Mudaram minha sala de aula

E agora?

Autores

  • Deise M. Vianna Universidade Federal do Rio de Janeiro/ Instituto Oswaldo Cruz- Fiocruz
  • Maria da Conceição Barbosa-Lima Universidade do Estado do Rio de Janeiro/Instituto Oswaldo Cruz- Fiocruz
  • Renato Santos Araújo Universidade Federal de Sergipe

Palavras-chave:

Ensino na pandemia, Ensino remoto, tecnologias educacionais, COVID-19

Resumo

Neste ano de 2020 passamos por mudanças radicais na vida social, escolar, particular. Um novo vírus (denominado SARS-CoV-2), que provocou a COVID-19, transformou as atividades escolares de maneira radical. Estudantes, professores e pessoal de apoio às escolares tiveram que fechar as escolas, assim como todas as cidades, foram esvaziadas.  Para a vida escolar foram realizadas alternativas de continuidade, através de comunicação via Internet. Várias dificuldades, para implantação de ensino remoto, são analisadas, como: material didático e acesso para os estudantes, produção de aulas com metodologias interativas, meios digitais, infra estrutura das escolas para divulgar produções docentes, entre outras questões. As perguntas que levantamos são as seguintes: mesmo depois da pandemia, nossas escolas apresentarão um novo modelo? O novo ensino presencial sofrerá modificações com maior entrosamento entre escola – comunidade – instituições de pesquisa? 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

BBC. Coronavírus: OMS declara pandemia. News Brasil. BBC. 2020. Disponível: <https://www.bbc.com/portuguese/geral-51842518>. Acesso em 06 de set. 2020.

BELVER, M. La Comunidad de Madrid prohibirá el uso de móviles en clase a partir del curso 2020-2021. Educación. El Mundo. 23 de dez, 2019. Disponível em: < https://www.elmundo.es/madrid/2019/12/23/5dfd1c70fdddff9e8e8b461f.html>.

BÉVORT, E.; BELLONI, M.L. Mídia-educação: conceitos, história e perspectivas. Educ. Soc., Campinas, vol. 30, n. 109, p. 1081-1102, set./dez. 2009.

BUZATO, M.K. O Letramento Eletrônico e o Uso do Computador no Ensino de Língua Estrangeira: Contribuições para a Formação de Professores. Dissertação de mestrado. Unicamp. 2001. Disponível em: <http://repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/270554/1/Buzato_MarceloElKhouri_M.pdf>

FOLHA DE SÃO PAULO. França proíbe celulares nas escolas públicas. Mundo. 31 de jul, 2018. Disponível em https: /www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/07/franca-proibe-celulares-nas-escolas-publicas.shtml#:~:text=Desde%20a%20promulga%C3%A7%C3%A3o%20de%20uma,proibi%C3%A7%C3%A3o%20em%20seu%20regulamento%20interno>.

FREIRE, P. Educação como prática de liberdade. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra. 1986.

GRUBER, A. Covid-19: o que se sabe sobre a origem da doença. Artigos. Jornal da USP. Disponível em: <https://jornal.usp.br/artigos/covid2-o-que-se-sabe-sobre-a-origem-da-doenca/>. Acesso em 06 de set. 2020.

IBGE. PNAD Contínua TIC 2018: Internet chega a 79,1% dos domicílios do país. Agência IBGE notícias. Brasília. Disponível em: <https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/27515-pnad-continua-tic-2018-internet-chega-a-79-1-dos-domicilios-do-pais>

IOC. Instituto Oswaldo Cruz. NOTA TÉCNICA N.º 1/2020/PG-EBS/IOC-FIOCRUZ. 2020. Disponível em: <http://www.fiocruz.br/ioc/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=282>

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Primeiro caso de Covid-19 no Brasil permanece sendo o de 26 de fevereiro, disponível em <https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/47215-primeiro-caso-de-covid-19-no-brasil-permanece-sendo-o-de-26-de-fevereiro> Acesso em 28 de agosto de 2020

PAPERT, S. A máquina das crianças: repensando a escola na era da informática. Tradução de Sandra Costa. Porto Alegre: Artes Médicas, 2008.

SASSERON, L.H. e MACHADO, V.B. Alfabetização científica na prática inovando a forma de ensinar Física. 1ª ed. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2017

SCHWAB, K. A quarta revolução industrial. São Paulo: Edipro, 2016.

SEIXAS, R. O dia que a Terra parou. Disponível em: <https://www.vagalume.com.br/raul-seixas/o-dia-em-que-a-terra-parou.html>. Acesso em 08 de agosto de 2020.

UNESCO. Qualidade da infraestrutura das escolas públicas do ensino fundamental no Brasil. – Brasília: UNESCO, 2019. Disponível em: <https://educacaointegral.org.br/wp-content/uploads/2019/08/Qualidade-da-infraestrutura-das-escolas-p%C3%BAblicas-do-ensino-fundamental-no-Brasil-UNESCO-Digital-Library.pdf>

ZUIN, V. G.; ZUIN, A. A. S. O celular na escola e o fim pedagógico. Educ. Soc., Campinas, v. 39, n. 143, p. 419-435, Jun. 2018.

Downloads

Publicado

2021-04-29

Como Citar

VIANNA, D. M. .; BARBOSA-LIMA, M. da C. .; ARAÚJO, R. S. . Mudaram minha sala de aula: E agora?. Ciências em Foco, Campinas, SP, v. 14, n. 00, p. e021001, 2021. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/15484. Acesso em: 25 jan. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)