“Gostaria de ouvir todas as histórias que puder. Todas.” - Entrevista com o Professor Dr. José Carlos Sebe Meihy

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20888/ridphe_r.v4i2.9793

Resumo

Falar de História Oral em minha vida, depois de mais de 50 anos de vivência escolar, é um pouco refletir sobre a essência profissional. Em sua mais feliz realização diria que, antes de ser oralista, sou professor; antes de ser professor, sou cidadão e, creio que é por aí que abro o conjunto de respostas que remetem a questão da paixão.

Biografia do Autor

Suzana Lopes Salgado Ribeiro, Universidade de Taubaté

Professora no curso de História no Departamento de Ciências Sociais e Letras da Universidade de Taubaté

Andrea Paula dos Santos Oliveira Kamensky, Universidade Federal do ABC (UFABC/SP)

Possui graduação em História - Bacharelado (1994) e Licenciatura (1999) pela Universidade de São Paulo - USP, mestrado em História Social (1998), doutorado em História Econômica (2003), pela Universidade de São Paulo - USP, e pós-doutorado em História da Ciência (2010), no Centro Simão Mathias de Estudos em História da Ciência/Programa de Pós-Graduação em História da Ciência da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Desde 2010, é professora adjunta da Universidade Federal do ABC (UFABC/SP). 

Downloads

Publicado

2018-12-29

Como Citar

RIBEIRO, S. L. S.; KAMENSKY, A. P. dos S. O. “Gostaria de ouvir todas as histórias que puder. Todas.” - Entrevista com o Professor Dr. José Carlos Sebe Meihy. RIDPHE_R Revista Iberoamericana do Patrimônio Histórico-Educativo, Campinas, SP, v. 4, n. 2, p. 220–235, 2018. DOI: 10.20888/ridphe_r.v4i2.9793. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/ridphe/article/view/9793. Acesso em: 17 jan. 2021.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO