VAIRO, A. C. Recursos audiovisuais como temática de pesquisa em periódicos brasileiros de Educação em Ciências. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 11, n. 2, p. 183-204, 2011. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/4202. Acesso em: 13 nov. 2022.

SANTOS, G. A. L. C. dos; REZENDE FILHO, L. A. C. de. Potencialidades da ação docente com o uso de audiovisuais no ensino de química. ETD-Educação Temática Digital, Campinas, v.24, n.2, p. 504-521, abr./jun. 2022. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8660196/28632. Acesso em: 03 nov. 2022.

VIEIRA, R. C.; REZENDE FILHO, L. A. C. de. Da emissão à recepção: a construção do endereçamento em vídeos, produzidos por graduandos em Ciências Biológicas, destinados à estudantes do ensino básico. Research, Society and Development, v. 11, n. 1, e16111124577, 2022.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Ciências em Foco

Downloads

Não há dados estatísticos.