Aritmômetros e seus usos no Brasil nos séculos XIX e XX

Palavras-chave: Contador. Aritmética. Transferências culturais

Resumo

O presente texto discute sobre a circulação de ideias e artefatos pedagógicos entre diferentes países num processo de transferência cultural. Esta análise histórica utiliza a pesquisa documental com vistas à discutir sobre um material didático destinado ao ensino da aritmética - denominado contador- descrito no livro Arithmetica Elementar de Georg August Büchler, em 1919. Concluímos que este autor valeu-se de um livro didático para dialogar e justificar a importância de tal ferramenta no ensino do sistema decimal. Além disso, a formação de Büchler em escola normal germânica oportunizou conhecimentos de diversos materiais didáticos e permitiu uma apropriação deste conforme divulgado no livro didático Arithmetica Elementar.

 

Biografia do Autor

Circe Mary Silva da Silva, UFPEL

Possui graduação em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1974), mestrado em Matemática pela Universidade Federal Fluminense (1979) e doutorado em Pedagogia - Universitat Bielefeld (1991). É professora aposentada da Universidade Federal do Espírito. Atualmente é professora do mestrado em educação matemática da Universidade Federal de Pelotas, professora voluntária do mestrado em ensino da Matemática da Universidade de São Paulo. Atua como pesquisadora visitante do CNPq na Universidade Federal de Pelotas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino-Aprendizagem, pesquisando principalmente nos seguintes temas: historia da matematica, livro didatico, formacao de professores, ensino de matematica no brasil e ensino-aprendizagem da matematica. É membro do GHEMAT.

Referências

AVISO. GAZETA DE NOTÍCIAS (RJ). 22 dez. 1883, p. 2.
BENITO, Agustin Escolano. A escola como cultura: experiência, memória e arqueologia. Campinas: Editora Alinea, 2017.
BEZERRA, Martha M. M. De aluno a professor a formação docente de egressos da Escola Normal Rural de Juazeiro do Norte Ceará. Diss. Mestrado em Educação Universidade Estadual do Ceará, 2013.
BÜCHLER, Georg August. Arithmetica Elementar Livro I: para o ensino primario, de acordo com os programmas officiaes. São Paulo: Weiszflog, 1919.
BÜCHLER, Georg August. Arithmetica Elementar Livro II. São Paulo: Companhia Editora Melhoramentos, 1921.
BÜCHLER, Georg August. Aritmética Elementar Livro I: para o ensino primário, de acordo com os programas oficiais e adotada em todos os estados. São Paulo: Companhia Editora Melhoramentos, 1942.
BUISSON, F. Dictionnaire de Pédagogie et d’Instruction Primaire. V. 2. Paris: Hachette, 1887.
CASTRO, Isabel. Revista Eschola Publica (SP), Anno I, n. 1, p. 41-42, 1896.
CATÁLOGO de livros e material didactico. São Paulo: Cia Melhoramentos, 1937.
DANTAS, Manoel Correa. Material pedagógico. O Paiz (RJ), 9 de out. 1929, p. 2.
DECRETO. 14 de março de 1890. Disponível em < http://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/103579>. Acesso em 14 fev. 2019.
DITTRICHT, Klaus. As exposições universais como mídias para a ação transnacional de saberes sobre o ensino primário na segunda metade do século 19. Hist. Educ. (Online) Porto Alegre v. 17 n. 41 Set./dez. 2013, p. 213-234.
ESPAGNE, Michel. Les transferts culturels franco-allemands. Paris: Presses Universitaires de France, 1999.
FONTAINE, Alexandre. Pedagogia como transferência cultural no espaço franco-suíço: mediadores e reinterpretações de conhecimento (1850-1900). História da Educação, Porto Alegre, v. 18, n. 42, p. 187-207, 2014.
EXPOSIÇÃO PEDAGÓGICA. GAZETA DE NOTÍCIAS, 24 jun. 1883, p. 3.
EXPOSIÇÃO PEDAGÓGICA. A FOLHA NOVA (RJ). 10 nov. 1883, p. 2.
LEXIS, W. Das Unterrischtswesen im Deutschen Reich. III Band (Das Volksschulwesen und das Lehrerbildungswesen). Berlin: Asher &Co, 1904.
PAIS, Luiz Carlos. História dos Aritmômetros Escolares no Ensino Primário da Matemática no Brasil (1883 - 1927). EM TEIA: Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana, Vol. 5, N. 2, 2014, p. 1, Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/emteia/article/view/2201/1772, acesso em: 24 jul. 2017.
PLANE, Sylvie; SCHNEUWLY, Bernard (Org.) REPÈRES: recherches en didactique du français langue maternelle: Les outil d`enseignement du français. N. 22. França, Paris: Institut National de Recherche Pédagogique, 2000.
REGNER, Jean Claude. Le Boulier-Numérateur de Marie Pape-Carpantier. Bulletin de l’APMEP, Association des Professeurs de Mathématiques de l’Enseignement Public, 2003, pp.457-471,
REIS, Luiz A. O Ensino Publico Primário em Portugal, Espanha, França e Bélgica. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1892.
RELATORIO DOS TRABALHOS DO CONSELHO INTERINO DE GOVERNO (BA), 1882, p. 76-77. Disponível em http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=130605&pesq=Carpentier&pasta=ano%20188, acesso em 12 maio 2018.
SANTOS, Theobaldo Miranda. Noções de didática geral. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1955.
SANTOS, Theobaldo Miranda. Noções de didática especial. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1960.
SÃO PAULO. Revista A Eschola Publica. anno I. no. 1. São Paulo: Typographia da Industrial de São Paulo, 1896. Acesso em 13 de Julho de 2018. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/126749.
SILVA, Circe Mary Silva. Representações de Aritmética no livro de Georg Büchler. HISTEMAT, ano 2, n. 1, p. 96-116, 2016.
TEIXEIRA, Giselle Baptista. Os “Princípios Elementares da Arithmetica” nas escolas da corte imperial. Cadernos de História da Educação, v. 13, n. 2, jul./dez., p. 603-624, 2014.
UNGER, Friedrich. Die Methodik der praktischen Arithmetik in historischer entwicklung vom ausgange des mittelaters bis auf die gegenwart. Leipzig: Teubner, 1888
Publicado
2019-12-02
Como Citar
Silva, C. M. S. da. (2019). Aritmômetros e seus usos no Brasil nos séculos XIX e XX. RIDPHE_R Revista Iberoamericana Do Patrimônio Histórico-Educativo, 5, e019020. https://doi.org/10.20888/ridphe_r.v5i0.9857
Seção
DOSSIÊ TEMÁTICO