As pinturas das fazendas de café de Antonio Ferrigno
PDF

Palavras-chave

Antonio Ferrigno
Fazendas de Café
Imigração
Museu Paulista

Como Citar

MOYSÉS, Stefanie Clarice Ramos. As pinturas das fazendas de café de Antonio Ferrigno. Encontro de História da Arte, Campinas, SP, n. 16, p. 190–198, 2023. DOI: 10.20396/eha.16.2022.4990. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/eha/article/view/4990. Acesso em: 18 jul. 2024.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar brevemente seis obras do artista italiano Antonio Ferrigno (1863-1940): A Florada, A Colheita, O Terreiro, O Lavadouro, O Beneficiamento e Café. As obras datam de 1903, fazem parte do acervo do Museu Paulista da Universidade de São Paulo e representam a produção do café no interior paulista durante o início do século XX, quando a crise de sua superprodução já demonstrava os primeiros indícios. Essas paisagens não foram a primeira vez que o artista representou a temática do café, mas podemos traçar algumas diferenças entre aquelas produzidas no final do século XIX, sendo esta uma das questões comentadas neste artigo.

https://doi.org/10.20396/eha.16.2022.4990
PDF

Referências

BIGNARDI, Massimo; FIORILLO, Ada Patrizia. I Pittori di Maiori: Artisti della Costa d’Amalfi tra XIX e XX secolo. Amalfi: Centro di Cultura Amalfitana, 2005.

CHIAVARI, Maria Pace. Vistas das fazendas de café encomendadas ao pintor Facchinetti e utilizadas como propaganda nas exposições do produto. In: Anais do Museu Histórico Nacional. Rio de Janeiro. v. 53. p. 77-96. 2020.

MARQUESE, Rafael de Bivar. A paisagem da cafeicultura na crise da escravidão: as pinturas de Nicolau Facchinetti e Georg Grimm. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, [S. l.], n. 44, p. 55-76, 2007.

MOTA, Paula de Brito. A cidade de São Paulo de 1870 a 1930: café, imigrantes, ferrovia, indústria. 2007. Dissertação (Mestrado) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, 2007.

MOYSÉS, Stefanie Clarice Ramos. Iconografia Paulistana: um estudo das pinturas "Rua 25 de Março", de Antonio Ferrigno. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso. (Bacharelado em História da Arte) - Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo, Guarulhos, 2022.

NOGUEIRA, Manuela Henrique. Georgina de Albuquerque: trabalho, gênero e raça em representação. 2016. Dissertação (Mestrado) – Instituto de Estudos Brasileiros, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

TARASANTCHI, Ruth Sprung. Antonio Ferrigno: 100 anos depois. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 2005.

TRENTO, Angelo. Do Outro Lado do Atlântico: um século de imigração italiana no Brasil. Livraria Nobel: São Paulo, 1989.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Stefanie Clarice Ramos Moysés

Downloads

Não há dados estatísticos.