Banner Portal
O Lienzo, a Conquista e as mulheres
Capa: Eliseu Visconti. Garotos da Ladeira, c. 1928. Óleo sobre tela, 57 x 81 cm. Coleção Particular. Fonte da Imagem: Catálogo Raisonné https://eliseuvisconti.com.br/obra/p560/
PDF

Palavras-chave

Conquista
Mulheres
Representação
México-Tenochtitlán
Lienzo de Tlaxcala

Como Citar

THEODORO, G. O Lienzo, a Conquista e as mulheres: uma visão indígena do feminino na Conquista de México-Tenochtitlán. Revista de História da Arte e da Cultura, Campinas, SP, v. 4, n. 1, p. 55–72, 2023. DOI: 10.20396/rhac.v4i1.17656. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/rhac/article/view/17656. Acesso em: 4 mar. 2024.

Resumo

Este artigo analisa a presença (e ausência) das representações femininas no códice Lienzo de Tlaxcala em sua narrativa visual da Conquista de México-Tenochtitlán. Para isso, selecionou-se algumas lâminas do documento, a fim de analisar a maneira como as mulheres foram retratadas e como esse silêncio a respeito do feminino aponta para o enfoque dado pela historiografia, e não para um vazio documental, tampouco para uma ausência no processo histórico. Assim, este artigo buscará contribuir na escrita de uma narrativa mais plural e que leve em conta a diversidade étnica, política, social e de gênero presente durante esse processo

https://doi.org/10.20396/rhac.v4i1.17656
PDF

Referências

BOONE, Elizabeth Hill. Writing in Images. In: Stories in Red and Black: Pictorial Histories of the Aztecs and Mixtecs. Austin: University of Texas Press, 2000.

CHAVERO, Alfredo. El Lienzo de Tlaxcala. México: Innovación, 1892.

DIAZ DEL CASTILLO, Bernal. Historia verdadera de la conquista de la Nueva España. Imprenta del Reino, Madrid, 1632.

FERNANDES, Luiz Estevam de Oliveira; KALIL, Luis Guilherme Assis. Narrando a Conquista: como a historiografia leu e interpretou os acontecimentos ocorridos no México entre 1519 e 1521. Ouro Preto: História da Historiografia, v.12, n.30, p.71-103, 2019.

GLANTZ, Margo. Doña Marina y el capitán Malinche. In: GLANTZ, Margo (Org.). La Malinche, sus padres y sus hijos. México: Taurus, 2001.

HAMANN, Byron Ellsworth. Object, Image, Cleverness: The Lienzo de Tlaxcala. Art History, 2013.

JANSEN, Maarten.The art of writing in ancient mexico: an ethno-iconological perspective. The Art of Writing in Ancient Mexico: An Ethno-Iconological Perspective. Visible Religion. Annual for Religious Iconography, 6, pp.86-113, 1988.

KIDWELL, Clara Sue. Indian Women as Cultural Mediators. Ethnohistory 39.2 (1992): p.97-107. La Red. 27 dic. 2014.

LEVIN ROJO, Danna. Historiografía y separatismo étnico: el problema de la distinción entre fuentes indígenas y fuentes españolas. In: ROJO, Danna Levin; NAVARRETE, Federico (orgs). Índios, Mestizos y Españoles; interculturalidad y historiografia en la Nueva Espana. UNAM: Azcapotzalco, 2007, p.21-54.

MONAGHAN, John. Performance and the structure of the mixtec códices. Ancient Mesoamerica, Cambridge University Press, vol. 1, n.1, pp.133-140, 1990.

MUÑOZ CAMARGO, Diego. Historia de Tlaxcala. México, Oficina Tip. de la Secretaría de Fomento, 1892.

NAVARRETE, Federico. La Malinche, la Virgen y la montaña: el juego de la identidad en los códices tlaxcaltecas. História, São Paulo, v. 26, n. 2, p. 288-310, 2007.

PERROT, Michelle. As mulheres ou os silêncios da história. São Paulo; Edusc, 2005.

RESTALL, Matthew. Sete Mitos da Conquista espanhola. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2006.

SANTOS, Eduardo Natalino dos. Mesoamérica: história, pensamento e escrita. In: Deuses do México indígena: estudo comparativo entre narrativas espanholas e nativas. São Paulo: Palas Atenas, 2002.

SANTOS, Eduardo Natalino dos. As conquistas de México-Tenochtitlan e da Nova Espanha. Guerras e alianças entre castelhanos, mexicas e tlaxcaltecas. História Unisinos 18(2):218-232, Maio/Agosto 2014.

SEGER, Magda Fabiane. La Malinche, D. Marina: a “lengua” de Cortés segundo o “Lienzo de Tlaxcala”. Dissertação de Mestrado. Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2014.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Gabriela Theodoro

Downloads

Não há dados estatísticos.