Banner Portal
Os Desherdados de Eliseu Visconti
Capa: Eliseu Visconti. Garotos da Ladeira, c. 1928. Óleo sobre tela, 57 x 81 cm. Coleção Particular. Fonte da Imagem: Catálogo Raisonné https://eliseuvisconti.com.br/obra/p560/
PDF

Palavras-chave

Eliseu Visconti
Iconografia
Década de 1920
Bandejas de borboletas
Pintura

Como Citar

CARVALHO, A. do L. Os Desherdados de Eliseu Visconti: uma contextualização da iconografia de Garotos da Ladeira (ca. 1928). Revista de História da Arte e da Cultura, Campinas, SP, v. 4, n. 1, p. 41–54, 2023. DOI: 10.20396/rhac.v4i1.17652. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/rhac/article/view/17652. Acesso em: 5 mar. 2024.

Resumo

A pintura Garotos da Ladeira de Eliseu Visconti, apresentada originalmente como Os Desherdados em 1928, é contextualizada sob o ponto de vista iconográfico. Descendentes de Tabajaras são representados na Ladeira que o pintor morava em Copacabana. Tendo colocado redes entomológicas nas mãos dos meninos, o pintor denuncia a condição de vulnerabilidade social a qual estavam expostos, uma vez que a controversa atividade de manufatura de artefatos com asas de borboletas se estruturava no Rio de Janeiro.

https://doi.org/10.20396/rhac.v4i1.17652
PDF

Referências

A Noite, Rio de Janeiro, 8 de junho de 1925, p.1.

A Notícia, Joinville, 06 de agosto de 2000, p. 1. Disponível em: https://oeco.org.br/colunas/22270-criancas-no-trafico-de-borboletas/.

Beira-Mar, Rio de Janeiro, 4 de setembro de 1927, p.1.

BECKS-MALORNY, Ulrike. Vassilli Kandinsky 1866-1944: Vers l’abstraction. Köln: Taschen, 2003.

CARVALHO, José Cândido; MIELKE, Olaf. The trade of butterfly wings in Brazil and its effects upon the survival of the species. In: XIIIth INTERNATIONAL CONGRESS OF ENTOMOLOGY, 1968, Moscou. Proceedings of the XIIIth International Congress of Entomology, Moscou: [?], v. 13, 1971, p. 486-488.

Correio da Manhã (Rachel Prado), Rio de Janeiro, 28 de junho de 1929, p. 8.

Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 25 de junho de 1929, p. 3.CAVALCANTI, Ana Maria Tavares. O Impressionismo no Brasil e as fronteiras da História da Arte. In: BRANDÃO, Angela;

GUZMÁN, Fernando; SCHENKE, Josefina (Orgs.). História da Arte: Fronteiras. São Paulo: Programa de Pós-graduação em História da Arte, UNIFESP, 2019.

COSTA, Adhemar Adherbal. Morphideos do Districto Federal. Rodriguésia, Rio de Janeiro, v. 2, n. 6, 1936, p. 213-238.

FREITAS, André; MARINI-FILHO, Onildo (org.). Plano de ação nacional para a conservação dos Lepidópteros. Brasília: Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), 2011.

INSTITUTO Rã-Bugio para a Conservação da Biodiversidade. Azulinha ou Borboleta azul Morpho aega (Hubner, 1822). Disponível em: http://www.ra-bugio.org.br/ver_especie.php?id=469.

MARTINS, Carlos. A paisagem aplicada. In: MARTINS, Carlos; CALEFFI, Sandra Regina. A paisagem carioca. Rio de Janeiro: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro / Museu de Arte Moderna, 2000.

MOREIRA, Ildeu. O escravo naturalista. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, v. 31, n. 184, p. 40-48, 2020.

O Estado, São Paulo, 9 de julho de 1929, p. 4.

OTERO, Luiz Soledade; MARIGO, Luiz Claudio. Butterflies: Beauty and behavior of brazilian species. Rio de Janeiro: Marigo Comunicação Visual, 1990.

PRADO, Rachel. As borboletas azues. O Tico-Tico, Rio de Janeiro, v. 23, n. 1207, 1928, p. 26.

SANTOS, Cindia. A batalha dos Tabajaras. In: MARTINS, Antonio. Outras Palavras. Jornalismo de Profundidade e Pós-capitalismo. 20/08/2010. Disponível em: https://outraspalavras.net/sem-categoria/a-batalha-dos-tabajaras/.

SERAPHIM, Mirian Nogueira. A catalogação das pinturas a óleo de Eliseu D’Angelo Visconti: o estado da questão. 2 volumes. 2010. Tese (Doutorado em História) - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2010.

SERAPHIM, Mirian. A carreira artística. In: VISCONTI, Tobias Stourdzé (org.). Eliseu Visconti: A arte em movimento. Rio de Janeiro: Hólos Consultores Associados, 2012.

SERAPHIM, Mirian. Infância. In: HÓLOS CONSULTORES ASSOCIADOS / PROJETO ELISEU VISCONTI (org.). Eliseu Visconti: a modernidade antecipada. Rio de Janeiro: Hólos Consultores Associados, 2012.

SOUZA, Isaac. A criação da fauna silvestre em Santa Catarina: dos agrossistemas indígenas aos dias atuais. 2004. Dissertação (Mestrado em Agrossistemas), Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004.

TOMÉ, Aline Viana. A paisagem urbana carioca: Copacabana a partir da casa de Eliseu Visconti (1866-1944). In: ENCONTRO DE HISTÓRIA DA ARTE, XI, 2014, Campinas. Anais do XI Encontro de História da Arte da Universidade de Campinas, Campinas: IFCH/UNICAMP, 2015, p. 50-60.

TOMÉ, Aline Viana. As representações da cidade do Rio de Janeiro na obra de Eliseu D’Angelo Visconti (1866-1944). Dissertação (Mestrado em História) - Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2016.

VISCONTI, Tobias D’Angelo. Personalidade. In: VISCONTI, Tobias Stourdzé (org.). Eliseu Visconti: A arte em movimento. Rio de Janeiro: Hólos Consultores Associados, 2012.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Alcimar do Lago Carvalho

Downloads

Não há dados estatísticos.