Banner Portal
Mise-en-scéne em fotoperformance
PDF

Palavras-chave

Performance
Fotografia
Representação.

Como Citar

SIMÃO, Luciano Vinhosa. Mise-en-scéne em fotoperformance: representar o representado. Revista Visuais, Campinas, SP, v. 4, n. 6, p. 137–151, 2018. DOI: 10.20396/visuais.v4i6.12119. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/visuais/article/view/12119. Acesso em: 26 maio. 2024.

Resumo

Neste ensaio, trabalhamos a performance como mise-en-scène para a câmera. No decurso de nossa argumentação, procuramos entender a fotografia como signo do real, uma escrita que se faz símbolo ao representar esse mesmo real em uma imagem emblemática. Em seguida, tomamos alguns casos de performances dirigidas diretamente para a objetiva de modo que tratam o documento como suporte das idéias e de conceitos artísticos. Por fim, trabalhamos a representação para câmera como forma de elaborar ficções imagéticas que remetem em causa a concepção de sujeito no mundo contemporâneo. 

https://doi.org/10.20396/visuais.v4i6.12119
PDF

Referências

BARTHES, Roland. O rumor da língua. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

BELTING, Hans. Antropologia da imagem. Lisboa: KKYM + EAUM, 2014.

BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas: magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BOURDIEU, Pierre. Un art moyen: essai sur les usages sociaux de la photographie. Paris: Minuit, 1965.

CRIMP, Douglas. Sobre as ruínas dos museus. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

DUBOIS, Philippe. O ato fotográfico. Campinas: Papirus, 1993.

DELPEUX, Sophie. Le corps-caméra: le performer et son image. Paris: Textuel, 2010.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. São Paulo: Loyola, 1996.

GATTI, Fábio; GONÇALVES, Rosa Gabriella de Castro (Org.). A operação artística: filosofia, desenho, fotografia e processos de criação. Salvador: EDUFBA, 2017.

KRAUSS, Rosalind. Le photographique: pour une théorie des écarts. Paris: Macula, 1990.

KRAUSS, Rosalind; LIVINGSTON, Jane. Explosante-fixe: photogrphie et surrealisme. Paris: Hazan, 2002.

LIMA, Luis Costa (Org.). Teoria de cultura de massas. Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

PEIRCE, Charles Sanders. Écrits sur le signe. Paris, Seuil, 1978.

Downloads

Não há dados estatísticos.