A difusão da memória institucional da UNICAMP
Capa do Eixo 2, sobre Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação
PDF

Palavras-chave

Transparência
Difusão
Redes sociais
Acervo
Memória institucional

Categorias

Como Citar

MORETTI, Luiza Helena de Almeida Bragion; MURARI, Telma Maria; SANTOS, Janaína Andiara dos; BASSO, Rafaela. A difusão da memória institucional da UNICAMP. Congresso dos Profissionais das Universidades Estaduais de São Paulo, Campinas, SP, n. 2, p. e023127, 2023. DOI: 10.20396/conpuesp.2.2023.4972. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/eventos/index.php/conpuesp/article/view/4972. Acesso em: 20 maio. 2024.

Resumo

Introdução: No contexto da promoção da transparência ativa e disseminação das informações de interesse público e para pesquisa, o Arquivo Central/SIARQ implantou projetos e ações de comunicação para diversos públicos, facilitando o acesso ao seu acervo documental. Objetivo: Difundir as múltiplas facetas da memória institucional a agentes de gestão documental, comunidade universitária e toda a sociedade. Metodologia: As ações, periódicas e em concordância com normativas arquivísticas, resultam de pesquisa, curadoria, digitalização, conteúdo multimídia e desenvolvimento web, realizados por equipe multidisciplinar. Estratégias e planejamento são definidos conjuntamente. Entre os temas abordados, estão a instalação de unidades e órgãos, trajetória científica e de ensino de pesquisadores, estudos desenvolvidos em diversas áreas do conhecimento e seus impactos acadêmicos e sociais, cenas de convívio e cotidiano, além de iniciativas de extensão universitária. Resultados: Atualização do site, fundamentada na experiência do usuário. Vídeos temáticos. Projetos de história oral, notícias e posts comemorativos. Canais de divulgação Facebook, Instagram e Youtube são os canais de divulgação. Calendário de postagens, com periodicidade das publicações. Redes sociais somam 400 postagens em outubro de 2023. Entre as exposições físicas e virtuais, estão “Mostra Unicamp: recortes de uma trajetória”; “Publicações Estudantis da Unicamp”, “Simtec 25 anos”, “Direitos Humanos na Unicamp” e“40 anos do acervo de Sérgio Buarque de Holanda”, esta realizada com a Biblioteca de Obras Raras “Fausto Castilho” (BORA). Conclusão: Fortalecimento do vínculo da instituição arquivística com diversos públicos e maior visibilidade às fontes de pesquisa. Práticas de comunicação com maior dinamismo quanto às tecnologias, linguagem e temáticas.

https://doi.org/10.20396/conpuesp.2.2023.4972
PDF

Referências

BELLOTTO, Heloísa Liberalli. Arquivos permanentes: tratamento documental. 4. ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2007.

MARTINS, Neire do Rossio. Memória Universitária: o Arquivo Central do Sistema de Arquivos da Universidade Estadual de Campinas (1980 - 1995). 2012. 240 f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2012.

MELO, Suellen Alves de; SILVA, Daniele Augusta dos Santos. PRÁTICAS DE DIFUSÃO NAS REDES SOCIAIS: ALGUNS ASPECTOS EM PAUTA. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS, 2020, São Paulo. Arquivo, documento e informação em cenários híbridos: anais do Simpósio Internacional de Arquivos. São Paulo: Eventus, 2021. p. 1-20. Disponível em: https://www.even3.com.br/anais/simposiointernacionaldearquivos/288322-praticas-de-difusao-nas-redes-sociais--alguns-aspectos-em-pauta/. Acesso em: 01 out. 2023.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Luiza Helena de Almeida Bragion Moretti, Telma Maria Murari, Janaína Andiara dos Santos, Rafaela Basso (Autor)

Downloads

Não há dados estatísticos.